10/07/2010

Sol, fonte de Luz, fonte de Vida!


Deixo-vos uma pequena nota sobre o sol ser tão essencial à nossa vida!
As pessoas só se lembram de "trabalhar para o bronze" nesta época e muito raras serão as que lhe agradecem pelo Bem que nos faz - em todos os sentidos. Sem sol perecíamos!
Olhem para ele logo pela manhã, sorriam, agradeçam a sua Luz e deixem-se ficar um pouco de olhos fechados visualizando essa luz brilhante invadir todo o vosso ser interna e externamente.
Verão como o dia se desenrola de outra forma e como se vão curando dos males que o físico contém.

Texto da querida amiga Mariz.

"O sol é a fonte do amor universal: ele deposita as suas partículas de vida em toda a Natureza e são essas partículas que nós depois recebemos por intermédio das pedras, das plantas, dos animais e até dos humanos. Sim, os homens e as mulheres também possuem algumas partículas do sol, mas, evidentemente, muito poucas, porque não se esforçam por atraí-las; é por isso que eles não podem proporcionar uns aos outros a plenitude.

O verdadeiro amor existe em abundância no sol e é lá que se deve procurá-lo. Enquanto vós não beberdes na nascente, só encontrareis algumas gotinhas de orvalho aqui e ali sobre algumas flores, e isso é pouco.
Há, certamente, algumas partes do corpo do homem e da mulher onde o amor se deposita um pouco, mas, se o procurardes apenas aí, estareis sempre com fome e sede. E é isso que acontece à maior parte daqueles que se amam: não se sentem preenchidos, falta-lhes sempre qualquer coisa.
É preciso que eles vão à nascente procurar esse amor imenso que inunda toda a Criação. Depois, eles que amem um homem ou uma mulher, se quiserem! Mas, para encontrarem a plenitude, é na nascente que primeiro devem saciar-se."

In: Omraam M. Ivanhov


Na Casa do Rau

15 comentários:

Maryh K. disse...

Hi Na,
Thanks for all and thanks for the beautiful sunny landscape even if I don't speak any word of Spanish (or maybe Portuguese?) - so sorry not to do. I can't understand a mere word but I'm sure it's plenty of sun.
Huge hugs from Marie

Fernanda disse...

Hi Marie!

My dear, this is Portuguese :)))
and you could have used the translator.
Anyway, yes!!! there is plenty of sun in the text but mainly the fantastic spiritual benefits of it.

Thanks for visiting and commenting.

Hugs

Luis disse...

Querida Ná,
Também gostei imenso deste tema trazido pela Mariz e pensava hoje postá-lo na Tulha. Vou falar com a Mariz para saber se ela não se importa que o faça.
Depois decido o que fazer.
Um beijinho amigo.

A. João Soares disse...

Querida Ná,

A imaginação, a fantasia criam mitos fantásticos. Realmente o inverno é a hibernação das plantas que desabrocham apenas com o sol da Primavera e frutificam no Verão. Mas o ser humano não está assim tão dependente dele!!!
Numa incarnação anterior, quando era Ícaro cometi a imprudência de ir à fonte de tais radiações de tais partículas de energia e acabei por ficar com as asas queimadas e cair no mar tendo servido de alimento a uma baleia, mas a vida continuou de reincarnação em reincarnação para agora aqui estar a ler a loa de que é bom ir beber as energias à nascente.
~Cuidado a origem das energias é sempre perigosa pois a prudência aconselha a manter uma prudente distância de segurança. E com óculos de sol!!!
Costumo assistir ao nascer do SOL todos os dias. Dá muita energia.

Beijos
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Amigo Luís,

Eu decidi publicar um e-mail que que a nossa amiga Mariz me enviou.
Pelo seu texto magnífico e pela sua maravilhosa introdução.

Não se trata (que eu saiba) de um post dela.
Sabendo muito bem com quem estou a lidar, a Mariz nunca se incomodará com a publicação de um texto que dá a conhecer o bem, e só isso.
Aliás todos os pensamentos de Omraam M. Ivahov são maravilhosos.

Beijinhos

Luis disse...

Querida Ná,
Tem toda a razão o texto veio por e-mail e foi lapso meu ao referir um post. Na realidade o tema está muito bem tratado razão porque pensei colocá-lo na Tulha, para não ser sempre política e estarmos num fim-de-semana quente e soalheiro.
Beijinhos amigos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Que seu dia seja belo...

