10/09/2009

ATENÇÃO - VACINA DA GRIPE SUINA


Vejam o link abaixo.

Será que isto é mesmo verdade? Esta notícia do “The Mail” terá algum fundamento? Perguntem aos vossos amigos médicos se já têm alguma opinião sobre isto…
O tal “Guillain-Barre Syndrome” foi o que teve a Mãe de um amigo e que lhe fez perder o andar. Felizmente, dada a pronta intervenção da Neurologista, conseguiu recuperar, embora ande com um andarilho e tenha ficado bastante debilitada. Não se sabe pq acontece…
Será que os governos se arriscariam a tanto: a morrer mais gente da vacina do que da gripe???
Um beijinho (agora por questões de segurança cada vez mais virtual )
________________________________________
E agora????!!!!

Uma carta confidencial do Governo britânico para médicos directores de departamentos de neurologia foi revelada ao jornal "The Mail":
"A vacina contra a Gripe Suína causa uma doença nervosa fatal. Levanta-se a questão: Porque é que o Governo não avisou o público uma vez que estão planeados milhões de vacinações - inclusivé a mulheres grávidas e crianças?"

http://www.blogger.com/%3Cspan%20style=%22color:#000066;%22%3Ehttp://www.dailymail.co.uk/news/article-1206807/Swine-flu-jab-link-killer-nerve-disease-Leaked-letter-reveals-concern-neurologists-25-deaths-America.html


7 comentários:

Ana Martins disse...

Olá Luís,
cliquei no link e não consigo entrar dá erro.

Beijinhos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Amigo Luís,

Tenho recebido muitas informações contraditórias, até assustadoras. Numa das minhas pesquisas, e só comecei, leia só o que encontrei:

"Divergências há também quanto à necessidade ou não de uma vacinação. Na opinião de Anita Petek, da organização antivacina Aegis, "se a vacina protegesse, os assim chamados pacientes de risco deveriam ser vacinados. Só que ela não é eficiente."

"Entre os pacientes de risco são listadas pessoas com doenças graves. Sempre se diz que só pessoas saudáveis devem ser vacinadas. Quando se vacina pessoas doentes ou até gravemente enfermas, aumenta o risco de que elas tenham complicações e consequências graves dessa vacinação. Naturalmente é correto proteger essas pessoas contra uma doença, mas não através de um outro risco grave", disse à swissinfo.ch.

Segundo Petek, especialmente a vacinação anual contra gripe é muito criticada porque se concluiu que ela só tem uma eficiência entre 10 e 30%. O vice-presidente da CFV, Hans Binz, disse há uma semana ao jornal Tagesanzeiger.ch que "as objeções dos adversários da vacina não têm fundamento científico"
Vacina_contra_gripe_suina

Beijos

Fada do bosque disse...

Uma coisa é certa, o hospital d S. Marcos, em Braga, está "cheio" de casos do sídrome de Guillain-Barre, e os médicos não entendem o surto de uma doença extremamente rara.
Agora subir a nível 6, ou seja, para pandemia, uma gripe que causa menos danos que a sazonal, levanta uma série de dúvidas, entre as quais a obrigatoriedade da vacina. Ou seja, à partida e sem motivos eremos obrigados a toma-la.
Quero crer que não passa de um negócio, mesmo muito mau, palavras do meu médico de família que diz recusar-se terminantemente a prescrver esta vacina a quem quer que seja, muito menos a crianças, grávidas idosos e doentes.
Não gostei mesmo nada da expressão do médico. Dá a sensação que é um embuste.
Pesquisar no youtube- David Ike, New World Order.

Luis disse...

Queridas Amigas,
Tudo isto me parece ser de ter muita atenção pois há várias teorias mas todas elas acabam por nos indicar perigos na sua utilização. Quanto ao link não fui capaz de o colocar de forma a ser possível através de um clik pode-lo abrir, do que me penetencio.
beijinhos.

Fernanda disse...

Queria amiga Helena (Fada)!

É tudo muito estranho, para dizer o mínimo.
Estou à espera da sua promessa, o País tem direito à verdade e a saber optar.
Eu pela minha parte continuarei a investigar, mas a Helena e a Manuela têm ambas formação específica para nos esclarecerem, o que o Sempre Jovens só pode e deve agradecer.

Beijos,

Fada do bosque disse...

Penso que a Querida Fernanda deveria fazer um post com o que está nesse seu comentário. O Sustentabilidade não apanha muito esses temas e a administradora não sou eu, senão fá-lo-ia.

Beijinho e obrigada pelas informações.

Vitor Chuva disse...

Olá Luis!

O que um leigo - e nã só - consegue retirar de tudo o que se diz sobre esta vacina é que, ao certo, ninguém estará muito seguro das opiniões que profere: as contradições são muitas, o tempo de vida da vacina é curto, e isso é angustiante para quem se veja confrontado com a situação.
Esperemos que a clarificação esteja para breve!

Tema oportuno, este.

Um abraço.

Vitor Chuva