22/04/2009

Aos que nunca sentiram a Liberdade (25-04-74)

A Estes Bravos Sem Nome que Exerceram o Derradeiro Exercício de Patriotismo e que Nunca foram Devidamente Honrados pela Pátria.
Jovens que nunca viram a Liberdade!
O meu simples e humilde Tributo, com uma Linda e Triste mas Sentida Balada de Adriano Correia de Oliveira.
***Que Nunca os esqueçamos!***


3 comentários:

Luis disse...

Caro MIguel,
Aqui está um post que define como pensa nestes assuntos tão sensiveis.
Mais uma vez mostra o seu respeito e, porque não dize-lo, carinho por quem cumpre os seus deveres para com a Pátria. Revela uma muito boa Formação Pessoal e de certeza foi isso beber na Educação que lhe deram seus Pais. Que pena que nem todos tenham tido essa Sorte!
Fico muito sensibilizado com atitudes deste cariz por serem muito raros nos tempos que correm!
Um abraço muito forte e amigo.

Fernanda Ferreira disse...

Olá Miguel,

Adriano Correia de Oliveira...que saudade...há anos que não ouvia.
Bom lembrar e levar ao conhecimento dos que nada sabem sobre esta face negra da nossa História.

Bjs

Ana Martins disse...

Caro Miguel,
Linda homenagem aos que pereceram pela Pátria, e alem de não serem reconhecidos foram totalmente esquecidos pelos nossos governantes.

Bem Haja,
Ana Martins