01/04/2010

Sociedade














Vivemos numa sociedade que se diz civilizada, mas todas as espécies de desvio de comportamento nela existem!
Em todos os setores há cidadãos de caráter ilibado e de mau caráter, também. Não somente nas cidades grandes os bandidos agem. Roubam-se bancos até em cidadezinhas do interior! Seqüestram e matam a sangue frio e a mídia divulga os crimes com todos os detalhes, os mais sórdidos, não sei se já repararam, em seguida a um crime bárbaro um outro ou outros semelhantes e parecidos acontecem, e por que? Responsabilizo a mídia.
Em seu afã de publicar notícias em primeira mão e como forma de faturarem em cima do fato, usam de sensacionalismo. E percebe-se muito bem que, estamos vivendo com medo e inseguros, estressados.
O mundo globalizado, os avanços científicos, o acesso da população a internet nos permite interagir com pessoas lá do outro lado do planeta. O admirável “Milagre da Comunicação”. O planeta tornou-se uma aldeia, e como na vida, as coisas possuem dois lados, os prós e os contras, vantagens e desvantagens, estas tão desastrosas que obrigam a população se esconder atrás de burkas negras achando estar segura da quantidade de perigos que a vastidão aumenta.
Mundo violento!
Acreditando que que a situação está ruim assim em razão do dinheiro, o vil metal que para ser conquistado não importam os meios, qualquer ação mesmo ilícita justifica o fim, (mente doente)não se usa a maneira adequada e correta de ganha-lo, a do trabalho e do esforço, do suor de seu rosto, preferem usar atalhos que lhe beneficiam de imediato e rapidamente.
O dinheiro em si não é um mal.
Saber usa-lo é uma arte, é sabedoria. Ganhar o necessário para se ter uma vida feliz, confortável, poder cuidar da saúde, da alimentação, estudar, vestir- se bem, ajudar o próximo, seu irmão necessitado, reservar algum para uma emergência é o suficiente.
Utopia ? Sonho?
O mundo seria outro!
Abrir o coração, dividir com o amigo dúvidas e angústias, obter dele o conforto obtido através de suas palavras e orientações, sem receio e sem medo, seria a glória!
Caminhando e tentando conhecer melhor os amigos adquiridos durante a caminhada, ja acalma e tranquiliza!
Seria bom se todas as amizades surgidas pela vida afora, real, ou virtual, fossem de fato pessoas de bem, ilibadas, facilitaria uma abertura maior, todos poderiam se mostrar por inteiro e acreditar no que os outros dizem, sem receios!
Infelizmente, precisamos ainda viver desconfiados de tudo e de todos e não pode ser diferente!
Os pais precisam por dever, ensinar os filhos as maldades do mundo e assim incutem no filho, desde pequenino, o receio e temor que provocam o medo levando-o a temer até o pobre diabo, barbudo, sujo e maltrapilho que não é bandido, apenas, um infeliz e pobre coitado que não tem onde cair morto! Ou, ao passar por alguém de cor, mal se olham e não lhe dá atenção nem lhe estende a mão generosamente, por medo.
“Não falem com estranhos, não dêem confiança nem fiquem papeando na net, com desconhecidos”, são os conselhos e cobranças dos pais ou responsáveis, em casa. Infelizmente estes cuidados criaram uma geração de medrosos, presos em casa, enquanto os marginais vivem a solta por aí!
É a inversão de valores!
Hoje, os perigos são tantos que preservar e proteger a imagem das pessoas , seu rosto, sua condição financeira, idéias e pensamentos é a melhor solução...


"Visando proteger-nos dos perigos constantes, nos isolamos, não falamos de nós, evitamos os desconhecidos, nos tornamos arredios e desconfiados, precisando na maioria das vezes de tratamento médico.

4 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Amiga Celle,

Primeiro: Estamos de parabéns pela vitória da nossa colaboradora Ná no concurso em que tomou parte. O prémio foi merecido e é incontestável, e todos os amigos e admiradores se sentam felizes por isso.

Quanto a este belo tema, muito há que dizer. Concordo consigo quanto ao papel da TV. Vão longe os tempos em que ela era um veículo de saber, de cultura teórica e prática, mas hoje, pela divulgação que faz de crimes, está transformada numa escola do mal, uma montra do pior que a sociedade tem. E os exemplos são dados pelos mais visíveis, os políticos, criminosos e impunes.

