01/11/2010

AS FORMIGAS

Meio ambiente
Formigas que escravizam umas às outras

Entenda essa prática vantajosa para as formigas escravagistas
Na África, na Ásia, na Europa e na América do norte, é possível encontrar as chamadas formigas “escravagistas”, ou seja, que praticam escravidão.
Para obter seus escravos um grupo de formigas operárias de uma colônia invade colônias de outras espécies, onde captura larvas, que são levadas para o ninho das formigas invasoras.

Como elas se adaptam...
Quando crescem, as formigas escravizadas nem notam que não pertencem à colônia onde estão e nem à mesma espécie das outras formigas. Tudo porque, após algum tempo, as formigas escravizadas já estão com cheiro da colônia escravagista. Assim, as formigas escravizadas passam a trabalhar para a colônia.


Tadinhas...
As formigas escravizadas fazem tudo : buscam alimento, limpam a colônia, protegem-na dos predadores...

4 comentários:

A. João Soares disse...

Amiga Celle,


Como vê, as intenções de algumas organizações que pretendem dominar o mundo com um único Estado, em regime ditatorial e a população reduzida à escravatura, não são scoisa nova. Imitam as formigas dominadoras. Só com a diferença de que tal regime conta com a ciência de engenharia genética, coisa que as formigas ainda não dominam inteiramente.

Beijos
João
Do Miradouro

Celle disse...

João,
É a natureza se confundindo com a vida!!!
Infelizmente nosso receio se concretizou, a dupla jornada do Lula: presidente e cabo eleitoral, deu certo.Um presidente que abdica da liturgia do cargo para apoiar explicitamente uma candidata criada por ele mesmo, e que passa por cima das leis e dos ritos a que seu cargo está sujeito, é , no mínimo uma afronta ao Estado democrático.Equilibrio, discernimento,sensatez,não se v~e mais no presidente,sentindo-se acima das leis, virou um tirano.Lamentável,que será que nos espera!
Beijos
Celle

Luís Coelho disse...

Desconhecia este tipo de formigas e pensava que o escravagismo apenas acontecia entre os humanos, dentro até do próprio amor.

Paralelo político bem aproveitado e fácil de perceber. Difícil se torna combatê-lo dado que os colonizados acabam enquadrados dentro das malhas destes formigueiros.

Não contestam porque adquiriram os hábitos da nova sociedade. Esquecem-se da sua origem e do próprio valor. A opressão é de tal modo bem organizada que nem permite o livre pensamento.
Cada formiga morre no buraco que construiu como se fosse NADA.

Fê-blue bird disse...

Por acaso já conhecia este "mundo" das formigas, a minha filha tem licenciatura em biologia e um dia contou-me como é fascinante a vida destes pequenos e organizados insectos.
E falou-me também dos pulgões, que elas "criam" como se fossem animais de estimação, para lhes extrair um "leite" do qual se alimentam.
Um mundo do qual podemos tirar inúmeras ilações.

Beijos