07/08/2009

Prémio «Comprometidos Y Más 2009»

O blogue «Sustentabilidade e acção» recebeu o prémio «Comprometidos Y Más 2009» e a sua autora teve a amabilidade de, entre 15 blogues nomeados, incluir este espaço colectivo com um pequeno mas valioso grupo de autores que dão uma diversidade de temas, todos orientados para melhorar a qualidade de vida das pessoas e a sustentabilidade do ambiente tendo em mente um futuro menos eivado de poluição.

Bem haja por essa sua atenção. Parabéns ao blogue «Sustentabilidade e acção» pelo prémio que recebeu e a todos os blogues que por sua vez premiou. Parabéns aos colaboradores do Senmpre Jovens por esta distinção recebida ue é um estímulo para continuarmos na senda dos objectivos que nos impusemos.

Já tive oportunidade de confidenciar que, por decisão já antiga, pessoalmente não colaboro na difusão de prémios, mas a ideia em que este prémio assenta continuará a ser por nós difundida com todas as forças, em conformidade com o que vimos fazendo, neste blogue que já marcou uma posição muito interessante na blogosfera o que orgulha todos os seus autores.

O ser humano merece todo o apoio para ter uma vida melhor, nos aspectos de ambienta mais habitável e de relacionamento mais pacífico e confiante entre pessoas e estados, quer na vida privada quer na social e internacional. É esse o objectivo deste blogue.

Muitos parabéns a si por o seu blogue ter merecido o prémio e muitos parabéns aos autores dos blogues por si premiados.

E apelo a todos para um maior empenhamento nestes sãos e generosos objectivos.

5 comentários:

Fernanda disse...

Amigo João,

Começo por me desculpar por ter estado mais ausente nestes últimos dias desta nossa casa, que adoptei como minha, por nela me sentir muito bem.

Como o João salienta, e muito bem, este prémio é de todos nós, os colaboradores que sempre, de uma maneira ou de outra têm revelado um alto sentido de responsabilidade na divulgação, luta e apoio em todas as áreas que abranjam a humanidade.
Estamos todos, TODOS, de parabéns.

O mais importante é que continuemos, se possível intensifiquemos e nos empenhemos ainda mais nestas causas.

Bem-haja por este texto.

Beijinhos


Bem-haja por este texto.

Maria Letra disse...

O meu coração enche-se de alegria quando vejo 'movimento' nas propostas que vamos todos fazendo para que um mundo melhor passe do sonho à realidade.
Ao editar hoje o meu texto "Deveres Cívicos", ainda não tinha lido este do amigo João Soares e, portanto, se não fôsse a necessidade que temos de insistir num ponto tão importante como é o da defesa do ambiente, eu até pedia desculpa pela repetição de temas. Tenho a certeza, porém, que o amigo até me perdoa ...
Um beijinho.
Maria Letra

A. João Soares disse...

QueridasNá e Mizita,
Em pouco espaço, o SJ, publica vários posta a referirem-se ao AMBIENTE. Pode parecer monótono, mas é a prova de que uma consciência ecológica nos anima.
Uma colega bloguista fez um comentário a defender que a limpeza de Portugal deve ser feita por serviços públicos devidamente preparados para essa tarefa.
Porém, nem as autarquias nem os serviços centrais se preocupam. Isso não dá votos!!! Por isso a população deve estar consciente do problema e uma campanha serve para esclarecer e sensibilizar e ao mesmo tempo mostrar às autoridades que isso é tarefa delas e que o voluntarismo da população é apenas um grito de alerta, contra o Poder, contra a má consciência de quem pode e deve mas nada faz..
Por isso acho interessante este PRÉMIO se sustentabilidade e dei uma resposta mais extensa do que daria num dos muitos casos vulgares que por aí circulam.

Abraços
João

Vitor Chuva disse...

Olá João Soares!

Não sendo eu um daqueles que aqui tráz temas relacionados com o meio ambiente, talvez por isso mesmo dou os meus parabéns a todos aqueles que o fazem, com convicção e persistência.

Um abraço a todos.

Vitor Chuva

Maria Letra disse...

Pois claro, amigo João Soares! Todos estamos de acordo que deveriam ser serviços de limpeza, altamente especializados, a levar a cabo essa tarefa. Como o não fazem na sua globalidade, é digna de mérito a onda de solidariedade levantada afim de, dessa forma, protestarmos.
Pena tenho eu que a minha viagem a Portugal não me vá consentir prestar a colaboração que prometi, pois, infelizmente, tinha o meu pé partido, há um mês, sem o saber. Por descuido? Não, pelo pavor de entrar em hospitais. Não me envergonho de dizer isto porque procuro ser sempre verdadeira, permitindo aos outros julgarem-me como lhes aprouver e sem me ofender. Vivo com essa realidade e, agora, se na sexta-feira o médico me autorizar a viajar, terei de fazê-lo com duas canadianas e passar de activista a espectadora.
Fico perdoada pela inércia obrigatória?
Eu já não visitava um médico há mais de 30 anos e, portanto, deixo aqui um conselho: não tenham medo dos médicos nem dos hospitais, senão podem sofrer graves consequências e, quando for precisa a vossa colaboração em serviços públicos, como sinal de protesto, acontecer-vos-á, eventualmente, terem de ficar quietinhos e a Nação precisa de nós.
Um grande abraço.
Maria Letra