11/04/2010

O PODER DO ELOGIO

TERAPIA DO ELOGIO - Arthur Nogueira (Psicólogo)



Renomados terapeutas que trabalham com famílias divulgaram uma recente pesquisa onde se nota que os membros das famílias estão cada vez mais frios, mais distantes, deixa de existir carinho, as qualidades não são valorizadas, só se ouvem críticas.
As pessoas estão cada vez mais intolerantes e desgastam-se valorizando os defeitos dos outros.
Muitas vezes por isso, os relacionamentos de hoje não duram.



A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de classe média e alta. Os homens foram deixando de elogiar as suas mulheres ou vice-versa; não é frequente vermos chefes elogiando o trabalho dos seus subordinados, nem ver pais, filhos, amigos elogiando-se mutuamente; e por aí fora.



Vemos com muita frequência pessoas fúteis valorizando artistas, cantores, outras pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por consequência têm mesmo a obrigação de cuidar do corpo, da própria imagem.



Esta ausência de elogio tem afectado significativamente as famílias.

A falta de diálogo nos seus lares, o excesso de orgulho, impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para os consultórios.
Acabam casamentos, nos quais as pessoas procuram nos outros o que não conseguem dentro de casa.



Comecemos a valorizar as nossas famílias, amigos, alunos, subordinados. Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza dos nossos parceiros ou parceiras, o comportamento dos nossos filhos.
Vamos observar e ter em conta aquilo de que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo quer sentir-se querido, a boa dona de casa valorizada, enfim vivemos numa sociedade em cada um de nós precisa do outro; é impossível alguém viver sozinho, e os elogios são uma motivação e um motor poderoso na vida de qualquer pessoa.



Quantas pessoas poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?

Comece agora!



Tu és uma pessoa maravilhosa!
Desejo-te um excelente dia!


Beijinhos,
Ana Martins

11 comentários:

Luis disse...

Querida Ana,
Como lhe tinha dito levei para a Tulha este seu post por te-lo achado muito interessante e oportuno. Que melhor comentário poderia fazer? Talvez através do elogio se tire o "ácido" nas nossas palavras e pensamentos e se possa recriar um novo Mundo mais pacífico e feliz!
Um beijinho amigo.

A. João Soares disse...

Querida Ana,

Trata-se de um bom post. Mas está repetido, pois o Luís colocou aqui Terapia do Elogio - uma verdade a ser seguida! em 10 de Novembro último.
Por isso, será de eliminar antes que tenha mais comentários. Por vezes acontecem repetições desnecesárias.

Beijos
João

direitinho disse...

Bom dia querida amiga
Agradeço a publicação deste post.
Tinha acabado de ler quando o quadro eléctrico destrancou e já não pude comentar.
Saímos e fomos às compras e este foi o nosso tema de conversa.
As coisas que todos sabemos mas que diariamente esquecemos.
É bom recordar e será muito bom passar à prática. Os elogios sabem sempre bem e estimulam a fazer melhor ainda.
Ver com os olhos o bem e o bom e saber reparar em tantos momentos agradáveis, sem andar sempre mergulhados no negativismo.
Queria ainda salientar que é importante valorizar sempre o papel de cada um dentro da família e da sociedade para que se criem estes laços de respeito e de grande amizade.
O bem leva sempre muito tempo a construir

Agulheta disse...

Amiga Ana.Um post muito oportuno e real com aquilo que vimos na sociedade actual.Muitas das vezes quem deve ser valorizado não o é,hoje em dia parece que tem grif,é que é bem visto.O outro pode ser um bom ser humano,mas não tem o tal estilo! fica sem se dizer uma palavra que seja.Gostei da forma de abordagem sobre este tema.
Beijinho de amizade Lisa

Luis disse...

Querida Ana,
Por vezes a repetição de post's, e é este o caso, vale a pena faze-lo pois os visitantes nem sempre vêm os post's todos do blogue e desta forma podem comentar e sentir o texto que de outra forma o perderiam. Os Blogues são para uso interno e externo e neste caso surtiu efeito no lado externo pois apareceram visitantes comentando e gostando dele. O mesmo se passou na Tulha pelo que acho que valeu a pena postá-lo! É mais fácil ser-se contra que elogiar... E como disse noutro comentário mesmo para se chamar à atenção de um erro se deve elogiar primeiro, o que neste caso até foi feito!
Um beijinho amigo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Post dentro de uma realidade.

Os valores se perderam.

Paz, Luz, Amor, Saúde.

beijooo.

Fernanda disse...

Minha querida Ana,

Não tinha ainda comentado porque tive a casa cheia de família até há minutos atrás.
Dia pleno para mim!!!

Apesar de o post estar sim repetido, o que nem sempre é fácil não acontecer, ele relembra valores que se estão a perder cada vez mais. Só por isso valeu a pena.

Beijinhos

Canduxa disse...

Querida Ana,

Nunca é demais ler-se e reler-se um texto destes. Na verdade o elogio está cada vez a ser menos utilizado nos relacionamentos, na educação dos filhos e nos empregos.
Acredito que com a falta dele perde-se o interesse por coisas importantes e surge a falta de auto-confiança.

Um grande abraço

Celle disse...

Querida Ana, ausente desde dia 09 de abril, ao abrir minhas mensagens agora, encontrei seu post. Embora ja o conheça, até ja escreví sobre o assunto, gosto deste tema. Num mundo que precisa melhorar muito os relacionamentos, um incentivo,exalta o ego, faz crescer a auto estima, é um empurrão pra frente nas pessoas tímidas e fracas acostumadas a não serem valorizadas, a serem sempre chamadas atenção e levarem pito, ás vezes sem explicação.
- Não à bajulação e palmas ao reconhecimento do esforço e do valor das pessoas!
A repetição reforça o aprendizado!
Beijinhos Ana!
Celle

Gisley Scott disse...

Oie Ana :)
estou dando uma passadinha por aqui!

O poder do elogio é tremendo assim como o poder da crítica. A Bíblia diz que morte e vida estão no poder da língua.Se passássemos elogiando apenas da metade do tempo que levamos para criticar, já haveria uma grande mudança. Às vezes até um simples obrigado já muda tudo, coisa tb que está em extinção nos dias de hoje.As pessoas não são mais agradecidas e estão cada vez mais "exigentes".

Que evitemos cair nessa armadilha!
Muito válido esse post!
Obg :)!

Ana Martins disse...

Caro João,
foi uma falha minha, como sabe dificilmente coloco aqui textos que não sejam meus. Este achei-o muito interessante e oportuno, dentro dos valores que aqui todos os dias tentamos relembrar.
Nesta altura já não tenho coragem para o eliminar, tem muitos comentários e penso que isso seria um desrespeito a quem tão amavelmente o fez.
É de salientar que os posts de minha autoria, (os meus poemas) não conseguem despertar tanta atenção assim, veja-se a diferença de comentários.

Vou ter mais cuidado para a prómixa, mas se por acaso voltar a acontecer sinta-se à vontade para o eliminar.

Grata a todos pelos preciosos comentários.

Beijinhos,
Ana Martins