25/07/2010

Amizade

A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.







Amizade

A verdadeira amizade é uma pérola
de valor inestimável.

Cultive a amizade.
Corresponda às gentilezas.
Não se encolha.
Nem se afaste dos outros.
Aproxime-se.
Há muito de amor trancado em você.
Procure ser o amigo das horas difíceis.
Dê demonstrações de sua amizade,
mas não espere ser correspondido(a).
Compreenda que nem todos
são como você.
Tolere as faltas dos seus amigos.

Tenha amizade pura e desinteressada.
Não deixe que o tempo a consuma.

Não pode ser amigo,
quem não ama incondicionalmente.

Texto do Livro
Gotas de Esperança de
Lourival Lopes

Fernanda Ferreira (Ná)

8 comentários:

Ana Martins disse...

Que grande verdade querida amiga,
"...não pode ser amigo quem não ama incondicionalmente."

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Rogério Pereira disse...


Eis um conselho que não vem tarde...
(hoje o comentário é curto pois ainda estou de ressaca de tanta festa seguida)

Beijo

Saozita disse...

Querida amiga, a amizade é sem dúvida a essência da nossa vida, pois não somos seres isolados, temos necessidade de interagir. O homem é por natureza um ser sociável e é na amizade que se expressa e manifesta. Ninguém pode viver sem se sentir amado e amar!
Gostei do texto, que já conhecia mas que é sempre bom recordar.

Tem uma boa noite.
Beijinho

gabyshiffer disse...

A amizade é uma forma de amor...
e amar só pode ser assim
:)
Belo post
Bom domingo pra vc
Beijos na alma!

Ah
tem selinho no meu blog

Sonhadora disse...

Minha querida Fernanda

Dizem que a amizade é a forma de amor mais pura, eu prezo muito a amizade.
Lindo poema

Beijinhos
Sonhadora

Luís Coelho disse...

Amizade
Amizade
Amizade
Só encontro uma palavra, um gesto, uma vida que se dá sem ada esperar em troca.
Amizade = vida com sentido.

A. João Soares disse...

Querida Ná e amigos comentadores,

Um belo texto, embora nada traga de novo, mas é sempre bom recordar, repetir os preceitos positivos, pilares de um bom relacionamento.

Embora cada frase seja ouro, respigo a seguinte:
Compreenda que nem todos
são como você.
Tolere as faltas dos seus amigos.

Temos que aceitar os outros tal como são, tolerar os seus defeitos, embora com o sentido de uma discreta a ajuda para os atenuarem. Mas qualquer ajuda não deve ser violência, não se deve forçar os ouros a serem iguais a nós. Quem nos garante que nós estejamos certos?
Este post tem também o valor da oportunidade, depois de uma série de festas em que a união dos amigos do SJ ficou bem patente. Um exemplo de que a Harmonia universal tem que ser construída por cada um em cada momento no seu pequeno grupo de amizades.
Vamos reler e reflectir na AMIZADE.

Beijos e abraços aos amigos
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Obrigada pelos vossos comentários que adorei.

Ana, querida amiga,
Amor tal como amizade pura deve ser totalmente incondicional, senão não pode durar.Não há como!!!

Rogério amigo,
Também acho que sim... foi dose excessiva!
Espero que recuperes rapidamente da ressaca ;))

Amiga Gaby!
Completamente de acordo, como se entende!
Passo lá para trazer o selinho com todo o gosto.
Obrigada.

Amiga Sonhadora,
Estes dois sentimentos fundem-se, completam-se...mesmo que sentido de forma mais ou menos intensa, com mais ou menos doação.
O amor não terá por onde crescer senão houver uma amizade consistente, e um leva ao outro mesmo que sentido de formas diversas.

Amigo Luís Coelho,

A amizade dá sentido à vida, sem dúvida...

João, amigo!

É exactamente como diz. Sentimos de forma igual.
As amizades são verdadeiras e sinceras quando existe entre amigos o respeito pela liberdade de cada um. Quando temos a consciência que a liberdade de um termina no momento em que esbarra com a liberdade do outro. A isto chama-se respeito mútuo.

A amizade é também uma forma de amor, dada a dimensão de significados que pode ter a palavra amar na vida de cada um! Será possível não limitar o amor à pessoa com que se quer constituir uma vida em comum e alarga-lo às amizades verdadeiras?

Um amigo que parte deixa sempre uma série de interrogações sobre o valor da amizade e a importância de a construir.

Sofre-se por um amigo que parte, mas permanece o contentamento de o ter tido, de ter investido tudo nele; amor, afecto, carinho, TUDO. Fica o sabor doce dos momentos de doação mútua.

Beijinhos a todos.

Na casa do Rau