19/10/2009

VERGONHA MUNDIAL!

....Dinamarca, uma vergonha

O mar se tinge de vermelho, entretanto não é devido aos efeitos climáticos da natureza.





Se deve à crueldade com que os seres humanos (civilizados) matam centenas dos famosos e inteligentíssimos.
Golfinhos Calderon.




Isso acontece ano após ano na Ilha Feroe na Dinamarca. Deste massacre participam principalmente jovens
Porquê?
Para demonstrar que estes mesmos jovens já chegaram à idade adulta, que estão maduros.




Em tal celebração, nada falta para a diversão
TODOS PARTICIPAM DE UMA MANEIRA OU DE OUTRA, matando ou vendo a crueldade, apoiando-a como espectador!




Cabe mencionar que o golfinho calderon, como quase todas as outras espécies de golfinhos, se aproxima do homem unicamente para interagir e brincar em gesto de pura amizade.







Eles não morrem instantaneamente, são cortados uma ou duas vezes com ganchos grossos. Nesse momento os golfinhos produzem um som estridente bem parecido ao choro de um recém-nascido.




Sofre e não há compaixão até que este dócil ser se sangre lentamente e sofra com feridas enormes até perder a consciência e morrer no seu próprio sangue.




Finalmente estes heróis da ilha, agora são adultos racionais e direitos, já demonstraram sua maturidade.




BASTA!!!
Divulguem esta barbárie nos blogues e por email, até que a mesma chegue a alguma associação de defesa dos animais, não sejamos apenas leitores passivos.
Isso nos transformaria em cúmplices, ESPECTADORES.




Cuide do mundo, ele é a sua casa!

RECEBIDO POR EMAIL.

3 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Ana Martins,

Estas imagens são chocantes. Eu não as teria publicado. Porém, oxalá sirvam de tratamento traumatizante que chegue aos dinamarqueses e os leve a acabar com esta tradição bárbara.
Numa época em que as pessoas se viram para a defesa do ambiente, da Natureza, das espécies, do respeito pela vida dos seres vivos, isto é incrível.

Vem comprovar a afirmação de que embora as tecnologias tenham evoluído de forma extraordinariamente rápida, o ser humano continua como no tempo da «pedra lascada», e em alguns aspectos recuou. O respeito pelos outros, sejam humanos ou animais, está pior do que nos primórdios da humanidade. Piores do que animais selvagens. Mais selvagens do que os animais do mato.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querida amiga Ana,

Este horrível facto também me chegou por e-mail. É simplesmente atroz o que se faz .. e mais num país dito civilizado.
Que chacina, que vergonha para o Mundo.

Beijos

Luis disse...

Meus Bona Amigos,
Realmente não há palavras para definir tal atrocidade! O homem é bárbaro não havendo qualquer explicação para que se faça esta matança! Fala-se tanto dos direitos do homem, na defesa do ambiente, na defesa dos animais e depois assistimos a estas barbaridades. Deus nos ajude!!!
Beijos