23/06/2017

MARCHAS NO CAS RUNA 170623

VIVER É MEXER. quer fisica quer mentalmente, a fim de prolongar a juventude e adiar o envelhecimento.
É preciso alimentar o estado de alma, com vontade, para ter qualidade de imaginação, intensidade emotiva e reforçar a coragem sobre a timidez. Não se deve desertar do ideal, porque renunciar-lhe enruga a alma. É preciso pensar no depois, de tristezas e desgostos, e recuperar a alegria.
Para isso, as boas casas se repouso de idosos devem exercer um esforço permanente para adiar o envelhecimento, proporcionando boa disposição aos seus residentes.
A seguir estão imagens das marchas populares no CAS Runa, em que participou, por convite, o lar e S.José de Torres Vedras.

16/06/2017

ALIMENTOS A EVITAR ANTES DE DORMIR

Nunca deve comer estes alimentos antes de dormir

Devemos cuidar da nossa alimentação ao longo de todo o dia, mas à noite, quando o corpo se prepara para descansar, é preciso ter cuidados redobrados. Além de poderem contribuir para que aumente de peso, certos alimentos dificultam o descanso e obrigam a várias idas à casa de banho. Veja oito alimentos que, segundo a nutricionista Lillian Barros, não devemos mesmo comer antes de ir para a cama.

1.Bebidas cafeinadas: alimentos estimulantes como café, chá preto ou verde podem deixar-nos agitados, dificultando a fase de descanso deixar-nos agitados, dificultando o repouso.
2. Álcool: o consumo de álcool está relacionado com insónias, resultando frequentemente num sono superficial, com despertares ocasionais e diminuição da sua qualidade.
3. Refrigerantes: normalmente ricos em açúcar e/ou cafeína, acabam por ter um efeito estimulante, perturbando o relaxamento.
4. Açúcar: o consumo de açúcar está relacionado com um efeito energizante, com uma rápida subida de glicemia e com uma resposta estimulante do ponto de vista metabólico.
5. Doces e chocolates: estes alimentos ricos em açúcares e cafeína (no caso do chocolate) acabam por perturbar a qualidade do sono por resposta aos seus constituintes.
6. Alimentos fritos e ricos em gordura: são normalmente alimentos de difícil digestão que podem afectar a qualidade do sono.
7. Excesso de líquidos: água em demasia tem um efeito diurético obrigando a acordar durante a noite para várias idas à casa de banho.
8.Picante: o picante e a pimenta apresentam um efeito estimulante, alterando a capacidade do corpo de entrar no repouso necessário para uma noite bem dormida.

ALIMENTOS ACONSELHÁVEIS ANTES DE DORMIR

Os 5 alimentos que deve comer antes de dormir

O que comer durante a noite pode influenciar a qualidade do sono e todo o rendimento que irá ter no dia seguinte. Se quer estar bem-disposta e não engordar, o melhor é jantar cedo, pelo menos três horas antes de ir para a cama, e optar por uma refeição ligeira com um destes alimentos (mas mesmo só um!).

1. Queijo quarkque
2. Iogurte
3. Um copo de leite
4. Três nozes, no máximo
5. Gelatina

“Uma alimentação pesada pode prejudicar o sono. Pessoas que jantam tardíssimo e comem uma feijoada, um bitoque cheio de batatas, molho e arroz ou uma pizza enorme provavelmente não se vão sentir bem durante a noite. Vão inchar imenso por causa do pão e acabam por ter uma noite desagradável. Como dormem mal, no dia seguinte fazem escolhas piores.
Há hormonas que se formam durante a noite que ajudam a controlar o apetite, uma delas é a leptina, e se a pessoa não dormir bem não vai formar esta hormona”, explica ao Delas.pt a nutricionista Ágata Roquette. Caso não esteja satisfeita antes de dormir, não tem de passar fome. Pode comer um dos alimentos que a especialista indica acima.
“Deixo os meus pacientes fazerem uma ceia, desde que não seja rica em hidratos de carbono. Acaba por ser um iogurte, copo de leite e talvez umas três nozes, se a pessoa tiver muita vontade de trincar. Confirmo que elas perdem peso na mesma”, afirma a nutricionista.

