06/04/2010

A gente que eu gosto...














"As pessoas são como vitrais coloridos:
cintilam e brilham quando o sol está
do lado de fora, mas quando a
escuridão chega, sua verdadeira
beleza é revelada apenas
se existir luz no interior."

Elizabeth Kubler Ross

Gosto de gente com a cabeça no lugar, de conteúdo interno, idealismo nos olhos, um pé no chão, na realidade e outro na realização de um sonho, mesmo que impossível.

Gosto de gente que ri, chora, que se emociona com uma simples carta, um telefonema, uma canção suave, um bom filme, um bom livro, um gesto de carinho, um abraço, um afago. Gente que ama e tem saudades, que gosta de amigos, que cultiva flores,que ama animais e que admira paisagens, poesia e mares.
Gente que tem tempo para sorrir bondade, semear perdão, repartir ternuras compartilhar vivências e dar espaço para emoções dentro de si, emoções que fluem naturalmente de dentro do seu ser.
Gente que goste de fazer as coisas que gosta, sem fugir dos compromissos difíceis e inadiáveis, por mais desgastantes que sejam.

Gente que colhe, que orienta, que se entende, que aconselha, que busca a verdade e quer sempre aprender, mesmo que seja de uma criança, de um pobre ou de um analfabeto.
Gente de coração desarmado, sem ódio e preconceitos. Com muito AMOR dentro de si.

Gente que erra e reconhece, cai e levanta-se, apanha e assimila os golpes, tirando lições dos erros e fazendo redentoras as suas lágrimas e sofrimentos.

Gosto muito de gente assim... cintilante, mesmo quando o seu único brilho vem só do seu interior.

Imagem da Internet

Fernanda Ferreira (Ná)

15 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Ná,

E quem não gosta? Até o enxertador de vinha gosta de cepas jovens, pujantes de energia, com boas qualidades vitais, onde um garfo pode fazer surgir uma videira cheia de força produtiva. Mas pessoas com todas as qualidades que refere, se as houve, já morreram e foram canonizadas e só nos altares as podemos adorar.
As pessoas reais carecem de perfeição e, por isso, se diz que «errar é humano». O mal está em quem só erra e permanece no erro e vai mudando de erro em erro, agravando o cadastro moral.
Será bom que se leia e releia este texto e se procure aproximação do ideal, que deve ser desejado e procurado, sem esmorecer.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Fiquei hoje a saber que também percebe da poda, da cepa e dos garfos.
Afinal não devia estranhar, o que o João não sabe???

Pois é meu amigo, é pedir demais???!!!
Talvez seja...mas acredite que se errar é humano e só assim se aprende, também há quem tenha aprendido e esteja muito perto da perfeição.
Não, não estão todos mortos e canonizados, aliás muitos dos canonizados pecaram demais e de santos nunca tiveram nada.

Concordo consigo quando diz que
"O mal está em quem só erra e permanece no erro e vai mudando de erro em erro, agravando o cadastro moral."
Esse é o maior erro de todos.

Beijinhos,

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Acho graça a estranhar que saiba da poda, mas eu falei da enxertia!!! Não se esqueça de Quem sou?!
A minha curiosidade, a minha ânsia de aprender as coisas que me cercam e um curso que tirei que poderia chamar-se de generalista, ou de enciclopédico!!! levaram-me a «saber nada de tudo» enquanto o especialista «sabe tudo de nada». Mas essa´alusão à enxertia desceu quase ao nível do especialista!!!
E tudo isto mostra que a melhor maneira de levar a vida a sério é levá-la a rir. Até brinco com os links, coisa que o Luís não grama!
E hoje não vou além disto!

Beijos
João

direitinho disse...

Olá
Parabéns pelo numero de visitantes.
É sempre a crescer.
Gostei desta abertura.
Comentou connosco o seu vitral visto pela luz interna.
Já tina reparado que tem uma cor e uma intensidade de brilho que encanta e acarinha. Chama e constrói a fogueira para que todos se sintam bem à lareira. Se amem como a grande família.
Beijinhos por essa capacidade.

