24/09/2009

Amizade é ... definam lá!

Este meu pequeno desabafo, vai para quem o quiser ler…tiver alguma paciência e que seja menos egocêntrico… talvez sirva também para demonstrar a minha enorme frustração pelo facto de nos chamarmos de amigos a toda a hora, mas na prática não o sermos efectivamente. Dói? Magoa? Mas é a mais pura verdade!!!
Perdemos o Vitor hoje, podemos vir a perder mais elementos brevemente, simplesmente porque só olhamos para os nossos umbigos.
O barrete serve a quem o enfiar!!!

Há poucos dias, mandei por e-mail para todos os meus colegas e “amigos” (à excepção dos que já não me consideram amiga há muito tempo, por razões que eu própria desconheço, ou pelo menos na prática assim o têm demonstrado) um texto meu sobre tema "Vindimas e Vinho" a concurso no Blogue Aldeia da minha vida, texto esse já aqui publicado há muitos meses, intitulado “Definitivamente Barca Velha”.
Pois meus “amigos” daqui, desta nossa casa, as únicas pessoas que foram votar e comentar foram o AMIGO João Soares, o AMIGO Vitor e naturalmente o José. O meu filho também o fez, por razões óbvias…e agora espantem-se … a outra foi a grande amiga Mariz (apesar do mau momento que está a passar) e mais duas pessoas que eu não tenho a honra de conhecer.
Pergunto-me, porquê??? Há alguém aqui mais ocupado que o amigo João Soares??? Ou não há nada mesmo nada que nos ligue??? Só palavras ocas, escritas, muito lindas…
A amizade como o amor e todos os sentimentos nobres mostram-se na prática, no dia a dia, nas ocasiões.

Assim, para quem quiser saber, passo a transcrever o meu comentário aos comentários dos Amigos que o provaram ser.

“A todos os meus queridos amigos, bem como todos os que se dignaram comentar o meu texto e até votar em mim, umas poucas palavras.

Em primeiro lugar, gostaria de vos agradecer do fundo do coração pelo simpático gesto. Depois dizer-vos que não tenho a mínima esperança de vir a ganhar seja o que for, apesar de confessar a minha profunda paixão pelo assunto. Sei que poderia ter sido enóloga, mas no tempo em que estudei nem havia Enologia.
Trabalhei cerca de 14 anos na Empresa que produz o Barca Velha, entre muitos outros vinhos fabulosos do Douro, naturalmente mais conhecida pelos vinhos generosos que produz, os afamados do Porto.

Contrariamente ao que diz a amiga Mariz, há actualmente muitas mulheres enólogas à frente da direcção técnica de muitas Empresas Vitivinícolas, muitas mesmo.
O vinho não tem que ser um assunto masculino, bem pelo contrário. Os melhores vinhos, mesmo que ainda maioritariamente vinificados por homens, são colhidos grandemente por mulheres, são aveludados, macios, doces, encorpados, redondos, cheios, aromatizados cheios de múltiplos perfumes "bouquets", são portanto… muito femininos…muito mesmo!!!

Um provador/a é alguém que bebe pouco e prova muito, que começa a provar pelas onze da manhã, hora em que as papilas gustativas estão mais limpas, e o mesmo tem que obrigatoriamente cuspir o vinho, isto após o fazer rodar bem na boca e inalar simultaneamente algum ar para que se abram todos os paladares.
Isto muito resumidamente, a prova de um vinho envolve muito mais. É uma coisa linda. Talvez um dia eu possa escrever um texto com mais detalhes.
Claro que tem a parte laboratorial, a selecção das castas, as misturas das mesmas, a vinificação propriamente dita, tudo tem que ser minuciosamente cuidado para se fazer um grande vinho, por isso os enólogos são engenheiros, pelo menos já há mais de vinte anos.
Acho que já me entusiasmei e fui longe demais, espero não vos ter dado uma imagem de pretensiosismo da minha parte, é mesmo só o amor que me faz falar.

Resumindo, muito obrigada por esta oportunidade, por também ter percebido afinal quem é que me apoia quando é preciso, quem são os verdadeiros amigos e quem sabe eu ganhe o gosto e volte a concorrer, mesmo só pelo prazer de ver mais um texto meu aqui publicado.

Parabéns ao Blogue que teve esta brilhante ideia e especialmente à amiga Helena que tem sido incansável e muito querida.

