08/02/2010

Dinâmica em favor da Natureza

Está gerado um movimento que importa manter sem abrandamentos e, na medida do possível, acelerar com mais iniciativas.

A operação LIMPAR PORTUGAL está a movimentar muitos cidadãos, especialmente jovens, e convém que seja imparável adaptando as tácticas às várias circunstâncias que irão surgir local e e nacionalmente.

Agora o Jornal de Notícias traz a público o concurso para escolher as "7 Maravilhas Naturais de Portugal", já estando escolhidas 77 pré-finalistas. É interessante que os leitores abram o link para ler toda a notícia, onde é descrita a forma como a escolha está a decorrer.

Limito-me a transcrever as opiniões de especialistas em questões de ambiente, constantes do artigo:

Opiniões dos interessados:

Para Francisco Ferreira, dirigente da Quercus, esta iniciativa "é uma forma de aproximar as pessoas do território".

Carlos Teixeira
, da Liga para a Protecção da Natureza, considera o concurso "uma oportunidade para dar a conhecer que Portugal é um país particularmente rico em biodiversidade, no contexto Europeu".


Tito Rosa, do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, destaca a "oportunidade de sensibilizar os portugueses para a necessidade de preservar o património natural".

Nuno Domingues, do Geota-Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente, diz que "as '7 Maravilhas' criam no público a percepção de que a Natureza merece ser protegida".

Fotografia de José Ferreira retirada do blogue Só Imagens

5 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Muitíssimo interessante o seu post, sobretudo considerando que muitas da zonas nomeadas são realmente preciosas e merecem ser distinguidas pela sua beleza.

Como um dos elementos mais envolvidos no terreno na Campanha Limpar Portugal do nosso Blogue, tenho que lhe dizer que estou extremamente frustrada hoje... Cheguei há pouco de uma reunião convocada pela Autarquia com os Presidentes das 15 freguesias de Cerveira à qual compareceram apenas 3. Uma total frustração.

Acabei de publicar no Limpar Portugal, grupo de Cerveira, um texto onde apelo ao amor pela nossa terra, pelo nosso cantinho.

Nem sei o que lhe diga, mas acho que há pessoas que nem merecem tanta dedicação, que não se lembram que andam alguns a subtrair às suas vidas muitas horas, dias, e a dar de si até ao tutano, enquanto outras parecem esperar apenas que tudo apareça feito sem darem de si ....nada.

Desculpe o desabafo.

Beijinhos

Luis disse...

Caro João,
Achei muito interessante esta notícia. Espero que ela tenha mais divulgação. Não é só falar das maravilhas dos outros há que dar a conhecer as nossa que por vezes não ficam atrás de outras muito conhecidas e apregoadas...
Um abraço amigo.

A. João Soares disse...

Querida Ná,

O seu desabafo é legítimo. Vem ao encontro daquilo que já aqui escrevi. A campanha LIMPAR PORTUGAL deve ser interpretada como uma bofetada nos autarcas incompetentes que deixaram o País chegar ao ponto em que se encontra. Aqueles que tiverem vergonha na cara deviam ser eles antes do dia 20 a limpar a sua área para que nesse dia já não se encontrasse nada de mal.
E nos tempos seguintes é preciso dar a máxima publicidade a qualquer despejo de entulhos ou outros lixos, atirando à cara do respectivo autarca a sua impotência para estar á frente do cargo em qe se encontra, por não ter evitado e por não ter obrigado á limpeza.
Eles candidataram-se às eleições, assumiram o cargo e, por isso, merecem ser duramente criticados se não cumprirem com eficiência as suas funções. Os eleitores devem ser duros e implacáveis.

Beijos
João

A. João Soares disse...

Luís amigo,

Cada texto meu tem a intenção de ajudar a regenerar Portugal, apontar algo mau para ser melhorado e elogiar o que está bem.
Esta iniciativa das sete maravilhas liga mais as pessoas ao ambiente, à natureza. Já em tempos escrevi que as escolas, os clubes, os escuteiros deviam fazer percirsos cno campo, piqueniques, concursos de readacção acerca do ambiente rural, de fotografias das belezas locais. Seria uma forma de conhecer o País, de o amar e de o defender dos fogos florestais, dos lixos irregulares, etc.

Quando vejo uma iniciativa positiva não deixo de chamar para ele a atenção.

Um abraço
João

Luis disse...

Caro João,
No nosso tempo de Escola Primária, até no Liceu isso se fazia e visitas de estudo bem acompanhadas, mas agora nada disso acontece. E falam "eles" de reformas no ensino...
Um abraço amigo.