Luis disse...

Querida NÁ,
Também eu gosto de "Gente Assim" e a propósito enviei-lhe um e-mail que julgo irá gostar!A gente aqui retratada será um pouco ideal mas é um ideal que deveríamos seguir para tornarmos este mundo mais pacífico e mais harmonioso, onde o Amor prevalecesse!
"Gente Assim" é cá dos nossos, faz parte dos "Sempre Jóvens"...
Um beijinho muito Amigo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Gosto de gente assim como vc amiga.

beijooo.

Ana Martins disse...

Minha querida Ná,
este texto espelha bem a pessoa linda que és. Gostas de gente assim, disseste-o aqui num texto que irradia beleza mas mesmo que o não dissesses, eu já sabia que é de gente assim que tu gostas!

Em tudo o que escreves está bem patente o amor que tens para dar.

Tu gostas de gente assim e eu gosto de gente como tu!

Beijinhos e tudo bom,
Ana Martins

José disse...

Também gosto de gente assim
gente como a Fernanda diz
gosto muito de ti e de mim
e de muita gente do meu país

gosto muito do meu país
gosto muito da minha terra
gosto dos amigos que já fiz
por aqui na blogosfera

boa noite

um beijinho,
José.

Irene Moreira disse...

Minha queria Ná

Lindo texto e muito bem escrito. Confesso que conforme descrevias de quem gostas não poderia deixar de ver a ti pessoa tão linda e cheia de tudo que gostas.
Por isso que te adoro porque gostas disso tudo.

Beijos

Fernanda disse...

Meus restantes amigos que comentaram o meu post e com ele se identificaram, obrigada, do coração.

Beijinhos a todos,

A. João Soares disse...

Minha querida Amiga Ná,

Mas desconfiava que eu desconhecia essa expressão popular?!!! Eu sei. Quis aproveitar a ocasião para a ensinar aos nossos visitantes que nasceram e cresceram na cidade.

Oh Luís, isto não se aplica a ti que até passaste a ser alentejano, neste belo Alentejo onde, em cada dia, passo Um dia como os outros. A nossa amiga Ná gosta muito desta vida saudável e procura imitar-me lá à beira do Rio Minho.

E assim, rindo e cantando, vamos passando os dias na melhor harmonia com a Natureza, cultivando as virtude de que a Ná gosta e que todos nós devemos almejar.

Beijos para a Ná e um abraço para o Luís (por este aparte)
João

Fernanda disse...

Querido João,

Só uma leve explicação sobre a minha frase "percebe da poda".
Aqui, na campo, diz-se que se percebe da poda sempre que alguém percebe profundamente do assunto, seja ele relacionado com a viticultura ou não.

Quanto ao resto está tudo bem claro.

Beijinhos


PS. Como viram todos, menos eu na altura, havia uma frase gramaticalmente errada.
Agora fica fora da ordem, mas entende-se a razão.

Aproveito para dizer ao amigo João, que ele sabe mesmo da poda.
Um verdadeiro expert.
Beijinhos

Canduxa disse...

Querida Ná,

Também gosto de gente assim....pessoas que sorriem, que não desistem, que têm olhos que brilham e que sabem olhar e ver a beleza do Mundo.
Gente simples, que ama, que perdoa, que aceita e que acredita na felicidade.

sou um pouco assim....caminho no agora acreditando que vivo num Mundo colorido, onde existe tudo para sermos felizes.
Beijinhos com muita luz

Fernanda disse...

Querida Canduxa,

Minha amiga, eu sei que sim!!!
Temos tantas afinidades, só não és parecida comigo fisicamente...já to disse anteriormente, o rosto e a avaliar pelas fotos no teu Blog, és muito parecida com a minha irmã.
Tenho que arranjar a mostrar-to, mas a Jú (irmã) não quer aparecer na Net, de modo algum :))))

Beijinhos

Canduxa disse...

Querida Ná,

é verdade já me tinhas falado na tua mana....um dia a caminho de Caminha vemos-nos por esses lados.

beijinho grande
canduxa