17/04/2010

Ranger com animais selvagens

Depois do post Se um cachorro fosse professor...!!! é focado novamente o relacionamento entre animais, neste caso selvagens, e pessoas. Este ranger tem a missão de prevenir a caça furtiva em toda a área de refúgio de vida selvagem de Lanseria, na África do Sul. A forma como estes animais interactuam com ele é absolutamente impressionante. Os leões parecem saber que está ali para protegê-los. Ele trabalha com as hienas e pumas também. As hienas são geralmente traiçoeiras. São um espanto as fotos tiradas no rio, algo incrível, porque os leões não gostam da água.


Fotos recebidas por e-mail do amigo Carlos Rocha

8 comentários:

Ana Martins disse...

Boa noite João,
que fotos maravilhosas, vê-se a ternura nos olhos dos animais, eles sabem que ele é amigo!

Beijinhos,
Ana Martins

A. João Soares disse...

Querida Ana,

Os animais dão-nos lições. Sabem quando podem confiar. A força do homem perante eles não pode residir na violência mas na calma, serenamente controlada, confiante. Eles correspondem no mesmo tom. Mas é preciso que não tenham carências, fome outra necessidade física premente.
Estas fotos são realmente maravilhosas-

Beijos
João

Maria Beatriz Ferreira disse...

Mais uma vez, os animais que nos dão lições.
Aprendam todos, pois aqui está um exemplo vivo de como devia funcionar a sociedade.

Beatriz Ferreira

Luis disse...

Caro João,
Post maravilhoso onde se sente a interligação de dois seres tão diferentes. As imagens igualmente lindas são disso a prova. São estas lições da vida que nos levam a pensar que poderia haver Paz entre os humanos caso não houvesse interesses inconfessáveis por trás deles. Deixa-se o SER para se pensar só no TER! É essa a DESGRAÇA!!!!
Um abraço e um bom domingo.

J.Ferreira disse...

Amigo João,

Antes de mais parabéns!Sabe a que me refiro. Quem quer consegue!

Mais um post sobre animais com o qual só podemos aprender.

Abraço
J.Ferreira

A. João Soares disse...

Caros Amigos,

Obrigado José. Não sou aventureiro e avanço devagar...
Este relacionamento entre o homem e os animais, faz-me recordar uma ideia do filósofo José Gil: os homens e os Estados actuam entre duas margens - o medo e o amor. Havendo medo, há desconfiança, agressividade guerras. Havendo amor, há confiança, compreensão, colaboração, paz e desenvolvimento. Com os animais acontece o mesmo. Se a pessoa se apresentar pacífica, sem medo, confiante eles aproximam-se, farejam e acabam por se entregar com amizade.
Aparecem muitos casos assim, em anexos de e-mail. Infelizmente não os tenho guardado de forma a encontrá-los quando os desejo.

No fim verificamos que o pior selvagem é o homem, e não os animais da selva.

Abraços
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Lindo!
Fez uma série linda de fotos que nos mostram, mais uma vez, que os animais nos dão lições belíssimas de vida.

Parabéns!!!!!

Bejinhos

Celle disse...

João, intrigante, facinante e muito bonito de se ver!
Incrível!
Coragem, amor,bons tratos e boa alimentação...
Será o suficiente????
Beijos
Celle