Recordo que, quando a Marilyn Monroe se suicidou, houve o cuidado de não dar muita publicidade porque se temia que o fenómeno arrastasse actos de loucura semelhante nas suas fãs pelo Mundo. O gosto de ser falado na TV leva às piores acções.
Hoje falta comedimento e sensatez nos que hoje dirigem os meios da comunicação social. A Internet também pode ter maus efeitos ao lado de outros muito bons.

É que as crianças crescem e tornam-se adultos sem ninguém as ter ajudado a distinguir o melhor do pior, e a saberem escolher um caminho demarcado por valores e princípios éticos de vida saudável com os outros, numa sociedade de respeito mútuo.

Até as escolas onde se devia aprender a crescer em saber e virtude, está tornada um antro de desrespeito e de violência e de outros abusos.

Isto precisava que fosse criado um «acelerador de partículas» dirigido aos factores sociais, para criar um «big-bang» de que resultasse a adopção de uma tabela de valores cívicos, respeitados por todos.

Páscoa Feliz, para si, toda a sua família e para todos os visitantes deste espaço. A Páscoa em vez de guloseimas, ou além delas, devia ser um momento de reflexão e de renascimento do melhor que se tem perdido no relacionamento social.

Beijos
João

EDUARDO POISL disse...

O que posso desejar para vocês?

Que as verdadeiras amizades continuem eternas
e tenham sempre um lugar especial em nossos corações.
Que as lágrimas sejam poucas, e logo superadas.
Que as alegrias estejam sempre presentes
e sejam festejadas por todos.
Que o carinho esteja presente em um simples olá,
ou em qualquer outra frase, ou digitada rapidamente.
Que os corações estejam sempre abertos para novas amizades,
novos amores, novas conquistas.
Que Deus, esteja sempre com sua mão estendida,
apontando o caminho correto.
Que as coisas pequenas como a inveja ou o desamor,
sejam retiradas de nossa vida.
Que aquele que necessite ajuda encontre
sempre em nós uma animadora palavra amiga.
Que a verdade sempre esteja acima de tudo.
Que o perdão e a compreensão superem as amarguras e as desavenças.
Que este nosso pequeno mundo virtual seja cada vez mais humano.
Que tudo o que sonhamos se transforme em realidade.
Que o Amor pelo próximo seja nossa meta absoluta.
Que nossa jornada de hoje esteja repleta de flores.

Feliz Páscoa

Um abraço do amigo Eduardo Poisl

Fernanda disse...

Querida amiga Celle,

Maninha do coração!

Tudo o que relata é o retrato fiel do
que se passa hoje no Mundo inteiro.
Infelizmente!!! Lamentavelmente.

Tudo está interligado, o avanço tecnológico fez a aproximação e a divulgação dos factos que se faz hoje em directo.
Isso não seria mau se não houvesse maldade, mas há.
Se por um lado nada fica escondido, por outro divulga-se os métodos para que outros com iguais instintos pratiquem o mesmo.
Uma autêntica maramotinha de rabo na boca.

Convinha era avaliar os porquês das coisas...
Não é por acaso que estamos a passar por uma crise, à escala mundial, dos valores éticos e morais.
Estamos a viver uma época de desemprego sem precedência. Não há segurança no emprego. O Estado ROUBA, dando o exemplo e ficando impune. Não há justiça porque não há moral.
Não há o conceito de família, as famílias estão alheadas dos seus próprios filhos, é cada um por si, com o egoísmo no seu auge.
A educação está na lama, as Escolas não funcionam, não há respeito por ninguém....tudo o resto vem por acréscimo.

Este assunto daria para muitos textos...muitos mesmo.

Parabéns por este alerta sempre muito oportuno.

Beijinhos

Luis disse...

Querida Celle,
Eis um post muito oportuno e muito bem apresentado!
A Sociedade actual está é sem Valores e como tal tornou-se Materialista onde o TER se sobrepõe ao SER! E mais, há uma guerra aberta à Religião seja ela qual fôr, com excepção do Islão e ou ao Ateísmo! O porquê disto parece estar por um lado na tentativa do Islão querer tomar conta do Mundo e quanto ao Ateísmo a ideia de que o Homem não precisa de DEUS dado que pela ciência julga tudo resolver...
Nós os Sempre Jovens com alguma idade e com bons princípios estamos fora desta sociedade e pensamos de outra forma FELIZMENTE!
Estou de saída para o Alentejo e por isso aqui me fico mas mais tarde continuarei este comentário pois o post merece toda a nossa reflexão.
Uma Santa Páscoa para todos Vós e em especial para a Celle e para o António, é o que mais desejamos.