02/03/2010

A poesia cantada!


Haja poesia nas nossas vidas, e hajam muitos poetas entre os nossos amigos!!! Sem poesia tudo era irremediavelmente feio e triste.
Eu tenho essa felicidade... por isso tudo é belo, basta para tanto ler uma boa poesia ou ouvir uma bela canção!

Ah! se eu fosse poeta...
Contudo, quis alguém preencher essa lacuna em mim, dando-me por consolação o dom de saber amar a poesia, que não sei fazer!
Quem me conhece bem, sabe que sei de cor muitos poemas, ou apenas extractos, e ainda porque sou apaixonada por música, na sua grande maioria, os mais belos poemas estão musicados, transformados em dupla poesia... celestial, divinal e sublime... transcrevo aqui, na sua língua original, una de las más bellas melodias de siempre.

Aqui tem a música Alejandro Sanz

Mi primera canción estaba hecha
con los besos de Marta
y mi forma de quererla,
con la sabiduría de María
y el recuerdo de Almudena
tan lánguida y sufrida.
Mi primera canción era mentira
era un trozo de la esquina
donde un día dije adiós.
Bea siempre fue un secreto
nunca supe decirle a tiempo, no
Para mí fue la primera
la más bella melodía
por ser rosa prisionera
que al tocarla se moría
que al salirse de mi boca me besaban bien los labios,
las frases agradecidas...
Mi primera canción

Descubrí que cuando cantas
sólo estás dibujando con palabras,
era un verso dedicado
a lo suave del pelo
de Yolanda.
Era sueño y añoranza,
era escudo y era lanza.
Darlo todo pidiendo nada,
derramar en el suelo el alma.
Tocar el fuego sin preguntarte
si la llama puede quemarte.

Para mí fue la primera
la más bella melodía
por ser rosa prisionera
que al tocarla se moría
que al salirse de mi boca me besaban bien los labios,
las frases agradecidas...
Mi primera canción

Pintura de "Mulata de vestido verde - Di cavalcanti"

11 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Abraço para você.

Abraços significam amor para alguém com quem realmente nos importamos.....
para nossos avós ou nossos vizinhos, ou até mesmo para um ursinho amigo......

Um abraço é algo espantoso... é a forma perfeita de mostrar
o amor que sentimos, mas que palavras não podem dizer.

É engraçado como um simples abraço faz-nos sentir bem...
em qualquer lugar ou língua...
É sempre compreendido...
E abraços não precisam de equipamentos, pilhas ou baterias especiais...
É só abrir os braços e o coração...

Guarde este abraço !

beijooo.

Fê-blue bird disse...

Poeta é todo o ser que tem poesia dentro de si!
Basta abrir o coração e sentir!
Um beijinho

Anónimo disse...

Olá Fernanda!

Adorei tudo, desde a foto escolhida para ilustração, o texto magnífico, e o Alejandro Sanz.

Sigo à distância o seu trabalho.
Parabéns!

Saudações amistosas.

Luis disse...

Querida NÁ,
A poesia está dentro de si e isso vê-se nas suas escolhas criteriosas, aliadas às imagens e às músicas igualmente "escolhidas a dedo" de quem tem arte e engenho!
Mais uma vez de parabéns.
Um beijinho muito amigo.

Cadinho RoCo disse...

Aos versos a entrega do sentimento.
Cadinho RoCo

Fernanda disse...

Querida Ana,

Obrigada pela visita e por me ter deixado novamente um poema, lindo como sempre.

Beijinhos

Fernanda disse...

Olá Fê-Blue-Bird!

I love blue birds!

Devia concordar consigo, mas não é fácil. Nada fácil!

Beijinhos

Fernanda disse...

Amigo Anónimo!

Obrigada pelo comentário, gostei muito.

Confesso que preferia que tivesse pelo menos posto um nome, de preferência o seu.

Mas vá comentando, até porque se como diz segue o meu trabalho, irá fazer mais comentários e um dia lá sairá o nome. Assim espero.

Abraço

Fernanda disse...

Querido amigo Luís,

Que grande elogio, será que mereço???
Amigo, ser poeta é ser mais alto, lembra-se?!!!
Obrigada na mesma, eu vou tentar, com muita força, acreditar no que me diz.

Beijinhos

Fernanda disse...

Amigo Cadinho!

Muito grata pelo seu comentário.
Obrigada também pelo seu conselho.

Abraço

J.Ferreira disse...

Muito bem mesmo. Parabéns!

Gostei muito da forma como foste integrar o poema e a música no texto, dizendo as tuas verdades.

Podia dizer-te que continuasses a tentar a poesia, mas acho que cada qual nasce com uma determinada vocação, a tua pode também ser a poesia (quem sabe), mas escreves poeticamente, como já tanta gente to disse, que não deves fazer disso um cavalo de batalha.

Beijo