26/10/2009

DICAS PARA ESCAPAR DO ALZHEIMER!


Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que NEURÓBICA, a 'aeróbia dos neurónios', é uma nova forma de exercício cerebral projectada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de actividades dos neurónios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso; limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios 'cerebrais' que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional.

Tente fazer um teste:

- use o relógio de pulso no braço direito;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente; (vi na China o pessoal treinando isso num parque);
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes;
- veja fotos de cabeça para baixo;
- veja as horas num espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho.
A proposta é mudar o comportamento rotineiro!
Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e
estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!
Que tal começar a praticar agora, trocando o mouse de lado?
Que tal começar agora enviando esta mensagem, usando o mouse com a mão esquerda?

FAÇA ESTE TESTE E PASSE ADIANTE PARA SEUS (SUAS) AMIGOS (AS).
'Critique menos, trabalhe mais. E, não se esqueça nunca de agradecer!'
Sucesso para você!

4 comentários:

Reyel disse...

Excelente artigo!

Vou me exercitar mesmo, pode deixar.

Bjo na alma!

Maria Letra disse...

Luís, pelo amor de Deus não me aconselhe a fazer isso tudo. Ainda acabo choné! Se, a todos os afazeres que tenho, ainda tivesse que acrescentar esses treinos, já nem a minha ginástica teria tempo para fazer. Isto não significa que eu não veja o que relata no seu texto com todo o respeito, mas não posso fazer o que me aconselha. Nem pensar!
Um grande abraço.
Maria Letra

luis disse...

Minhas Boas Amigas,
Não é preciso fazer tudo ao mesmo tempo... ahahahaha. É só fugir a rotinas!
Já experimentei algumas das dicas e não é assim tão difícil.
Saudações amigas.

Fernanda disse...

Amigo Luís,

Livra!!! Ufa!!! que trabalheira.
Prefiro exercitar os meus neurónios

Está provoda cientificamente que estudar e usar diferentes idiomas é o melhor exercício para prevenir o Alzheimer.
Se não for...depois penso nesses exercícios :)))) desde que não seja demasiodo tarde....

Beijinhos