11/11/2010

Velho ou Sempre Jovem ?



"Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e pensar no passado, poderá obter prazer uma segunda vez."
Dalai Lama



Beijinhos

5 comentários:

Ana Maria disse...

Uma vida honrada e merecedora.
Beijinhos de luz!

A. João Soares disse...

Amiga Fê, Tive oportunidade de contactar com a solidão, quando fui professor de três «universidades para a terceira idade» em Lisboa. Muitas pessoas, principalmente senhoras, iam ali apenas para se sentirem no meio de pessoas, para fugir à solidão nas suas casas.
Se não for o próprio a ir ao encontro dos outros, é difícil alguém ir ao seu encontro tirá-lo da solidão. Enquanto podemos devemos ir ter com os outros e, assim, vamos criando afectos, que mais tarde poderão reduzir a nossa solidão. Dizer bom dia aos vizinhos, aos empregados do supermercado ou do café, pode ser um primeiro passo para que a nossa ausência seja notada e venham procurar saber de nós.
O mundo actual é muito materialista e agreste aos sentimentos e valores éticos. Cada um deve fazer tudo o que puder para amaciar os comportamentos dos seus semelhantes.
É isso que este blog pretende. É preciso não desistir,

Beijos
João

Do Miradouro

Fê-blue bird disse...

Ana Maria:
beijinhos também para si.

Amigo João.
Um comentário inspirador de quem sabe, e com a mensagem certa para quem nos visita.
Claro que não desistimos, basta a nossa mensagem tocar, em pelo menos uma pessoa, já vale a pena.

beijinhos e bom fim de semana

A. João Soares disse...

Amiga Fê,

O recado de não desistir destina-se aos nossos visitantes e quem eles contactarem. Nós estamos imbuídos de um objectivo eterno (até que a voz nos doa), e esperamos que o nosso esforço seja multiplicado por cada um dos visitantes para daí ir nascendo uma humanidade mais feliz e solidária.
Já vi muita coisa e não tenho ilusões de um efeito rápido, mas sei que todo o esforço terá efeitos. É preciso insistir, perseverar.

Beijos
João
Do Miradouro

Celle disse...

Querida Fê e nosso amigo joão!
Hoje, pude com calma apreciar seu post.Pude ouvir a musica, num ritmo meu conhecido, e a letra nos fala de uma grande e triste verdade, a solidão do idoso!
O João disse muito bem, não esperemos que nos venham fazer companhia, antes vamos nós, com pequenas amabilidades e gentilezas nos fazer simpáticos e agradáveis,nos tornando parte indispensável, na vida dos mais jovens! Para isso precisamos ser felizes e saudáveis! Nada de rabugice, nada de ser ranzinza.
Beijos amiga
Celle