Parabéns a todos os que estão a concurso, que vença o melhor e não o que tem mais amigos.
Abraços a todos,
Fernanda Ferreira (Ná)
24 de Setembro de 2009 12:35 "

Fernanda Ferreira

16 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Essa de me bater tanto é motivo para um duelo, seria se os duelos não fossem machistas, só entre homens!!!
Dizer que estou muito ocupado parece ser um reparo a comentar pouco. É certo que, praticamente, deixei de comentar, ficando apenas com poucas excepções. Mas há momentos e motivos que não posso deixar de comentar, como foi o caso do seu concurso e é agora com esses elogios que me deixam bloqueado.
Este post é uma lição de enologia e, também de civismo, sobre a amizade.

Beijos
João

Fernanda disse...

Caro amigo João,

Muito obrigada, já o tinha feito mas nunca é demais.

Quando digo que o João é um dos mais ocupados, sei o que estou a dizer e cada vez sei melhor disso, não é nenhuma crítica por comentar pouco...aliás nem podia ser, o João é dos que mais comenta.

Quanto a resto, eu já dei aulas sim, mas nunca de civismo.
De enologia poderia falar horas sem fim.

Obrigada por me entender, eu tinha que "desembuchar".

Beijinhos

Tite disse...

Querida Ná,

Ando há dias a perceber amargura nas suas respostas a vários comentários e nem sequer percebia ao que se referia.

Sabia que tinha participado no concurso pelas perguntas que vários comentadores lhe faziam.

Já tinha ido ao blog onde se vota mas, sinceramente que encontrei o local de voto e votei, mesmo assim, mas o texto... só hoje o descobri.

Como vê, não sou amiga de longa data, nem tenho essa pretensão, somos apenas amigas virtuais, mas, conhecendo o seu modo de escrever até votei no escuro.

Agora que o li confesso que sou apreciadora de bom vinho mas não tenho conhecimentos profundos para dizer seja o que for. Apenas sei e confirmo que há, hoje em dia, muito boas enólogas especialmente aí para o Douro.

Parabéns por ser uma amiga bem prendada... de conhecimentos bem diversificados. O saber não ocupa lugar e devemos aprender até morrer.

Beijossss

Fernanda disse...

Querida amiga Tite,

Obrigada amiga, fiquei extremamente sensibilizada.
A verdade é que nos conhecemos há tão pouco tempo mas há actos que nos unem e que falam por si só.
Palavras leva-as o vento.

Não se preocupe com o comentário, não é importante.
Depois eu só dei conhecimento aos amigos de longa data.
Peço-lhe desculpa de não a ter informado, mas como vê nem foi preciso, aqui está mais uma prova de pura amizade.

Beijinhos

Luis disse...

Querida NÁ,
Acredite que tentei entrar no blogue Aldeia da minha vida mas sem o conseguir. Quiz dar o meu voto mas não tive exito pelo motivo que expuz.Não me estou a desculpar estou dizendo-lhe que procurei votar e não consegui. Tive muita pena disso ter acontecido mas espero sinceramente que o prémio seja dado pelo valor do trabalho apresentado e aí estou convicto que o seu terá esse mérito! E se digo isto é porque assim penso!
As minhas palavras como sabe não são ocas, são mesmo do coração. E o que sentiu eu também o senti: " Quem não se sente não é filho de boa gente".
Um grande beijinho.

Fernanda disse...

Caro amigo Luís,

Sei que é meu amigo do peito, do coração, sei isso desde sempre, essas coisas sentem-se.
Eu sempre me lembro do seu primeiro gesto, quando me mandou o comentário para casa por e-mail.

Sei ainda que o Blogue é confuso e que não é fácil encontrar nem o texto nem a coluna de voto, mas querer é poder e o Luís sabe bem disso.
A coluna está do lado direito da página e tem que procurar o nome Barca Velha, isto se quiser tentar novamente, mas como já disse e repito, eu não concorri para ganhar, sei das minhas limitações e se eu tenho 8 votos, já há lá alguém com 20 e tal.

Obrigada pelo esforço, por ter tentado... e sobretudo por ser meu amigo de verdade.

Bejinhos

Ana Martins disse...

Querida amiga Ná,
Não é a primeira vez que vou ao Aldeia da Minha Vida votar em textos de amigos e até de pessoas que pouco conheço mas que o texto me agrada.

