14/07/2009

Homenagem a quem é solidário


Foi há 23 anos e infelizmente ainda é um tema actual ...

5 comentários:

Fernanda Ferreira disse...

Amigo Luís,

Não consegui impedir que o nó que teima em não sair da minha garganta se desfizesse em lágrimas que rolaram abundantemente pelo meu rosto ao ouvir este tema.

Obrigada...primeiro porque é simultaneamente uma pequena homenagem ao meu querido Michael Jackson, a quem paguei o meu tributo meu Blog. Segundo pelo tema que aborda, e finalmente porque efectivamente já lá vão tantos anos e pouco ou nada se fez. A fome no Mundo é um flagelo real...

A ideia da Mizita é a ideal, evitamos traduções e ocupa menos espaço.

Beijinhos

Mara disse...

A Mizita teve uma grande ideia. Ouvir este vídeo com a letra traduzida tem outro sabor. A Ná, como não podia deixar de ser, deixou que se lhe soltassem as lágrimas que comprovam o seu bom coração.
O tema crianças, provoca em cada coração, mesmo talvez no menos dado a sentimentalismos, uma espécie de reviravolta que nos rouba a alegria a que temos direito para viver com felicidade.

Parabéns à tradutora (?) e à chorona.
Milai

Maria Letra disse...

Maria Letra disse...
Sou muito aborrecidinha quando erro, mas tinha de cancelar o meu comentário anterior e substitui-lo por este. Peço perdão. Havia um erro por troca de uma letra.

Bom dia Luís.
Para todos perceberem a maravilhosa letra desta canção, talvez não fosse pior colocar o vídeo traduzido, disponível em
http://www.youtube.com/watch?v=Q_9WWAmQ3SM.
Seria bom que todas, mas mesmo todas as pessoas, de nobres corações, cantassem este hino ao amor tantas vezes quantas as necessárias para o despertar de mentes adormecidas.
Um lindo dia para todos.
Maria Letra

14 de Julho de 2009 7:09

Anónimo disse...

Hola soy Español y aunque soy de Galicia vivo en Canarias, en esta maravillosa isla llamada Lanzarote, desde canarias un saludo a a ese pais que es Portugal, mi vecino querido.Tengo un blog, ATLANTICO NORTE SUR-LANZAROTE.

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Gostei de saber que tinha entrado no nosso blogue e espero que volte a ele com frequência. Irei de imediato visitar o seu e deixar-lhe o meu comentário amigo.
Não conheço as Canárias mas conheço muito bem a sua terra natal a Galiza que muito aprecio em todos os aspectos (população, paisagens, gastronomia, etc.)
Um abraço e até breve.