15/05/2009

Meu segredo

Eu tenho dentro d'alma o meu segredo
Guardado como a pérola do mar;
Oculto ao mundo como a flor silvestre
Lá no vale escondida a vicejar.

Eu guardo-o no meu peito... É meu tesouro,
Meu único tesouro desta vida.
— Sonho da fantasia — flor efémera
Uma nuvem, talvez, no céu perdida ...

Castro Alves

Fernanda Ferreira

2 comentários:

Luis disse...

Amiga NÁ,
Como sempre um poema lindo e profundo.
Mas quem não tem segredos é porque nunca sonhou nem viveu!
Obrigado e saudações muito amigas

Fernanda Ferreira disse...

Obrigada amigo por ter gostado do poema que eu escolhi.

Lindo, não é???

Beijinho