14/06/2009

Barulho da carroça

Certa manhã, meu pai convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:

- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai. É uma carroça vazia ...

Perguntei ao meu pai:
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia, é por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, inoportuna e interrompendo a conversa de todo mundo, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo...
"Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho".

Recebi este texto por e-mail que trazia a seguinte NOTA:

Bem Verdade !!!
Imputo a vacuidade da carroça nacional à classe política que se empoleirou, agarrou as rédeas do Poder e só fala!!!

4 comentários:

Luis disse...

Caro João,
Como tive já oportunidade de te dizer foi engraçado que tu e eu ao mesmo tempo estavamos a postar o mesmo texto num e noutro blogue. É assim a Irmandade...ahahahaha.
Um abração amigo

Fernanda Ferreira disse...

Essa é sem dúvida uma verdade inegável, a todos os níveis.

Bem visto amigo João.

Beijinhos
Fernanda Ferreira

A. João Soares disse...

Meu caro Luís e querida Ná,
Recebi por e-mail este comentário de Maria João F

"Sendo a velocidade da luz superior à velocidade do som, é perfeitamente
normal que algumas pessoas pareçam brilhantes... até abrirem a boca."


Está cientificamente justificado!!!
Abraços
João Soares

Luis disse...

Amigo João,
Gostei desta demonstração cientifica!!! É só pena que a velocidade do som não seja superior à da luz.....Dessa forma eram logo descobertos quando abrissem a boca!
Um abração.