07/12/2009

Sorria!


Sorrir ou mesmo rir são a minha essência...estou sempre a sorrir e riu com a maior facilidade, não importa a situação… sorrir é o que me acalma, é o que me faz feliz!
Claro que há momentos em que os sorrisos devem ser guardados, mas é apenas nesses momentos, que com grande dificuldade, os guardo, os escondo. Sorrir foi o descobrimento de um mundo novo para mim. E depois que o descobri não parei mais de sorrir.


Gosto de oferecer um sorriso, faz o meu coração transbordar de felicidade. Enriquece quem o recebe sem me empobrecer, pelo contrário. Dura somente um instante, mas a sua lembrança pode permanece por longo tempo.
Quantas vezes, um simples sorriso dado a alguém por quem passei e que me sorriu de volta me dá alegria para horas, boa disposição para todo o dia.


Ninguém é tão rico a ponto de dispensá-lo, nem tão pobre que não possa doá-lo. O sorriso gera alegria na família, dá sustento no trabalho e é sinal tangível de amizade. Um sorriso dá consolo a quem está cansado, renova a coragem nas provações e é remédio na tristeza. Se um dia você encontrar que não lhe oferece um sorriso, seja generoso e ofereça-lhe o seu.

Ninguém tem tanta necessidade de um sorriso quanto aquele que não o sabe dar.
Sorria e ria muito, vai ver como é bem mais feliz!!!
Foto de José Ferreira

Fernanda Ferreira

12 comentários:

Luis disse...

Querida NÁ,
Sempre ouvi dizer que "RIR É O MELHOR REMÉDIO" e eu durante toda a minha vida fiz por isso!!! Julgo que consigo o mesmo se passa e por isso a sua boa saúde!
Portanto não esquecer este lema, sorria ou ria sempre que puder!!!
Um beijinho amigo.

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Sempre, pode crer.
O que me vale é que tenho dentes perfeitos... mas rir e sorrir é comigo. Eu acho que até falo a sorrir.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Querida Ná

Este é um post que não dá aso a comentário. Nada hã a dizer em contrário e também nada é preciso acrescentar.
Parabéns por trazer este assunto e tentar convencer as pessoas a rir, Rir á a maneira mais fácil de comunicar e iniciar uma amizade.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Muito obrigada, para mim essas palavras são um grande elogio.

Efectivamente não há nada melhor do que rir ou pelo menos sorrir.
É saudável e uma terapia barata para se manter saudável.

Verdade que não é fácil conviver com pessoas azedas e sempre mal encaradas.

Beijinhos

Kyria disse...

Oi Fernanda,
achei muito interessante quando na minha "ronda" diária no SEMPRE JOVENS me deparei com seu texto.
Também sempre trouxe um sorriso no rosto, uma alegria que nasce lá dentrão do umbigo.
Consegui durante a minha vida profissional diversos sucessos por ser espontânea e feliz. Logicamente que não sou nada fácil na convivência diária com os meus, comendo um saco de sal mas dou conta de assumir, no momento adequado, meu espírito lúdico e feliz, sorridente, de bem com a vida. Costumo gostar de coisas bem simples, de gargalhar, de espalhar bom dia, boa noite, como vai, pela vida afora.
Mas te confesso, depois da partida de minha mãe, mudeimuito pois a vida está sem cor, sem sanbor, sem calor! Estou acabrunhada, chateada e, mem mesmo meus garotos conseguem me arrancar um sorriso, uma alegria.
Parece que nunca mais vou conseguir ser feliz e voltar a dar meus sorrisos, risos e gargalhadas. Parece que nunca mais vou ter bons sonhos.
Parece que nunca mais a vida será completa.
Acredito de coração que a mamãe partiu quando deveria, que deixou seu trabalho pronto e que agora está viva em outra dimensão, mas a dor da saudade é enorme e devoradora.
Este blog é muito especial, a gente chega, dá "pitaco" e vocês gentilmente retribuem os comentários. É muito bom estar aqui.
Beijos.

Fernanda disse...

Querida Kyria,

Li com emoção o seu comentário.
Acredite minha amiga que sei muito bem do que fala, também já perdi muita gente querida, entre eles pai, mãe a o meu irmão mais novo. Sei a dor que fica, a perpétua ausência e vazio que nos deixa, muitas vezes, sem vontade de sorrir.

Para mim, que ainda hoje choro a morte de todos eles, há uma ferida latente dentro do meu peito, assim como no de todos que vêem os seus bem amados partir, eu aprendi que se me esforçar e me lembrar deles bem, dos seus sorrisos, dos tudo o que eles tinham de melhor, e sobretudo se eu contunuar a amá-los como sempre amei, lembrá-los como eles merecem........ já não doi.
Quem nós amammos não podemos/devemos esquecer nunca, por isso sorrio quando me lembro de pequenas coisas muito particulares de cada um deles, do que eles gostava muito, da forma como a minha mãe cozinhava, sei lá, todas as pequeninas coisas que mos fazer lembrar felizes.

Tente amiga, espero que consiga.
Beijo carinhoso e um abraço da sua amiga,

MARA disse...

Ná,

Sabes como sou! Para mim, rir é uma benção do céu. Estás muito gira nessa mesa de boa paparoca...

Beijos
Milai

Fernanda disse...

Olá amiga Milai!

Sei amiga, és como eu...gosto muito de me rir contigo!!! muito mesmo.

Esta é uma foto com os meus amigos Britânicos, se bem que tenha de cada lado uma Canadiana e um Alemão, mas a maioria eram do Reino Unido, no jantar de celebração dos 50 anos de casamento do Peter a da Jacky Hallam.

Foi uma festa que durou muitas horas, à beira mar, um sítio lindíssimo, mas como sempre, com eles é mais bebida do que comida :)))

Beijos

Jackeline Depp disse...

Sempre linda, charmosa e de bem com a vida...Isso é muito bom! Continue sempre assim amiga portuguesa!!!
Beijinhos purpurinados!!!
Jackie-Curitiba-Paraná-Brasil
http://johnnydeppmadness.blogspot.com/

Fernanda disse...

Obrigada amiga Jackeline.

Com esses elogios ainda me convenço de que é verdade.

Continuarei sorrindo e rindo sim, está no meu temperamento.

Beijinhos amiga brasileira,

Ana Martins disse...

Minha querida amiga Ná,
como te compreendo, sabes eu também sorrio para toda a gente que conheço, mesmo quando estou triste o faço, porque ninguém tem culpa da minha tristeza.

Beijinhos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Minha querida Ana,

Sei que não é fácil no teu caso, mas tenta sim. Sorri por ti e por todos os que te rodeiam, especialmente pelos que que mais precisam deles.
Pelo menos aliviará essse sentimento de tristeza em ti.

Beijinhos amiga,