29/09/2009

Adeus ou até sempre???

Transcrição na íntegra do e-mail acabado de receber da nossa amiga e também colaboradora, M.José Areal.

Olá Ná!
Lamento imenso, mas raramente venho ao correio.
As aulas começaram e eu estou envolvida em vários projectos, que me obrigam a um trabalho de preparação bastante intenso.

Como domino muito mal os blogs, mesmo que sinta vontade (depois da meia noite) de ser simpática para contigo, faltando-me a destreza e o tempo, logo desisto.
Deixo, desta forma, a minha admiração por tudo quando tens feito nos teus blogs e não só.
A casa do Rau está fantástico e muito obrigada pelo poema.
Estás uma autêntica mulher das novas tecnologias. Eu ando pela terra, pelo sol e pelos outros no toque, na volta, na descoberta e no ensinamento directo.
Nem é melhor, nem pior... é onde me sinto mais eu.

PARABÉNS... Amiga.
Continua. Não imaginas o deleite, a sensação de bem estar, que as tuas imagens e palavras transmitem.

Um abraço
Maria José Areal
Fernanda Ferreira

8 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho caminhando comigo lá te esperando.

Uma ótima tarde.

beijooo.

J.Ferreira disse...

-"Eu ando pela terra, pelo sol e pelos outros no toque, na volta, na descoberta e no ensinamento directo.
Nem é melhor, nem pior... é onde me sinto mais eu".
Maria José disse isto.
É uma das definições mais bonitas que já ouvi, de quem gosta realmente de "viver" a vida.
Continua...

Fernanda disse...

Obrigada amiga.
Assim que me seja possível passarei por lá.
Beijo

Fernanda Ferreira

Táxi Pluvioso disse...

O ensino, que sorte tive eu em ser expulso.

E as coisas vão piorar ainda mais, quando os portugueses forem chamados a escolher um Governo, que aumente os impostos. Não creio que o Sócrates consiga sequer aprovar o orçamento, em Janeiro veremos. E, depois, os portugueses serão chamados a escolher um Governo que só pode fazer o que todos têm feito: aumentar a carga fiscal.

Fernanda disse...

Amigo T.P.

Todas as pessoas, com algum senso, sabem o que os espera, mas o "fellow" está lá novamente por vontade do POVO.
A ver vamos...

Esta amiga, foi professora toda a sua vida...agora apesar de ser uma pessoa linda (como se vê) por dentro e por fora, é um ser humano extraordinário.
Está a dar aulas sim, mas na Unisénior-Universidade Sénior de Cerveira e gratuitamente.
Para além disso tem vários livros publicados.
Ela já abriu os olhos há muito tempo 0^0 !

Foi expulso por bom comportamento, não???
Sabe que também fui professora???ahahahahahah!

Beijos

EDUARDO POISL disse...

Oi Fernanda também estava com saudades, obrigado pela visita e comentario.
Abraços

Fernanda disse...

Amigo Eduardo,

Sempre que posso, gosto de visitar o seu Blogue pelas maravilhosas poesias que lá sempre encontro.

Abraço
Fernanda

Luis disse...

Minha Boa Amiga,
Este tema "adeus ou até sempre" lembra-me um episódio que não mais esquecerei. Estávamos a embarcar para Angola e um camarada ao despedir-se da família (Mulher e Pais) disse-lhes "até sempre" e pouco tempo depois foi dos primeiros militares a ser morto em combate. A partir daí sempre que me despedia só dizia "adeus" pois ficara-me na memória a fatalidade ocorrida a essa família.
Beijinhos amigos.