19/01/2010

Nevou em Vila Nova de Cerveira

Meus amigos e caros leitores.

Em primeiro lugar quero agradecer ao Blogue Por terras de Cervaria, que só há dias descobri mas que recomendo vivamente, pela cedência das imagens e do texto introdutório às mesmas.
Infelizmente no dia 11/01, quando nevou em Vila Nova de Cerveira, estava em casa, não fui tão feliz quanto o nosso amigo Rei Cervo.


Há já alguns anos que Cerveira não se "vestia" de branco.

Ontem, a neve que caiu durante alguns minutos foi suficiente para envolver a paisagem num manto alvo e fazer as delícias dos cerveirenses. Ainda hoje era possível admirar a neve no alto de Pena.

Momentos dignos de registo.




Vejam mais fotos aqui.

Fernanda Ferreira (Ná)

12 comentários:

J.Ferreira disse...

Parabéns por estas belas fotos aos amigos de Cerveira- Terras de Cervaria-.

Gostei muito do Blogue.
Passarei a visitar com regularidade.

Parabéns por os teres descoberto e por teres publicado aqui no Rau.
Beijo.
J.Ferreira

Fernanda disse...

Olá:)))
Que bom ver-te por aqui.
Eu seu que gostarias.
Eu nunca vi Cerveira tão branca, aliás nunca tinha visto neve por aqui.

Postei este texto aqui porque o nosso amigo para além de ter tido a gentileza de me ceder as imagens ainda se fez seguidor deste Blogue.
Obrigada.

Também quero reforçar o que já todos sabem, os meus textos vão rarear, porque sou uma das coordenadoras na Campanha Vamos Limpar Portugal para Cerveira, o que de momento me rouba muitíssimo tempo.
Muito trabalho mas muito gratificante.

Beijinhos a todos
Beijão para ti,

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Continue a fazer publicidade das terras minhotas de riba-Minho.
Há por aí muita beleza pouco conhecida. Em 1966, salvo erro, como aluno de um curso fui incumbido de nu«o autocarro em viagem para Castro Laboreiro fazer uma palestra sobre a região e a localidade, história, geografia, etc. Ainda não conhecia e não havia Internet, pelo que tive trabalho a documentar-me mas saiu bem.
Depois disso já andei por Melgaço, Monção, Cerveira, Caminha, etc.

Parabéns por trazer aqui estas imagens, mais ainda para dar a conhecer a neve a quem não sabe o que é!!!

Beijos
João

Luis disse...

Querida Ná,
Fui à casa do Rau para ver todas a s fotografias. São belíssimas e fazem inveja a quem neve "nem vê-la", pois em toda a minha vida aqui por Lisboa só vi nevar no máximo umas seis vezes, tudo por junto! E apesar do frio que lindo são as paisagens com neve!
Parabéns por este post tão simpático a defender as suas "cores"!
Um beijinho amigo.

Ana Martins disse...

Querida Ná,
pode até fazer muito frio, mas a beleza que a neve nos proporciona faz-nos esquecer dele.

Aqui também nevou mas foi muito pouco.

Beijinhos,
Ana Martins

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Não fazia a menor ideia que tinha andado tão cá por cima. Castro Laboreiro é a fronteira mais a Norte de Portugal, já lá fui muitas vezes.
Certamente andou por Cerveira quando eu ainda cá não morava.

Se e quando lhe for possível volte, agora está tudo ainda mais belo, e vai ficar ainda melhor quando não houver lixo em lado nenhum :))))

Eu preparo-lhe uns pratos especiais e faço-lhe eu as visitas guiadas.
Que tal?

Já tem mais fotos fantásticas do José, no Rau.

Para não me acusarem de ser bairrista, hoje fui ao sul, a Silves.

Beijinhos

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Estamos em igualdade de circunstâncias, eu não me lembrava de quanto tinha sido a última vez que tinha visto alguma neve.
Foi certamente quando fui à Suíça, que mesmo em pleno Julho tem os picos dos montes todos branquinhos.

Beijinhos

Fernanda disse...

Querida Ana,

É verdade, mesmo não gostando nada de frio, prefiro-o à chuva, de longe.
Desde que haja sol já me sinto feliz.

Beijinhos

Pedro Ferreira disse...

Olá Mãe, Pai :)))

Pai, até tu vieste hoje ao Blogue...a mãe deve estar contente, só faltam uns textos teus para eu fazer ainda mais inveja aos meus amigos :))))
Já sabes que brinco, mas tenho muito orgulho em ambos.

Mãe, se chamas a isso neve e um espectáculo deslumbrante, não sonhas mesmo o que é neve a sério.
Este ano tem sido demais.
Tenho que ir trabalhar a pé, porque aqui não há garagens e as que há custam fortunas.
O carro na rua fica completamente coberto de neve, levaria horas para o limpar e descongelar portas e vidros.
Pelo menos o emprego é pertinho de casa.

Mas, adorei ver a minha bela Cerveira linda, com nuances de branco, e as Mineirinhas.
Dá-me sempre a saudade, mas ao mesmo tempo muita alegria. Como a Fátima não conhece ainda, fica encantada.

Obrigada por pensares em mim.

Beijinhos mil e um abração ao pai.
Pedro

Táxi Pluvioso disse...

Gosto muito de neve mas só em filme ou Gif.

Fernanda disse...

Olá Pedro,

Fizeste serão ontem :)))

Fico muito contente que tenhas gostado. Já vi que foste também a casa.

Eu sei o que se passa aí, mas foi bem que o tivesses dito aqui, muitas pessoas não têm nem ideia do que é frio e neve a sério.

Sabes bem que penso sempre em ti, mais do que em qualquer outra pessoa no mundo inteiro- Sou mãe babadíssima...mas tenho muitas razões para o ser.

O Pai e a Mãe já alguém lhe chamou "O casal maravilha". pelo que fazemos juntos :)))))))
Exageros!!!!

Beijinhos querido, para todos.

Fernanda disse...

Olá amigo T.P.

Já somos dois :))))

Tenho que me ir rir lá a tua casa:)) mas sabes ando atarefada, mais do que o normal.

Depois conte-te.

Abraço,