12/05/2009

Sonhos que gostaria de concretizar…

Gostaria de começar por dizer que não me considero uma pessoa muito ambiciosa, embora a ache necessária para se singrar na vida… basta uma pequena dose.
As coisas que eu sempre mais valorizei na vida sempre foram simples, por isso me considero uma pessoa feliz …e se ainda hoje tenho sonhos e ambições, isso parece-me perfeitamente saudável.

Por outro lado, tudo o que eu em jovem gostaria de conseguir, como ser independente, ter uma carreira profissional que me preenchesse, que eu adorasse, uma casa confortável e sobretudo ter a minha própria família onde o amor estivesse sempre, sempre presente. Tudo isso são coisas que de alguma forma já pertencem ao passado, mas que continuam a ser o meu presente.

Contudo, tenho sonhos, como qualquer mortal, que não foram realizáveis e que eu gostaria de compartilhar convosco.

Neste momento, e depois de ter estado completamente embrenhada num projecto de aperfeiçoamento dos meus conhecimentos de línguas, durante o ano de 2007/2008, estou agora de alma e coração, neste outro projecto chamado “Sempre Jovens”, para além doutros…
Curiosamente, para algumas pessoas, amigos e familiares inclusive, trata-se de uma espécie de fobia minha…estranho, não acham??? Eu sei-me demasiado jovem para frequentar a Universidade Sénior e para além do mais o que faço é algo que não só preenche o meu tempo de uma forma muito agradável mas também o coração.

Um dos meus mais caros sonhos é o de viajar, fazer um cruzeiro à volta do mundo…sonhar é fácil!!! Sonho em visitar países exóticos com culturas completamente distintas da nossa, como a Índia, o Tibete, a China, a Malásia, Açores, Madeira, etc.

Curiosamente nenhum país dito desenvolvido e rico me atrai, impensável visitar os EUA, grandes cidades para mim não são nada apelativas, são como andar em grandes centros comerciais, coisa que sinceramente detesto. Por alguma razão deixei a cidade e vim para o campo…

Ser avó é outro dos meus grandes sonhos. Sou mãe de um filho maravilhoso…mas queria muito ter essa alegria de ser “mãe duas vezes”. Este meu sonho, bastante mais viável, tarda contudo a acontecer…e devido às circunstâncias actuais duvido muito que seja para breve…chegando mesmo a temer não ser nunca concretizável. Espero estar redondamente enganada!!!

Para concluir, gostava que soubessem que apesar da possibilidade de nada do que eu mais desejo se concretizar neste momento, considerar-me-ei sempre uma pessoa muito afortunada por tudo o que já consegui, por ter lutado e conseguido chegar onde estou e ser exactamente como sou, especialmente por ser saudável e por todas as pequenas “enormes” coisas que tornam a minha vida plena, como amar e ser amada e ter-vos como amigos, entre os meus amigos.
Do sonho à realidade é um passo, um pequeno salto. Quantas vezes não se sonha para não sofrer e depois se sofre por não sonhar!!! Sonhar é viver, é crescer, e às vezes sofrer... E eu continuo a sonhar!!!
Fernanda Ferreira

3 comentários:

Luis disse...

Querida NÁ,
Em muitos aspectos revejo-me nos seus sonhos e também do que acabei por realizar me sinto feliz! Sonhar é de certa forma lutar pelo que se pretende ser e como tal é viver Ainda hoje vou sonhando e dessa forma tenho conseguido concretizar alguns desses sonhos.E os que não consigo atingir vão ficando para trás a dar lugar a outros e assim por diante. É uma luta constante que nos dá alegria de viver!
Continue sonhando e tenha a alegria de ver realizados alguns desses sonhos!
Um Xi

Fernanda Ferreira disse...

É efectivamente assim que me sinto amigo Luís...sempre a sonhar mesmo com os pés bem assentes na terra.

Que consiga concretizar todos os seus sonhos...


Bjs.

José Manuel Coata Ferreira disse...

Os nossos sonhos são o que nos mantém despertos para a vida.
Infelizmente eu só sonho acordado, verdade!!!

Beijo,
J.Ferreira