07/11/2009

AMO TUDO EM TUA VIDA!


Sinto-te os gestos delicados
Nas mãos que te seguram sem descontos
O brilho nos olhos apaixonados
E o amor que te emoldura os sonhos.

Vejo-te a beleza dos vinte anos
A sorrir sem pedras e sem espinhos
Com a certeza que na vida há enganos
Que te abrem com verdade outros caminhos...

Sinto-te a destreza do saber
Na bagagem que acolhe os teus anseios
E vejo-te filho a crescer
Tão somente perfilado nos desejos.

Sinto nessa criança já crescida
O palpitar de um coraçãozinho sem sombras
E amo tudo filho em tua vida,
Mesmo o que não me dizes...
O que não me contas!


Ana Martins
Escrito a 2 de Novembro de 2009


PARABÉNS MEU AMOR!


10 comentários:

Maria Letra disse...

Amiga Ana Martins,
Os meus parabéns, tanto à Mãe como ao Filho, a quem desejo uma longa vida.
Um lindo poema, um hino de amor que, qualquer Mãe que o lê, não pode deixar de sentir caír uma lágrimazinha teimosa.
Um abraço.
Maria Letra

A. João Soares disse...

Amiga Ana Martins,

Parabéns pelo seu lindo poema e pelo enorme amor que nele descreve. É emocionante assistir desta forma à forte estrutura de uma família com laços tão fortes e indestrutíveis.

Com o meu hábito de não me prender com casos pontuais e concretos e procurar alargar as vistas em 360 graus, a emoção que a sua poesia me causou leva-me a lamentar que muitas mães tenham a malvadez criminosa de abandonar filhos indefesos ou mesmo de os matar cruelmente. O que se passará na mente (se a têm) de tais mulheres?

Que a Milai e a Mizita me perdoem por referir tais casos de mulheres que fogem àquilo que defendem com todas as suas forças e cuja existência real teimam negar.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querida amiga Ana,

Eu tive o privilégio de já ter (de alguma forma) comunicado com um dos teus filhos. Como disse na altura, ele é lindo, lindo mesmo! Tenho a certeza que o irmão também o é!!!

Este teu poema só vem demonstrar os porquês. Quem bem-amado é só pode reflectir amor.
Tu és um ser humano fabuloso, uma mãe extremosa e uma poetisa como poucas.
Bem-hajas.

Um beijo enorme da tua amiga,

Maria Letra disse...

Amjgo João Soares,
Bom dia e um BOM sábado!
Eu não percebi porque me pede perdão. Não tinha que fazê-lo. Conheço-o virtualmente apenas, mas sempre o admirei MUITO por aquilo que SEMPRE defendeu e, daí, o ter-lhe já provado considerá-lo um amigo. Este sentimento tem, na minha vida, um significado muito importante e eu tenho-o como tal.
Um grande abraço.
Maria Letra

Silvana Nunes .'. disse...

Obrigada por sua gentil visita e por palavras tão carinhosas a cerca de meu trabalho.
Sim, voltarei sempre que a minha conexão me permitir abrir as páginas (rs).
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom fibal de semana.
Saudações Florestais !

Silvana Nunes .'. disse...

Por que numa manhã de nevoeiro ?

MARA disse...

Querida Ana Martins,

Depois de ter lido este seu poema, tão belo, fiquei a pensar: será que este é o melhor poema que já li? É difícil saber, mas que pensei, pensei!

Beijinhos
Milai

Luis disse...

Minha Boa Amiga,
Lindo poema que para além da sua beleza poética revela um Amor Maternal imenso que por sua vez reflete o Amor que o seu filho terá por Vós. A imagem que dele se tira é realmente fantástica. Acredito que ao lê-lo uma Mãe possa deitar uma lágrimazinha como diz a Mizita.
Um grande beijinho de parabéns.

Ana Martins disse...

Muito obrigada a todos os que aqui hoje felicitaram o meu filho pelos seus 20 anos.

A ti Ná, tenho a dizer que é o André que por duas vezes te comentou no Aldeia da Minha Vida, quem hoje festeja os seus 20 anos.

Tenho dois filhos Ná, o Sérgio faz a 18 de Outubro e o André a 7 de Novembro.

Beijinhos a todos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Querida Ana,

Que pena não ter sabido exactamente isso ontem, suspeitei que fosse o André, confesso.

Muitos parabéns, mesmo atrasados, ele é um "menino" de ouro, merece que o Mundo seja generoso com ele e sobretudo a mãe que tem.

Diz-lhe que lhe vou enviar um postal de aniversário electrónico (e.card).

Muitos beijinhos aos dois.