20/04/2010

"TIRADENTES"

UM POUCO DA NOSSA HISTÓRIA DO BRASIL QUE SE MISTURA COM A DOS NOSSOS DESCOBRIDORES E COLONIZADORES PORTUGUESES...
21 DE ABRIL DE 1792
" Inconfidência Mineira"
FERIADO
O nome do líder da Inconfidência Mineira era Joaquim José da Silva Xavier. Nasceu na Vila de São Jose Del Rei (atual cidade de Tiradentes, Minas Gerais) em 1746, porém foi criado na cidade de Vila Rica (atual Ouro Preto). Exerceu diversos trabalhos entre eles minerador e tropeiro. Tiradentes também foi alferes, fazendo parte do regimento militar dos Dragões de Minas Gerais. Tiradentes seguiu carreira militar, ocupando o posto de alferes, palavra que vem do árabe "al-fars", o cavaleiro. Significa o antigo oficial do exército com posto logo abaixo do tenente. A cabeça de Tiradentes foi levada do Rio de Janeiro para Vila Rica, em Minas Gerais e ficou exposta num poste em frente à Igreja Nossa Senhora dos Remédios, dos Brancos. Na terceira noite, foi roubada e nunca mais foi encontrada. Junto com vários integrantes da aristocracia mineira, entre eles poetas e advogados, começa a fazer parte do movimento dos inconfidentes mineiros, cujo objetivo principal era conquistar a Independência do Brasil. Tiradentes era um excelente comunicador e orador. Sua capacidade de organização e liderança fez com que fosse o escolhido para liderar a Inconfidência Mineira. Em 1789, após ser delatado por Joaquim Silvério dos Reis, o movimento foi descoberto e interrompido pelas tropas oficiais. Os inconfidentes foram julgados em 18 de abril de 1792. Alguns, filhos da aristocracia, ganharam penas mais brandas como, por exemplo, o açoite em praça pública ou o degredo. Sete seriam exilados e 11 executados. No entanto, apenas Tiradentes seria morto. Ele foi enforcado em 21 de abril e seu corpo esquartejado e pregado em postes. Tiradentes foi declarado infame, assim como seus filhos e netos, e sua casa em Vila Rica foi arrasada e salgada. Partes do seu corpo foram expostas em postes na estrada que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. Sua casa foi queimada e seus bens confiscados. Conclusão : Tiradentes pode ser considerado um herói nacional. Lutou pela independência do Brasil, num período em que nosso país sofria o domínio e a exploração de Portugal. O Brasil não tinha uma constituição, direitos de desenvolver indústrias em seu território e o povo sofria com os altos impostos cobrados pela metrópole. Nas regiões mineradoras, o quinto (imposto pago sobre o ouro) e a derrama causavam revolta na população. O movimento da Inconfidência Mineira, liderado por Tiradentes, pretendia transformar o Brasil numa república independente de Portugal.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Em 21 de abril de 1960, aproveitando a data
DA "INCONFIDÊNCIA MINEIRA",
foi inaugurada a capital federal do país, Brasília.
A cidade projetada, que inicialmente contava com uma população de 10 mil habitantes, hoje abriga mais de 3 milhões de pessoas, vindas de todos os cantos do país.

4 comentários:

Luis disse...

Querida Amiga Celle,
A nossa história tem destas coisas infelizmente. Pouco tempo depois foi o Imperador que declarou a Independência do Brasil!
Tiradentes acabou por ser um mártir!
O seu post foi oportuno e esclareceu-me de alguns pontos sobre a sua figura.
Um beijinho amigo.

Fernanda disse...

Querida Celle,

Confesso que nunca tinha ouvido falar desta personagem histórica.
Aprender até morrer, assim é.

Obrigada pela lição.
Beijos

Celle disse...

Luis e Fernanda obrigada por comentarem este texto publicado tão somente como forma de levar conhecimento da nossa história aos irmãos de Portugal, do martir da inconfidência mineira cuja data é comemorada no feriado de amanhã.
Beijos
Celle

Efigênia Coutinho disse...

Querida Ana, hoje visito este seu espaço que ainda não conhecia, e como sempre encantada com tudo que aqui vou lendo, quanta sabedoria neste Blog, que vai unindo varios países na mesma lingua irmã, meus PARABÉNS, serei uma seguidora deste evento tão significativo ao mundo cultural, um abraço,
Efigênia Coutinho