17/10/2009

A Rua das Couves

O que vai valendo é que O POVO "ainda" É SERENO. E se deixar de o ser?
Quem sabe começa mesmo pelas couves?!....
Em Várzea de Meruge, Seia, Serra da Estrela, a população cansou-se de pedir ao presidente da Junta que reparasse o piso de uma rua.
Vai daí, decidiu plantar couves nos buracos... e agradecer ao presidente e ao seu padrinho em S.Bento.

Nunca a frase «atirou com o carro para as couves» fez tanto sentido...
Vale a pena ver as imagens. É ainda curto, mas é um sinal de que o povo está aí, já se ouvem ao longe os tambores...

SÓ NO NOSSO PAIS. COM TANTO DINHEIRO QUE ANDA POR AI.
Recebido por e-mail.
Fernanda Ferreira

8 comentários:

Zé Povinho disse...

Mudou o tal presidente? Senão estão lixados, pelo menos enquanto não correrem com ele ao pontapé.
Abraço Zé

Pelos caminhos da vida. disse...

Na minha terra natal as ruas estão todas enburacadas,o prefeito(que tomou posse a pouco tempo)disse: que qdo entrou já tinha buracos,agora o negócio é pedir pra população plantar couve tb, quem sabe dai ele resolva fazer alguma coisa.
Isso entristece a mim deixar a cidade nesse estado.
É como diz minha mãe: troca-se as coleiras pois os cachorros são os mesmos, infelizmente.

Fim de semana de luz amiga.

beijooo.

Fernanda disse...

Amigo Zé Povinho,

Espero bem que sim, mas olhe que nunca se sabe.
Se calhar lá fizeram como aqui onde habito, umas semanas antes das eleições começaram obras que estavam prometidas há quatro anos, mas fizeram-se, estão a ser concluidas agora.
Nada como haver eleições...

Abraço amigo,

Fernanda disse...

Amiga Ana,

Se calhar a solução passa por algo semelhante.
Querida, o ditado que a sua mãe usa é bem mais suave do que o nosso...mas quer dizer o mesmo.
Infelizmente em 99% dos casos verdadeiro.

Igualmente para si,
Beijo

A. João Soares disse...

Querida Amiga Ná,

A imagem já tem uns anitos! Mas não deixa de ter graça e ser motivo de meditação. Pode muito bem ser um exemplo a seguir pelos angolanos da área das fotografias constantes no post Imagens de Luanda.

Beijos
João

Luis disse...

Caríssimos,
Boa reacção para chamar a atenção e obrigar as autoridades a fazerem o que devem. Há que começar a reagir à incompetência e inépcia de quem tem obrigação de zelar pelas populações. Se reagíssimos sempre talvez este estado de coisas desaparecessem! Lamentar não resolve...

Pedro Ferreira disse...

Olá Mãe!

Diz-me que isso não é verdade...que vegonha!!!
Sinceramente, são por estas coisas e outras do género que me sinto bem melhor aqui.
Onde já se viu!!!
Fazes bem em alertar para estes assuntos, mesmo que nos envergonhem a todos.
Para onde vai o dinheiro dado às Autarquias???
Mal posso crer no que vejo.

Beijos doces para a melhor mãe do Mundo.
Pedro Ferreira

Fernanda disse...

Olá Pedro!

Eu sei que estas coisas são uma vergonha, mas são-no essencialmente para quem nos governa ou desgoverna, melhor dito.

Como sabes houve eleições há dias e até aqui no Rau fizeram (ainda estão a concluir) obras de nos deixar estupefactos.
Tudo leva a crer que nestes buracos já não existam couves...
mas foi uma forma de contestação no mínimo inédita.
O que é preciso é que as pessoas passem aos actos e não fiquem só à espera.

Beijos lindo, da mãe que te adora.