14/06/2017

MARCHAS DE SENIORES EM PONTE DO ROL

Como escrevi no artigo publicado no Semanário O DIABO de 21 de Março de 2017 com o título «Os idosos não precisam apenas de comer e dormir», os seniores têm necessidade de carinho e a noção de que ainda são úteis. A actividade física e mental dá-lhes vitalidade e a convicção de que continuam a viver. As imagens das marchas de idosos de quatro instituições que acolhem e apoiam pessoas de idade, organizadas em Ponte do Rol próximo de Torres Vedras, mostram bem o interesse desta louvável iniciativa. Foram bem visíveis as atitudes de prazer tanto dos participantes, como dos assistentes pertencentes a outras instituições afins. Viram-se pessoas em cadeiras de rodas, outras com canadianas e uma senhora apoiada numa canadiana e com o pescoço envolto num colar rígido devido a problemas na cervical, que procurava mover-se de forma a dar bom contributo à imagem do seu grupo. «Parar é morrer» e estas pessoas são apoiadas a mover-se e a manter o cérebro em acção. Os bons exemplos são sempre LOUVÁVEIS.

IDOSOS PRECISAM DE SOLIDARIEDADE



Idosos precisam de solidariedade
(Publicado no semanário O DIABO em 170613)

Era o Sábado 3 de Junho e os residentes do Centro de Apoio Social, à hora habitual, entraram para o refeitório para tomarem o almoço. As mesas tinham uma disposição ligeiramente diferente e os de duas mesas foram transferidos para outras com lugares disponíveis. Já todos estavam sentados quando chegaram os elementos do grupo coral de cantares alentejanos «Lírio Roxo». O Director disse palavras simpáticas de recepção aos visitantes e o almoço iniciou normalmente e, após a sopa, o Chefe do Grupo respondeu às boas vindas com os seus artistas a entoarem um canto, dos muitos que são património cultural da humanidade. E, depois, tudo decorreu sem mais condimentos nem molhos.

Saídos do refeitório foram se dirigindo para o Bar e para a Sala de Leitura onde a arrumação das cadeiras tinha sido feita por forma a haver espaço para os artistas e para a assistência. Quando chegou a hora de iniciar, o Director fez um breve e simpático discurso que agradou a todos e o Coro iniciou com a primeira moda, finda a qual e terminados os aplausos, o Chefe respondeu ao Director e disse palavras amáveis aos presentes, alguns em cadeiras de rodas e outros um pouco alheios por estarem dominados pelos efeitos da doença.

Ao fim de várias modas, foi feito um intervalo para os cantores, o qual foi preenchido por uma acordeonista que entreteve a assistência com música variada que se prestou a que homens e mulheres dançassem. Alguns, depois de se afastarem das bengalas e canadianas, procuraram mover-se um pouco, com muito prazer e algum esforço. Um destes, a meio da canção, desistiu porque o esforço já era demasiado. A idade exige distracção, convívio e divertimento, mas dentro de limites que, em alguns casos, são muito apertados.

Depois da actuação da acordeonista, houve lanche e, a seguir, novos «cantes» alentejanos até ao encerramento.

Foi uma tarde bem passada, em ambiente muito agradável, sem qualquer discriminação entre residentes, empregados, artistas e familiares que se inseriram com oportunidade. Estas horas bem passadas com prazer para todos correspondem à problemática referida no meu texto publicado no semanário O DIABO em 21 de Março de 2017 com o título «Os idosos não precisam apenas de comer e dormir». Também, há poucos dias, li notícia que diz que, na Holanda, há regular apoio de jovens estudantes a lares de idosos, ao ponto de estes lhes darem alojamento para lhes facilitar conversarem e distraírem os idosos internados.

Realmente, o meu artigo tinha título correcto e merece ser devidamente interpretado e aplicado, dentro das possibilidades existentes, não apenas nos lares mas também em família, na vizinhança e em grupos de amigos. Acerca disto, transcrevo palavras do Papa Francisco sobre o envelhecimento, em que segundo Ele, se aprende coisas essenciais como «A felicidade interna não vem das coisas materiais do mundo… quando se tem amigos e irmãos, com quem falar, rir e cantar, isso é felicidade verdadeira».