09/02/2010

SOLIDÃO!


Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isso é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos...Isso é equilíbrio.

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida... Isso é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...Isso é circunstância.

Solidão é muito mais do que isto.

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma …

Francisco Buarque de Holanda

5 comentários:

direitinho disse...

Solidão pode ser uma hora poética de encontro com Deus e com o próprio.
Andam por aí muitos jovens barulhentos mas vazios e perdidos na Solidão.
Penso que a Solidão existe quando eu não me encontro nem tenho motivos de viver em pelnitude - aceitar as próprias limitações e transformá-las em outros motivos mais e melhores

Fernanda disse...

Querido Amigo Luís,

O Chico sabe o que diz..sempre.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Caro Luís

Este tema tem sido aqui tratado repetidamente.
Aquilo que muita gente chama solidão é a falta de contactos com outros, e isso deve ser objecto de uma vacina, enquanto é tempo: ir ao encontro dos outros, um cumprimento, um sorriso, uma conversa, a participação em actos sociais, num clube, na igreja, na rua. Se nós não formos ao encontro dos outros, não podemos esperar que eles venham até nós quando nós precisam0os da sua companhia e de algum afecto. A vida devia ser um «namoro» permanente, uma conquista, uma atracção, por meio de amabilidades, de atenções, de carinho.

Abraço
João

Celle disse...

Luis, concordo com as sábias palavras do João, o Chico utiliza da musica, para,poeticamente, dizer suas verdades!
Seu amigo Vinicius, disse também, que maior solidão vive o homem que encerrado em si mesmo se recusa a dar o que ele pode dar de amor, amizade e socorro. Tem medo de amar, de ferir e se ferir e covardemente se queima como uma lãmpada fraca cujo reflexo entristece tudo que o rodeia.Recusando a verdadeira fonte de emoções, patrimõnio de todos,e encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre...
Solidão nunca!
Momentos a sós, sim, me faz bem!!!
Celle

Luis disse...

Meus Bons Amigos,
Momentos a sós todos nós temos para reflexão e na procura de melhores caminhos! Mas Solidão não é desejável pois não é saudável nem para o próprio nem para com quem ele convive! Como diz a Celle: " Momentos a sós, sim me faz bem!!!"
Saudações amigas e bem calorosas.