22/08/2009

Segundo ANIVERSÁRIO

O Sempre Jovens completa hoje dois anos de publicação, como órgão do Clube Virtual de Seniores. Sempre fiel a um ideário de civismo, de defesa de valores éticos e sociais e de contribuição para a cultura dos que nos visitam, ao mesmo tempo que se difunde algum humor e esperança para amenizar as dificuldades da vida. O meu abraço muito fraternal ao amigo Fernando Vouga que, há dois anos, criou este espaço de que foi administrador durante cerca de um ano, mesmo tendo imensos problemas de tempo devido a estar a preparar a segunda edição revista e aumentada do seu livro.

A equipa de autores a quem o blogue deve a sua existência tem variado e sido diversificada, obedecendo ao princípio de que as pessoas estão aqui por prazer sem a mínima obrigação de agradar ou fazer favores. Daí que alguns, por motivos pessoais, tenham suspendido a sua actividade no blogue, mas têm regressado logo que foi ultrapassado o motivo da interrupção da colaboração. O ambiente tem sido de amizade e familiaridade, chegando ao ponto de haver quem ache o blogue como uma conversa em família, focando assuntos privados acima do debate de ideias. Mas é assim que os autores desejam e eles são soberanos, pois estão aqui sem compromissos, só por prazer. A eles se deve aquilo que o Sempre Jovens é. E há que dirigir uma palavra de reconhecimento aos leitores que nos têm mimado com as suas visitas e os comentários, sendo de distinguir com uma menção especial os 68 seguidores que nos estimulam a fazer sempre melhor. O número médio de visitantes por dia anda próximo dos 200.

Vamos agora iniciar o terceiro ano, com o mesmo ânimo que nos tem sustentado nos últimos tempos. Haja saúde e alimento espiritual.

A todos os autores, parabéns por esta obra colectiva e votos de boa continuação com saúde e óptima disposição.

Abraços de muita amizade a todos e a cada um, apesar de ter de ser apenas virtual!!!

5 comentários:

Maria Letra disse...

Amigo João Soares,

Este será o único comentário que farei a todos os LINDÍSSIMOS posts que estão a ser colocados para a celebração deste doce dia, mas sinto-me no dever de previligiar o João Soares.
Tenho de começar por congratulá-lo a si, meu caro amigo, sobretudo por 4 coisas muito importantes, que tenho vindo a constatar, as quais o identificam como uma pessoa que merece o respeito de todos nós:
- A elevada cultura que emana de tudo aquilo que escreve.
- A sua incansável luta por uma viragem, no bom sentido, do nosso querido País. Este facto, inegável, deve
ser salientado como um exemplo de grande valor patriótico.
- A educação com que se dirige a cada um de nós e os sábios conselhos que sabe dar, sempre que
qualquer coisa corre menos bem. A sua forma de enfrentar problemas revela sólidos princípios morais,
pouco comuns, infelizmente.
- A sua extrema abnegação ao dedicar a este blogue o pouquíssimo tempo que deve ter livre pois 'trava
luta em vários campos'. Abençoado seja pelo que dá a todos os Portugueses, tentando despertá-los
sempre a tempo ... não vá o alarme não funcionar. Só é pena que muitos continuem a dormir.
Fiz um comentário longo demais. Perdoem-me a utilização excessiva de espaço, mas nem sempre se
pode dizer em poucas palavras o muito que o coração sente.
Muitos beijinhos, João Soares e OBRIGADA, amigo!

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Com ventos mais ou menos favoráveis, o amigo tem feito sempre o seu melhor, não há lugar para dúvidas.

Aceite os meus sinceros parabéns e a minha profunda admiração.

Beijinho

A. João Soares disse...

Cara Mizita,

Muito obrigado pelo seu comentário. A extensão de um comentário deve depender daquilo que se quer transmitir, porque há ideias que não se compadecem com poucas palavras, pois precisam ser explicadas.
Mas não era necessário atribuir-me tantos predicados. Ninguém é perfeito e cada um deve procurar eliminar as suas imperfeições. É isso que procuro fazer, mas não chego a todas! E certamente algumas nem estão ainda identificadas no meu espírito!!!

Confesso que sinto prazer em ver colegas nossos a expressarem gosto por fazerem parte desta nossa equipa. Isso é essencial para podermos continuar no bom caminho. Espero que estas manifestações festivas consolidem a equipa e a tornam mais eficaz, o que não obriga a unanimidade de opinião nem a amizades de oportunidade. Cada um publica o que entender e temps que ultrapassar os eventuais melindres por o outro pensar de forma diferente.
As diferenças até são úteis para gerar debate de ideias, polémicas esclarecedoras que enriquecem o nosso saber e a visão dos problemas sob outras ópticas.
Desde 9 de Março que a Mizita está familiarizada comeste espaço e irá continuar a brindar colegas e visitantes com os seus poemas e reflexões relativas ao espaço circundante.

Um abraço
João
Um abraço

Vitor Chuva disse...

Caro João!

Agora de maneira mais "formal", de novo lhe endereço os meus parabéns pelo magnífico trabalho que tem vindo a desenvolver, mantendo este blog vivo e cheio de interesse, lugar de encontro de muita gente, que aqui descobriu outras pessoas interessantes, e com elas passou a gostar de conviver...ainda que à distância.

Um abraço.

Vitor Chuva

A. João Soares disse...

Cara Ná e Caro Vítor,

Embora com atraso, os meus agradecimentos pelos vossos comentários simpáticos e pela vossa colaboração no nosso SJ.

Agora, mãos à obra na construção de um terceiro ano melhor do que os anteriores. Há ideias de alterações; veremos se e como as vamos fazer.

Abraços
João