02/06/2009

HOJE, ESTOU TRISTE MEUS AMIGOS!

As noticias por aqui não são auspiciosas!
Infelizmente, uma tragédia ocorreu com um avião da Air France, na noite de domingo, partindo do Rio de Janeiro com destino a Paris!
A imprensa daqui e mundial divulgou notícias sobre o desaparecimento durante todo o dia de hoje, e tem nos comovido muito!
São quase 150 passageiros entre tripulação e passageiros, crianças e até um recém nascido. Que dó!
Imagino a dor que os familiares estão passando! Que situação!
Quanto sofrimento!
Rezo para que a situação seja esclarecida o mais rapidamente...
As ultimas notícias informam que as autoridades civis e militares ainda não confirmam nada, são apenas suposições.
Suspeitas existem de que a aeronave tenha sido atingida por um raio no meio de uma forte tempestade com grande turbulência, em cima do Atlântico.
É lamentável, em pleno oceano!
São tantos fatos estranhos acontecendo no mundo!!!
Sempre ouvi dizer do perigo existente na decolagem e na aterrizagem de um avião, nunca num vôo já estável e orientado pelas aparelhagens modernas existentes. Hipótese de seqüestro não está descartadas e aviões, navios, estão fazendo o trajeto do vôo programado pelos pilotos. As autoridades estão tentando junto aos E. Unidos, a ajuda dos satélites que monitoram zonas do tráfico de drogas, para certificarem se registraram algo relativo a tragédia.
Tudo indica que será mais um grande desastre de difícil solução.
Que Deus na sua infinita misericórdia cuide de todos!

8 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Concordo com tudo o que voce escreveu.
Também estou triste como o mundo todo
Abraços Eduardo

A. João Soares disse...

Nada há a fazer às vítimas. O melhor que agora pode ser conseguido é conhecer as causas a fim de serem tomadas medidas que tornem os voos mais seguros.
Andar no mar pode ser um martírio, quando as águas estão agitadas, mas há a esperança de os coletes de salvação darem tempo à chegada de socorros. Mas, pelo contrário, os aviões, como se viu agora com Airbus A330 que se despenhou no Atlântico, não pode haver ponta de esperança.
Mas a vida é finita e de uma forma ou outra tem que acabar.
Um abraço
João

Fernanda Ferreira disse...

Amigo João,

Uma tragédia, mais uma que ceifa a vida assim a tanta gente.
Como não estar triste???

Beijo,
Fernanda Ferreira

Luis disse...

Querida Celle,
Não há palavras para exprimir tanta tristeza que tal tragédia trouxe a tanta gente: familiares, amigos e todos que ao terem conhecimento sentiram por mor disso.
Mas a vida é assim por vezes trágica, outras travessa e outras ainda trazendo-nos felicidade,
Beijinhos e estou consigo neste drama

A. João Soares disse...

Cara Fernanda,
Não percebo o seu comentário. Eu não disse que não fiquei ou que não estou triste. Acaso leu isso no comentário que fiz?
Abraço
João

Celle disse...

UMA PAGINA PARA DOIS
Olá, é voce o brasileiro do Sempre Jovens?
O João ja me havia dito que seríamos dois brasileiros, no Sempre Jovem, prazer em conhece-lo.
As vezes que se manifestou, com seus comentários, foi sempre muito compreensivo e gentil.
Obrigada!

Celle disse...

Amigo João, você é sempre assim,tão realista?
Não o censuro é melhor assim, demonstra mais preparação,amadurecimento e fortaleza.

A. João Soares disse...

Querida Celle,
Gosto do lema «Não fales de ti, fala pouco dos outros e fala muito das coisas» e sou um homem de acção. Acho que lamentar, chorar, não resolve nada e aumenta o sofrimento, se bem que pareça aliviar. É preciso colher lições dos acontecimentos e rever aquilo que, por não estar perfeito, deve ser aperfeiçoado para não se repetirem as tragédias. Não gostava de estar na pele dos familiares e amigos das vítimas a quem dedico as minhas orações para se recomporem do desgosto e prejuízo sofrido. Mas têm que ultrapassar este momento muito difícil e recomeçar a vida. A felicidade não pode depender de ontem mas de hoje e preparar um amanhã melhor.
Beijos
João