20/08/2009

SE AS MINHAS MÃOS GRITASSEM...

Imagem da net


Se as minhas mãos gritassem,
Gritariam a saudade evadida dos dedos,
Quando mudos inventam os versos que nascem
Das memórias púrpuras que choram segredos...

Se as minhas mãos gritassem,
Ouvirias o eco da mais bela certeza,
Amor por amor é um Sol em viagem
Que derrama fulgor de espanto e beleza!


Ana Martins
Escrito a 9 de Agosto de 2009

7 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Ana,

Se as mãos falassem... o que diriam de segredos guardados a sete chaves!
O Amor por Amor isso é realmente Amor. Faz parte dos valores de ética que hoje soam a falso na boca de muita gente colunável. Tudo passou e foi substituído pela ambição de riqueza e fama, de consumismo criador de ostentação de vaidade, de competição.
É bom que os bons poetas que as pessoas gostam de ler não deixem morrer na nossa memória os sentimentos mais generosos que são o sustentáculo da vida feliz. São o Sol em viagem a dar calor e energia.
Parabéns pala beleza da pooesia e as ideias que difunde.

Um abraço
João

Mara disse...

Querida Ana Martins,


Muito belo, difícil e muito profundo este seu lindíssimo poema.

Sinceros parabéns

Milai

EDUARDO POISL disse...

A Ana sempre com um lindo poema
Abraços para a Fernanda e um obrigado pela visita no pagina para dois

Fernanda disse...

Querida Ana,

Eu acho que vou começar a traduzir (adaptar, só assim é viável) todos os teus poemas...
Este levou-me às lágrimas!!!
"Lamechas" somos todos, mesmo os "durões", e só quem ama ou amou sabe entender toda a beleza dos teus poemas.

O-B-R-I-G-A-D-A !!!

Beijos,

Fernanda disse...

Desculpem amigos, mas esqueci-me de retribuir os abraços ao amigo Eduardo.

Abração,
Fernanda

Ana Martins disse...

Amiga Ná,
já sabe que está á vontade para o fazer.

Beijinhos,
Ana Martins

Maria Letra disse...

Olá Ana!
Habituou-nos a poemas de grande intensidade e, como tal, pelo menos da minha parte, quando rareiam, vou procurá-los à sua página, tão rica em provas de profunda inspiração.
Os meus parabéns.
Beijinhos.
Maria letra