16/12/2009

UM CARTÃO DE BOAS-FESTAS DIFERENTE!

UM MEU BOM AMIGO -QUE É O MELHOR QUE SE PODE TER NA VIDA-, O ENGº NEVES DE CARVALHO (NO VÍDEO É O GUITARRISTA À ESQUERDA) QUE TAMBÉM É OFICIAL SUPERIOR DA NOSSA ARMADA, TEVE O EXCEPCIONAL GOSTO DE ME ENVIAR AS BOAS FESTAS COM ESTE LINDO TEMA DO VELHO “ARMANDINHO”, QUE EU MUITO AGRADEÇO. AOS MEUS VELHOS AMIGOS AMANTES DO FADO PERMITO-ME, COM CONHECIMENTO DAQUELE, PRESENTEAR IGUALMENTE COM ESTA BONITA E PERFEITA EXECUÇÃO. UM ABRAÇO PARA TODOS VÓS E UM MUITO ESPECIAL PARA O ARTISTA.

Enviado Pelo meu Amigo e Camarada V. Clemente

6 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Este também é um cantinho para mostrar o nosso orgulho nos nossos amigos e as suas belíssimas capacidades.

Adorei! O José tem que ver isto...ele é que é o "músico" cá de casa.

Beijinhos

Luis disse...

Querida NÁ,
Tem graça que pensei logo nele por saber que toca numa banda que eu já vi aqui no blogue.
Beijinhos e um abraço ao José.

Fernanda disse...

Amigo Luís,

O José não toca em banda alguma, mas é um apaixonado, tal como o Pedro por violas, bandolins, etc.
Um dos irmãos é que é professor de viola clássica e foi também bancário.
Uma das minhas sobrinhas, a Rosa Branca, é que toca e canta em duas bandas.
É confuso, eu sei.
Ainda há mais, o Pedro canta lindamente e toca bem, mas ainda não faz parte da banda do melhor amigo dele na Suíça, o Marcus, esse sim tem uma banda e que banda.

O José está agora na sua aula de viola, na sala, sozinho com os gatos :))))

Beijinhos

Luis disse...

Querida NÁ,
Há tempos vi aqui no blogue um grupo de guitarras e violas, onde julgo que estava o Pedro, ou sonhei? Os Gatos apreciam a música?
Quanto ao ambiente musical familiar está tudo dito!!! Podem mesmo criarauma banda, e que banda!
Beijinhos musicais...

J.Ferreira disse...

Caro Luís,

Eu ainda sou aprendiz.
O seu amigo é um profissional comparado comigo.
Eu também não estou nos fados, estou mais virado para os blues.
Muitos parabéns ao amigo.
Um abraço,
José Ferreira

A. João Soares disse...

Caro Luís,

Os valores, os artistas, aqueles que se vão da mediania libertando, os que se distinguem por actos positivos merecem ser distinguidos.
É bom que em Portugal esses passem a ser mais conhecidos do que os criminosos e os atletas que se dedicam ao assalto à vara. Portugal precisa de gente boa que ocupa o tempo em algo de positivo nem que seja apenas para distribuir beleza.

Abraço
João