21/05/2009

APELO

Amigos

Recebi por mail a mensagem abaixo.
É genuína.
A pessoa de quem a recebi é meu amigo há vinte e cinco anos. O menino é primo dele.
Podem ler tudo no blogue da mãe do menino, aqui.
Aqui vos deixo o mail que recebi.

Caros,
Envio-vos esta mensagem porque se trata de um primo meu, e tem a idade do meu filho mais novo.

Como devem notar não costumo reenviar este tipo de mails, principalmente porque se recebem muitos destes (infelizmente) e depois tudo o que é demais tem o efeito oposto e por outro lado porque na maioria não temos a garantia da origem. Neste caso como vos digo trata-se de um primo meu, é um caso verídico.

Esta prima é mais uma mãe coragem como muitas que lutam por uma vida melhor dos seus filhos.
Nas festas de aniversário vejo como deve ser forte para aguentar a angústia de ver o seu filho sem poder brincar normalmente com os outros miúdos. Lutou também muito para angariar dinheiro para ir a Cuba fazer tratamento ao João Pedro. Quem sabe se algum de vós a pode ajudar agora nesta “luta” com o estado.

Cumprimentos,
RP

5 comentários:

Luis disse...

Querida Fenix,
Fez bem em trazer este post! É uma lição de vida e mostra-nos uma familia lutadora neste Portugal mesquinho e iníquo.
Talvez por aqui consigamos dar-lhe uma ajuda ainda que pequena mas que lhe dê forças para continuar até vencer!
Boa sorte

Fernanda Ferreira disse...

Amiga São,

Não sei muito bem o que podemos fazer, mas estou, como diz o amigo Luís, ao dispor.
Vamos ajudar sim, de alguma maneira.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Caros São, Luís e Ná,
Parece-me que o tacto de publicar já é uma ajuda para sensibilizar as pessoas, incluindo alguém com poder de pressionar o Estado.
Também cada um, por e-mail pode enviar este post aos seus correpondentes.

Abraços
João

Ana Martins disse...

Olá São,
estou com o João, pela parte que me toca ajudarei sim no que me for possível. Para começar vou divulgar este caso via email a todos os meus contactos.

Beijinhos,
Ana Martins

Fenix disse...

Obrigada AMIGOS!
A todos e a cada um o meu grande BEM HAJAM.

O meu objectivo, em publicar aqui e nos meus blogues, para além de reenviar por email, foi precisamente o chamar a atenção, divulgar.
Também não conheço ninguém "bem posicionado" para dar andamento ao caso da cadeira de rodas. Mas divulgando, passando palavra, pode ser que chegue a alguém que consiga "mexer os cordelinhos".
É triste que assim seja, que seja necessário "mexer cordelinhos" para algo que parece da mais elementar justiça. Mas infelizmente é isto que temos, é com isto que temos que lutar.

Muito, muito obrigada!
São