Contudo aconteceu-me o mesmo que ao Luís, quando lá fui não consegui votar e sei bem como funciona.
Não fiquei muito preocupada pois sabia que ainda tinha uns dias para o fazer, e neste momento posso dizer-te que já está feito, votei e comentei.

Beijinhos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Amiga Ana,

Muito obrigada.
É verdade que é confuso, já o disse anteriormente, é preciso ter alguma paciência e perder algum tempo (talvez seja bom alertar o administrador do Blogue). Eu tinha ido lá, só uma vez anteriormente, a pedido de uma "amiga" votar no texto dela e consegui com alguma deficuldade, mas consegui.
Querer é poder!!!

Já tive oportunidade de ler o teu cometário, obrigada Amiga.
Beijos

Fernanda disse...

Meu caro amigo Luís,

Obrigada por mais esta prova de amizade. CONSEGUIU!!!
Estou muito orgulhosa e a começar a sentir-me mal por ter sido tão dura e até injusta.
Peço desculpa a todos os que realmente são amigos de verdade e estão a dar provas categóricas disso.

Beijo e um abração,

Fernanda disse...

Recebido por e-mail .
Peço desculpa ao amigo Luís, mas merece ser divulgado.

Querida NÁ,

A Amizade é assim... somos exigentes por isso mesmo mas, também somos compreensivos. Não pense mais nisso!

Um grande beijinho e o tal abração,

Luís

Abração, para si amigo,

Dulce disse...

˜Ná

quando estou fora de casa fico meio perdida, por isso por favor releve uma certa falta de atenção que possa parecer existir de minha parte. é que aqui em casa de meu filho, ainda mais com minha nora em férias, só posso vir ao computador entre um e outro afazer e as coisas vão se passando sem que eu perceba. Mas já corrige(em parte) essa falha e já fui la deixar meu voto. E claro que torço por você.
beijinhos

Fernanda disse...

Olá Dulce!

Entendo perfeitamente a sua posição, não se preocupe.
Muito obrigada por torcer por mim e ter votado em mim.
Somos amigas muito especiais, eu sei, eu sinto.

Beijos

Mariz disse...

Querida Ná:
Sem comentários! - quando existe tanta generosidade e sensibilidade até ao transpirar dos póros.
Sinto-a tão fielmente se bem que através dum computador...ou da vibração das palavras quando nos falamos.
E sim! Pode sempre contar comigo para tudo...sem virtualidades!!
Felicito-a ainda pelo marido que escolheu, pois está á altura do seu carácter! - Nem sempre isso acontece.

Abraço fechado
Sempre...
Mariz

Fernanda disse...

Querida Amiga Mariz,

Fico sem jeito para lhe agradecer este seu generoso comentário.
Tantas palavras que precisava ouvir, não nego, que me enchem o coração de alegria e de amor.

Obrigada por cada uma das suas palavras.
Sinto que seremos sempre verdadeiras amigas. A Mariz é uma pessoa simplesmente fabulosa.

Beijos

Maria Letra disse...

Ná,
Se tiver qualquer interesse no meu comentário ao texto que referiu e ainda for a tempo, agradecia me informasse.
Maria Letra

Fernanda disse...

Queridos amigos,

A todos os que votaram em mim, aos que simplesmente comentaram, mas muito em particular aos que muito me ajudaram; como o querido amigo João, que enviou e-mails a todos os amigos, e à grande amiga do coração Mariz, entre outros, o meu muito obrigada.
Pela votação ganhei por 39-28, mas ainda não há razões para celebrar.
Há mais regras que eu julgo ter falhado por precipitação, não li tudo atentamente antes de concorrer, e há ainda um Júri que avaliará, cujo peso desconheço.
Como sabem esta foi a minha primeira vez, daí a minha ansiedade, mas estou felicíssima porque nunca pensei chegar a um lugar cimeiro.

Devo muito aos muitos amigos, apesar de saber exactamente o meu valor, especialmente no tema que estava a concurso, mas nunca terei condições de agradecer a quem realmente me deu todo o apoio e do coração. Eu sei quem foram e estou muitíssimo reconhecida.

Não me levem a mal os outros cujos nomes não citei, todos foram importantes, até o filhote da Ana Martins foi votar e comentar, o que muito me comoveu.

Sei de amigos meus que estão na Holanda, Malásia, Sri Lanka, Grã -Bretanha e naturalmente o meu filho da Suíça votaram em mim.
Muitíssimo obrigada a todos sem excepção.
Beijinhos a todos