22/06/2009

Mulheres trabalham mais 16 horas em tarefas não remuneradas


Há muito que as polémicas em torno das desigualdades entre homens e mulheres colocam no centro das atenções o trabalho doméstico desenvolvido pelo sexo feminino.

Feitas as contas, elas trabalham mais 16 horas por semana do que os homens, desempenhando tarefas não remuneradas.

Estes números surgem a propósito do Relatório sobre o Progresso da Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens no Trabalho, Emprego e Formação Profissional, em debate esta quinta-feira, no Parlamento.

De acordo com a Agência Lusa, que teve acesso a este documento, os homens dedicam em média, por semana, 43 horas e meia ao trabalho pago e menos de 9 horas e meia ao trabalho não pago.

As mulheres, por seu turno, trabalham de modo remunerado 41 horas e seis minutos e não remunerado 25 horas e 24 minutos.

Contabilizando também o tempo de deslocação para o trabalho e de regresso a casa, os homens trabalham um total de 55 horas e 42 minutos e as mulheres 69 horas.

Quer isto dizer que, por via das tarefas domésticas e dos cuidados com a família, especialmente crianças, o sexo feminino continua em desvantagem em matéria de trabalho não pago.

1 comentário:

Fernanda Ferreira disse...

Viva amigo Luís,

Parece que com a chegada do Verão foi toda a gente de férias... será???
Bom se essa for a razão.

Pois é amigo...a emancipação da mulher está longe de estar concluída.
Explorar mulheres continua a ser o pão nosso de cada dia.

Beijinho