15/09/2009

O Norte é feminino.

O Minho é uma menina. Tem a doçura agreste, a timidez insolente da mulher portuguesa. Como um brinco doirado que luz numa orelha pequenina, o Norte dá nas vistas sem se dar por isso.

As raparigas do Norte têm belezas perigosas, olhos verdes-impossíveis, daqueles em que os versos, desde o dia em que nascem, se põem a escrever-se sozinhos.
Têm o ar de quem pertence a si própria. Andam de mãos nas ancas. Olham de frente. Pensam em tudo e dizem tudo o que pensam. Confiam, mas não dão confiança.
Olho para as raparigas do meu país e acho-as bonitas e honradas, graciosas sem estarem para brincadeiras, bonitas sem serem belas, erguidas pelo nariz, seguras pelo queixo, aprumadas, mas sem vaidade.
São mulheres que possuem; são mulheres que pertencem.



Imagem da Net

Extracto de texto de Miguel Esteves Cardoso.
Fernanda Ferreira

8 comentários:

Vitor Chuva disse...

Olá Fernanda!

O texto é bonito, a "homenagem" é merecida, sendo comedida nos elogios, e as fotos que dão graça ao texto... são lindas!

Escolha acertada.
Beijinho.
Vitor Chuva

Luis disse...

Caríssima Ná,
Como sempre no cimo! Faço minhas palavras as do Vitor Chuva pois nada mais há a dizer depois delas.
Não se babe... mas são merecidas!
Beijinhos

A. João Soares disse...

Cara Ná,
Os portugueses, em geral precisam de alimentar a sua auto-estima e é bom pesquisar textos e imagens que nos mostrem o que há de belo e positivo neste rectângulo lusitano.
Como português, agradeço-lhe este post e digo «Venham mais!»

Beijos
João

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce e querida amiga.
Vim conhecer seu cantinho e saio com uma paz tão grande, a musica nos faz sonhar,transportando a esse país tão belo,cujas culturas são tão lindase abençoadas.

As imagens , estás de parabéns...
Minha nova amiga, uma smana de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.

Aguardo sua visita ao meu cantinho.

Fernanda disse...

Amigos Vitor, Luís e João,

Muito obrigada pelos comentários, sempre simpáticos , sempre apreciados.
Continuarei sim amigo João e não, amigo Luís, eu não babo assim facilmente.

Beijinhos a todos,

Fernanda disse...

Amiga Regina,

Já estive no seu Blogue, e do que vi gostei, para além de lá estarem muitas/os amigos comuns.
Voltarei.

Em relação ao meu post, que curiosamente só tem uma foto, alegro-me que tenha gostado.

Beijo
Fernanda Ferreira

Fada do bosque disse...

Cara Amiga Ná.

De uma minhota de todos os "lados", verdade pura!... no que toca á falta de vaidade...
Quanto aos belos olhos verdes, não os possuo! :))
Mas sempre fui e hei-de ser, firme até morrer! Que nem rocha... nas amizades. :))
Beijinho.

Fernanda disse...

Amiga Helena (Fada)

Pois é verdade, Minhota de gema e uma "true gem".

Sei amiga, firmes e seguras nas nossas convicções e amigas dos nossos amigos até ao fim.

Beijo grande.