Que tenha sorrisos, suspiros e abraços.
Sinta pelo menos uma gota de alegria,
Desfrute do caminho, conte os seus passos.
Olhe o céu, as nuvens brancas
Sinta o vento soprando o rosto
Renove as velhas esperanças
Prove novos sabores, um novo gosto.
Distraia-se, não faça nada
Pelo menos, um minuto esqueça
Das vozes, dos sons, das estradas...
Ore, por aquele que mereça.
Se doe, de alma e coração
Ou não, mas também não faça nada mau.
Olhe nos olhos, deixe fluir a emoção
Não perca, a paixão, pois o corpo é mortal.
O que temos são apenas sentimentos,
Vontades, desejos e sonhos.
Vivemos de bons momentos,
Fantasias, visões e planos.
Mas de nada vale, se não temos um bom dia
Pois a vida é a soma de cada um
E na soma dos dias,
o saldo positivo é o que tem de ficar.
Então... que você tenha um ótimo dia,
uma ótima vida !!

(texto da net).

Fim de semana de luz Fernanda.

beijooo.

Fernanda disse...

Amigo João,

Pelo seu comentário, deduzo que não terá lido esta parte "Olhem para ele logo pela manhã........."

Todos sabemos que não se deve olhar o sol, mesmo com óculos escuros, durante o dia, a retina será agredida, mesmo queimada.

O resto, meu querido amigo, sabe bem que não sou de crendices nem de fanatismos.
Permita-me contudo discordar com o facto de que nós, aliás a vida, todos os seres que habitam o planeta Terra, dependerem totalmente do Sol.
Sem sol não há vida! Sem sol não há Luz! Sem Luz só as Trevas!

Beijinhos

Fernanda disse...

Olá amiga Ana!

Belo dia para si também!

Obrigada pelo seu belo poema.

Bom fim de semana, e paz para esse povo mais uma vez massacrado.

Fiquei a saber pelo nosso amigo Ricardo Caldon que ele tem estado na zona mais afectada a ajudar como pode.
"Sumido estou,escusas minhas apresento,pois diante de graças tantas alcançadas,esforços não meço,para servir aos meus semelhantes. Estive no nordeste de meu país,onde os fraternos irmãos,vítimas da natureza, tamanho flagelo,estão comendo barro(argila) para sobreviver!meu Deus, me dê forças!"

Beijos amiga

Maria Beatriz Ferreira disse...

Olá Ná!

Tenho andado mais fugida, o calor chama-nos para as praias e lá vamos nós!

Não só pelo bronze mas também pelo que o sol aporta em termos de resistências em vitamina D, em termos gerais, em mais saúde!
Todos sabemos já que tudo deve ter um meio termo, nada de exageros.

Ambas sabemos que para nós, até os dias sem sol nos alteram o humor.
Somos iguais, mas isso acontece com todos.

Sol é Vida, sem dúvida, Sol é Luz.

Parabéns por teres trazido aqui um texto tão belo e as palavra sábias da tua amiga.

Beijinhos
Bfs.
Beatriz

Ana Martins disse...

Querida amiga Ná,
também recebi este e-mail da nossa a miga Mariz, o Sol como fonte de vida e energia, não tenhamos dúvidas disso.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Rogério Pereira disse...

O Sol perguntou à Lua
O Sol perguntou à Lua
Quado'a, quando havera amanhancer
Quado'a, quando havera amanhancer

À vista dos olhos teus
À vista dos olhos teus
Que vem o Sol cá fazer
Que vem o Sol cá fazer

E o Sol préguntou à Lua
quando havera amanhacer

Popular açoriano,
(cantado pelo meu saudoso Adriano)

Hoje assino-me:
O monstro recém emerso da lagoa

Fernanda disse...

Queridas Beatriz e Ana,

Obrigada pelo vosso comentário.
A Beatriz anda fugida também porque pensa que me deixou a pasta e eu é que vou tratar do seu Blog :))))
Minha linda, estás muito enganada, a Ná já tem lenha para se queimar que chegue e sobre, e agora não estou a rir!!!!!!!!!!!! mas a brincar ;)

Ana, querida amiga,
Temos uma amiga tão especial. Fico comovida por a saber também minha amiga, do coração.

Beijos às três.
Um muito doce à Mariz.

Fernanda disse...

Amigo Rogério!

Que alegria saber-te de volta:))))
Vou já lá deixar-te um abração.

Eu também adoro Adriano Correia de Oliveira.
Tenho no Porto um amigo que privou com ele, o Mário Neto, que foi casado com a minha colega Mieke Moels, holandesa.

Passamos muitas serões juntos com o Mário a tocar viola e a cantar Adriano.
Que saudades me deu agora esta lembrança.
Beijos amigo.
Bem vindo!

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

O REPETIDO DESAPARECIMENTO DE IMAGENS NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVE-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João