12/03/2010

SÃO PECADOS...

Eu e o meu marido há 22 anos.


São pecados ardentes, frementes,
Suores em meu rosto confessados,
São pecados lascivos, prementes
Os pecados de meu corpo arrebatado.

São pecados meu amor rosáceos e belos
Que inflamam minha alma de Mulher,
São amor, são desejo e estão despertos
Na vontade consciente de te ter.

São pecados deliciosos, compulsivos,
Anseios vertiginosos e atrevidos
Estes sentires tão detalhados...

Ao amor os pecados são submissos,
Entranham-se e calam-se felizes...
São pecados meu amor abençoados!


Ana Martins
Escrito a 10 de Março de 2010

Eu e o Mário 22 anos depois.

Parabéns duplamente amor, pelo teu e pelo nosso aniversário de casamento!

7 comentários:

Fernanda disse...

Querida amiga e LINDA Ana,

Sabes quantas vezes li o teu poema???
Quatro!!!

Lindo! O teu amor, o vosso amor é maravilhoso... e o poema é simplesmente deslumbrante.
Que pecados Ana??? É só Amor!

Parabéns ao Mário pelo seu aniversário e muitos parabéns a ambos pelos 22 anos de casados.
Ainda ao Mário, parabéns por ter uma mulher tão linda, toda ela é beleza.

Beijinhos a ambos.

Pérola disse...

Ana tu é linda nas duas fases.
Amei as fotos.
To falando sério tá linda mesmo.
Parabénssssssssssssssssssssss

Luis disse...

Meus caros Amigos,
Parabéns pelo poema que é lindo e não revela pecados mas sim um grande Amor! Parabéns aos dois pelos dois aniversários vividos com tanto Amor!
É belo ver dois seres tão amorosos num tempo em que a matéria é, dizem, uma mais-valia, que não é...Que continuem Felizes como até agora é o meu maior desejo!

A. João Soares disse...

Querida Ana Martins

Só a liberdade poética pode permitir que se chame pecado ao que há de mais sublime na vida, no relacionamento entre pessoas. Mas se isso é pecado e sou o confessor digo: milha filha estás perdoada, vai em paz e volta a pecar.
Parabéns pelo lindo poema, que foi a primeira coisa que apreciei, no meu e-mail que não mostrava a imagem. E muitos parabéns por mais um vosso aniversário, que desejo festejam com todo o grande «pecado» do AMOR, e repitam por muitos anos a comemoração do vosso enlace, com saúde e a melhor disposição, e que a vossa vida seja sempre «pecado» (com o significado que está no belo poema.

Beijos à menina e e um abraço ao marido com votos da maior felicidade
João

José disse...

Olá Ana.
Bom dia, antes de mais os meus parabéns,pelo o lindo poema, e por tudo o que ele diz, nestes vinte e dois anos.
O João diz com bastante graça,vai em paz e volta a pecar.
Eu digo quem peca por amor será sempre perdoado.

um beijinho,
José.

Celle disse...

Ana Martins e Mario recebam nosso abraço e votos de felicidades.Que esta data se multiplique muitas e muitas vezes para nossa alegria!
Com o verdadeiro amor não se peca, só se ama!!!
Celle

Ana Martins disse...

Obrigada a todos pelos parabéns e comentários tão queridos.

Beijinhos,
Ana Martins