09/01/2010

"Dia de São Gonçalo do Amarante"















Meu amigo João, ciente do ecletismo deste blog me sinto a vontade para publicar este texto, neste dia e ocasião!

Peço-lhe desculpas se fui atrevida, é o que mais sei fazer, e vai me entender e perdoar!

Como aprendi a amar Portugal, e estou aprendendo sua história, deixo aqui a quem interessar possa, a história interessante de "São Gonçalo de Amarante" cujo dia, hoje, é celebrado!

"São Gonçalo de Aveiro- "Diz a tradição que no dia do seu batizado, ao entrar na igreja, ergueu os braços para a imagem de Jesus Crucificado, o que a todos encheu de espanto. O facto repetia-se sempre que o menino era levado à igreja.

Depois de receber educação cuidadosa, vai para Braga onde é ordenado sacerdote. É-lhe então entregue a paróquia de São Paio de Riba (Vizela). Anos depois empreende uma longa peregrinação a Roma e à Terra Santa. Quando regressa, catorze anos passados, resolve percorrer toda a região de entre Douro e Minho para efectuar as suas pregações. Conhecido pela sua bondade e beneficência, instala-se em Amarante, fazendo da sua casa o refúgio para os pobres e doentes das redondezas.

São-lhe atribuídas a construção da Capela de Nossa Senhora da Assunção num rochedo sobre o rio Tâmega – onde foi enterrado e que deu mais tarde lugar ao Mosteiro de Amarante – e a edificação de uma ponte sobre o mesmo rio, que terá ajudado a construir com as suas próprias mãos, para evitar os perigos de naufrágios.

Após a sua morte, ocorrida ao que se supõe a em Janeiro de 1262, espalha-se por toda a parte a fama dos seus milagres, já acontecidos em vida, o que leva até ao seu túmulo verdadeiras multidões. Beatificado em 16 de Setembro de 1561, o seu culto foi aprovado para Portugal pelos papas Júlio III e Pio IV e para toda a Ordem Dominicana pelo papa Clemente X em 1671.Na versão popular, São Gonçalo, o Piedoso, antes de efectuar a sua romagem à Terra Santa, terá confiado a paróquia a um seu sobrinho também sacerdote. Quando regressou, coberto de pó, esfarrapado, de barba branca, a denunciar os anos decorridos, bateu à porta da sua antiga casa, mas foi escorraçado. O sobrinho tinha-o dado como morto e apoderara-se de todos os seus bens. Fez então uma cabana junto do rio Tâmega e ali, rezando, fazendo aos outros o bem que podia, acabou São Gonçalo os seus dias. O povo fê-lo o advogado dos ossos fraturados, dos males da vida conjugal e dos casamentos das «velhas». Crença que provém de São Gonçalo ter casado religiosamente alguns casais de uma aldeia chamada "Ovelha" que viviam «maritalmente». Daí, designarem-no como o «casamenteiro dos de Ovelha», que passou depois à versão «casamenteiro das velhas». Por muitas se contam também as lendas e tradições que lhe são atribuídas. É celebrado em Amarante no segundo domingo de Janeiro, numa pequena romaria, e com grandes festejos.
Vamos festejar com alegria e entusiasmo este dia especial!!!
Celle

9 comentários:

Luis disse...

Querida Celle,
Está mesmo "Portuga" e ainda bem! Tem graça que ainda há poucos dias quando visitei a Igreja onde irá casar o meu neto mais velho havia uma imagem deste Santo e falámos da sua fama de "casar velha" e agora fiquei a saber o porquê. Obrigado pela informação e pelo post que muito apreciei. Agora digo eu espero que venham próximamente a Portugal mas com tempo e avisando-nos com antecedência para lhes podermos fazer de cicerones! Merece isso pelo gosto que tem de nós!
Um beijinho grande e amigo.

Fernanda disse...

Querida Celle,
Maninha!

Também chegou lá...a pista era boa!
Falamos depois.

Não sabia de toda a história do dito "São" Gonçalo de Amarante.

