26/06/2010

LÁGRIMA DE PRETA

Poema do meu Professor Rómulo de Carvalho

Do Blogue "NO LIVRO DA VIDA", da Amiga Sãozita

3 comentários:

A. João Soares disse...

Caro Luís

Contra o racismo, a discriminação.
Que interessa a cor da pele, se somos biológica e psicologicamente semelhantes. Olhar para a cor da pele é como avaliar as pessoas pela marca do que vestem ou do carro em que se transportam. De certo modo está em jogo o TER e o SER, o valor intelectual e emotivo, de sentimentos, que é independente da cor da pele.

Um abraço
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Como visito regularmente a Sãozita, já tinha comentado que
sempre gostei do poema da Lágrima de Preta.
Contra o racismo sempre.

Beijinho,

Ana Martins disse...

Caro Luís,
com já deve saber a Sãozita é minha cunhada, conheço este poema já há algum tempo, já o li várias vezes e nunca me canso de o ler, é maravilhoso, como diz a Ná, contra o racismo sempre!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas