02/02/2010

O sol é a minha alegria!

Nestes últimos dias de sol lindos, apesar de muito frios, sobretudo de manhãzinha, quando o mesmo se faz sentir mais intensamente, anda o meu espírito muito mais feliz, coração cheio e uma vontade constante de cantarolar uma das canções que ficou no ouvido. Creio que um pouco como eu, estaremos todos, pelo menos assim desejo. Viva este sol que nos aquece a alma só de o ver brilhar!!!Sejam felizes com o chilrear dos primeiros passarinhos que já começam a voltar.

Como bem sabem o meu trabalho continua, felizmente muito bem, com muito empenho e dedicação. Estou à espera de respostas da Câmara (hoje, estive lá ontem) para avançar com mais duas reuniões importantes, e já há muito trabalho feito no campo, 62 lixeiras identificadas e não só. Mas hoje não vos venho falar de Limpar Portugal, talvez dentro de dias, também não quero ser maçadora.

Ontem cheguei a publicar um texto que me tinha chegado por e-mail, apesar de me ter feito rir imenso achei que de copiar e colar estão os blogues todos cheios. Assim eliminei-o logo de seguida.O Sempre Jovens merece mais, mesmo muito mais do que isso.
Não entendam isto como uma crítica, mas como um desejo que formulo para este novo ano, que ainda agora começou. Todos temos um tempinho para escrever qualquer coisa original, mesmo que aparentemente mais pobre. A riqueza de um texto está muito mais na sua genuinidade do que no vocabulário usado e muita vezes rebuscado.

São muitas as minhas razões para estar feliz; estar viva e feliz é a principal, ter amigos queridos como todos vós é outra...sinto-me abençoada. Muito mais teria para vos contar mas por hoje fico por aqui, não sem antes vos mostrar algumas fotos do José, feitas ontem mesmo. Lindas!!!




Se clicar em cada foto terá uma imagem do tamanho do seu ecrã.
Fernanda Ferreira (Ná)

14 comentários:

Anónimo disse...

Boa Tarde a todos,

Esta é a primeira vez que me proponho comentar um trabalho da minha própria irmã.
Estou em casa dela, para almoçar (aqui come-se sempre bem) e enquanto ela está na cozinha eu aproveitei o ensejo.

Até eu estou feliz com este solinho, vim cortar a relva que já parece mais erva.
Vejo aqui um texto realmente simples e muito pessoal, mas também muito simpático e verdadeiro.
A Ná é mesmo transparente!

Fica registado aqui o meu abraço e admiração pelo que ela faz.

António Carlos Martins

Beta disse...

Nossa cada imagem linda!!!

bj

Anónimo disse...

Pronto, já fiz asneiras!

Tive que ir chamar a Ná e ela lá arranjou isto.
Eu não sei nada destas coisas. Não devia ter mexido, agora lá vão os parabéns para o Zé e não digo nem faço mais nada.

Abraços e beijinho à Ná.

A. Carlos Martins

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindas imagens.

Sol...

Passaros...

Vida...

Lindo o fundo musical.

beijooo.

Fernanda disse...

Agora que já foi cortar a relva e levou com ele o José, já posso dizer o que penso.
O "Tó" como é conhecido pela família, temos todos um diminutivo assim, só duas letras, não devia fazer o que não sabe, mas valeu a boa intenção.

Estás perdoado.
Beijinhos

Fernanda disse...

Olá Beta, amiga!

Há muito tempo que não aparecias.
Bem-vinda ao Sempre Jovens.

As imagens são mesmo do rio Minho, pertinho da minha casa. Do lado de lá da margem já é Espanha.

Beijinhos

Fernanda disse...

Querida amiga,

Se gostou fico muito feliz.
Beijinhos Ana,

Luis disse...

Querida NÁ,
Adorei o seu, "nosso", sol bem Português!
Também ele muito genuíno tal como as suas belas palavras!
As fotografias estão um autêntico espectáculo pelo que o José está mesmo de parabéns.
Quanto ao "trauma da morada" é mais uma "boca" do Miguel Esteves Cardoso que reflete o nosso genuíno Portuguesinho... Não nasceu na sua Aldeia... diz-se nascer na Cidade mais próxima, não vive na Porcalhota...vive na Grande Lisboa, etc., etc.
Infelizmente somos assim... Por isso somos pequeninos e nunca mais crescemos!!!
Um beijinho amigo.

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Sabe que a partir de amanhã já vamos voltar à chuvinha :((((
Eu nem quero acreditar.
Mas hoje ainda não acabou e eu continuo muito feliz.

Depois amanhã tenho aula de dança logo às 9:00 da manhã, nada melhor para mim que adoro dançar.
Qualquer dia vou publicar um post e com fotos, sobre as actividades na Unisénior e a sua importância para todos nós.

Eu gosto do Miguel Esteves Cardoso...mesmo quando parece que diz asneiras atrás de asneiras,
Eu acho que faz parte do seu humor acutilante. Ele brinca com tudo e com todos, com ele inclusive.

Beijinhos

Fernanda disse...

Agora nós dois, Sr Carlos Martins,

Para que está sempre a dizer-me que queimo o meu tempo nestas coisas, vieste logo estragar a pintura ... brinco! Estás perdoado.

Quase me fazes estragar o almoço, mas ficou tudo bem.
Já estás a caminho do Porto.
Beijinhos para todos, especialmente para a Ritinha.

Celle disse...

Ná, você é luz é sol é transparência. Com sua alegria contagiante, sua disponibilidade incansável brilha tanto quanto o sol nas nossas vidas, é mesmo!
Parabéns ao casal pelo patriótico trabalho que já vem gerando frutos, com colaboração e incentivos do João, do Luis e demais colegas do SJ. O sucesso será expressivo, verão.
Felicito ainda o José pelas belas fotos dignas de grandes profissionais.
Beijinhos
Celle


profissional

Fernanda disse...

Querida amiga Celle,

Você estraga-me com mimos imerecidos.
Verdade que sem os nossos amigos não somos nada.

Obrigada do coração. O José virá agradecer pessoalmente, tenho a certeza.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Querida Amiga Ná,

O meu aplauso por ser adoradora do Deus Rá. Sua majestade o Faraó dar-lhe-á a devida condecoração. O Sol e o realce que dá à natureza constitui uma força indomável para o renascer da vegetação de folhagem caduca e para retemperar a vontade de viver dos animais, humanos ou não.
Mas este post tem outra particularidade, por nos dar mais uma imagem do espírito de FAMÍLIA e todos com abertura à comunicação com outros. Parabéns e que tais laços nunca esmoreçam. Se muitas vezes o espírito de clã fecha as pessoas num círculo fechado, convosco passa-se o mesmo que com um tumor que rompeu a cápsula e espelha os seus efeitos por todo o organismo, sendo que os vossos efeitos são solidariedade, civismo, amizade, um exemplo que, se seguido por todos, transforma o mundo numa família muito grande, unida, sem conflitos. Limpar Portugal de todos os vícios, erros, abusos, maldade, é preciso e urgente.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Muito obrigada pelo seu belíssimo comentário.
Costumo dizer que sou uma privilegiada, e sou mesmo. Sei que sabe que tudo isso é genético, até congénito, mas também é muito do nosso empenho, dos frutos que queremos colher e do que nos impomos como regras básicas para uma união forte e sem escaramuças. Basta ser tolerante e prezar muito os valores de uma vida em comunhão com todos.

Beijinhos