Desde criança, quando vivia no Porto, mais exactamente em Vila Nova de Gaia, que os Mareantes do Rio Douro saem com muitas dezenas de bombos para a Rua, para celebrar São Gonçalo e São Cristóvão, exibindo as duas cabeças dos santos.
Vejam este link - aqui.
Lembro-me perfeitamente que havia uma frase que era constantemente repetida, desculpem a linguagem, mas não é minha, "O Santo é nosso e o corno é vosso".

Pelo que o povo dizia, Gaia clama que o santo é deles e os de Amarante dizem que o santo terá falecido em Amarante. Daí a disputa da dita cabeça, que também segundo o povo do mar, ligado ao mar ( os mareantes), teriam apanhado uma cabeça sem corpo no mar, junto à Foz do Douro.

Parece que temos que fazer novas investigações.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Querida Celle,

Muito obrigado pela sua atenção. Há um pequeno lapso de tempo, devido à diferença horária entre o Brasil e Portugal e hoje ainda é 9 e não 10. provavelmente ao fazer as suas contas não levou em conta a que estamos no horário de Inverno, em que os relógios estão atrasados uma hora.
Compreendo a sua intenção e agradeço

Beijos
João

cELLE disse...

João, meu amigo aniversariante!
Meu lapso foi proposital foi a forma que encontrei para que nossos amigos, colegas e visitantes acordassem para a data e se manifestassem sem ser eu a dedo duro. NÃO QUERIA QUE SOUBESSEM!!!
Fui obediente só alertei-os para associação da datas!
Beijinhos estrelados, e FELIZ ANIVERSÁRIO!
Celle

A. João Soares disse...

Querida Cwelle,

Muito obrigada pela sua gentileza. Embora um e-mail seja correspondência privada, não resisti à tentação do demónio(!!!) de publicar no Do Miradouro o e-mail que teve a gentileza de me enviar.

Beijos de muita amizade
João

Celle disse...

Hoje meu amigo, é seu aniversário mas, é dia de grande alegria pra todos nós seus amigos, seguidores, e familiares.
Estou emocionada e me sinto extremamente feliz e muito honrada por ver publicado meu email num dos sites mais importantes da globosfera, assim penso eu!
Você não existe, é miragem???!!!
Feliz aniversário!
Celle

A. João Soares disse...

Querida Amiga Celle,

Que lindo ouvir isto de uma pessoa tão simpática e com grande capacidade de estabelecer laços de amizade.
Foi muita sorte nossa ter havido a sorte de a convidarmos para o Sempre Jovens e de ter aceite o convite.
Nesse aspecto 2009 foi um grande ano para este nosso blogue. Muito obrigado.

Beijos
João

Irene Moreira disse...

Aproveito esta homenagem e transmito aqui os Parabéns ao João e que seja sempre essa pessoas que nos conta sempre em seu posts histórias que nos levam a outros tempos, nos fazem refletir e aprnder sempre algo.

Apesar de pouco tempo no convivio com Sempre Jovens, já me sinto em casa e como me é gratificante passear sobre tantas histórias , cammpánhas, e me sentir um ser vivo que pode e deve contribuir para que tornemos este mundo melhor para todos.

Felicidades João.

Parabéns Ná por tão linda e merecida homenagem ap João e como é bom ter uma amiga como você.

Beijos

A. João Soares disse...

Querida Irene,

Completar anos de vida é um imperativo da Natureza, porque só prova que ainda cá continuamos. Neste caso quem merece realmente parabéns é a Celle porque despontou a Ideia e a nossa grande Ná, a alma do blogue, que pôs em marcha este comprovativo de que neste blogue está empenhado um grupo de amigos entusiasmados com um projecto comum de grande interesse para todos os seres humanos e aquilo que os cerca, o ambiente. Já recentemente tivemos dois momentos semelhantes em 19 de Novembro e em 4 de Dezembro.
Em breve teremos aniversários de mais colaboradores, porque a Ná é uma pessoa de alma grande, que não faz descriminações e terá a lista de aniversários. Espera-se que cada um lhe forneça já a respectiva data.

Beijos
João