20/09/2009

Vinho tinto e seus benefícios

Vinho tinto impede infecções graves

Substância antioxidante presente em grandes quantidades no vinho mostrou ter mais um bom efeito.

Já se sabia que o vinho tinto contém substâncias antioxidantes que fazem bem à saúde, quando o seu consumo é moderado. Mas os amantes de um bom vinho têm agora mais uma razão para o beber. Uma equipa de investigadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, anunciou ter descoberto que um antioxidante presente em grandes concentrações no vinho tinto ajuda a prevenir infecções capazes de degenerar em septicemias (infecções generalizadas, quase sempre mortais).

Esse antioxidante, o resveratrol, encontra-se sobretudo nas grainhas e na película de casca da uva e existe em quantidades superiores no vinho tinto, em relação ao vinho branco.

A este resveratrol já estavam associados benefícios para a saúde, como a prevenção de coágulos no sangue ou o combate ao cancro. O rótulo de agente anti-septicemia vem agora juntar-se ao rol das suas qualidades.

Os cientistas estudaram estes efeitos em ratinhos que, tratados com resveratrol, não desenvolveram infecções idênticas à septicemia dos humanos, apesar de expostos a essa possibilidade. Os animais que não receberam o tratamento com aquele antioxidante não tiveram tanta sorte. Os cientistas dizem que esta substância impede a formação de duas enzimas que têm um papel essencial no aparecimento de inflamações graves.

Extraído do blogue Saúde e Alimentação

5 comentários:

Luis disse...

Caro João,
Já também sabia de algumas das vantagens de se beber vinho tinto mas agora estou mais inteirado dessas mesmas vantagens e vou passar a tomar os meus dois "comprimidos" às refeições para assim melhorar a "saudinha"... Ahahahaha!!!
Obrigado pela informação e um abraço amigo,
Luís

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Como sabe ...sabia de todas as vantagens em beber moderadamente um bom vinho tinto.
Aprendi com o mestre, o pai do Barca Velha, numa altura em que nem bebia. Não podia ter aprendido melhor.

Obrigada pelo texto fabuloso e sobretudo por salientar todas as vantagens que advêm da ingestão do néctar dos Deuses.

Beijos

J.Ferreira disse...

Amigo João,

É curioso a quantidade de estudos sobre produtos que ainda há poucos anos se rotulavam como doentios.
Os frutos secos, a cerveja, o café, o açúcar, o chocolate e o vinho, entre outros.
Agora foram desmistificados e têm propriedades mais que saudáveis. Consumidos moderadamente,claro.
Bridemos.
J.Ferreira

Agulheta disse...

Olá João! Gostei do texto e da informação acerca do vinho,pessoalmente gosto mais de vinho tinto que branco,a não ser para acompanhamento de peixe,já li alguma coisa sobre determinads qualidades que tem se beber um copo as refeições e moderadamente claro.
Abraço Lisa

A. João Soares disse...

Caros amigos.
Quem diz vinho diz tinto. Quando se diz «cor de vinho», ninguém pensa no branco!!!
Caro José, a ciência e a investigação está sempre em evolução e vão sendo descobertas coisas novas. Mas também se sabe que muitos venenos são benéficos quando bem doseados. É por isso bom que se tenha presente a quantidade, os «comprimidos» a que o Luís se refere.

Estou convicto de que o blog Saúde e Alimentação terá muita utilidade para quem o consultar e pensar a sério nos efeitos da alimentação na saúde. Veremos até onde chega a minha capacidade e as achegas que os visitantes me enviam.

Abraços
João