30/01/2011

"Positiva-mente": pequenos passos, grandes mudanças

Já pensou como pode ser mais positivo em relação aos outros? Como pode treinar-se para viver e ter um maior equilibro emocional? Como pode aumentar a sua confiança e ser capaz de resolver os problemas da sua vida? As psicólogas Catarina Rivero e Helena Águeda Marujo, autoras do livro "Positiva-mente", afirmam que basta dar pequenos passos para alcançar grandes mudanças.

Na realidade, o que nos faz aumentar as nossas emoções positivas, como a alegria, o contentamento, o amor, ou o que nos pode ajudar a descobrir mais sentido para o que somos e fazemos são mudanças e acções aparentemente simples, básicas, leves, sem complicações.

Alguns exemplos:

- Passar a listar diariamente as coisas boas que acontecem ao longo do dia;
- Substituir a linguagem crítica por uma linguagem positiva;
- Dedicar tempo aos amigos e às relações importantes da vida;
- Viver aceitando o passado, saboreando o presente e acreditando no futuro;
- Praticar intencionalmente actos de bondade;
- Usar pequenos grandes gestos pela sustentabilidade do planeta;

Nesta obra, as autoras, especialistas em Psicologia Positiva, convidam-nos, através de exercícios práticos e casos reais a pensar de forma diferente, a descobrir, no dia-a-dia as estratégicas que nos permitem viver de forma mais equilibrada e feliz.

Sobre as autoras:

Catarina Rivero
é psicóloga clínica pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade de Lisboa. Formou-se em Terapia Familiar pela Associação Portuguesa de Terapia Familiar e Comunitária (APTEFC). Master em Terapia Familiar e Sistemas da Faculdade de Medicina da Universidade de Sevilha.

Tem colaborado em vários artigos jornalísticos de revistas portuguesas e teve colaborações pontuais nos programas televisivos Sociedade Civil (RTP2), Mundo das Mulheres (SIC Mulher), Tardes da Júlia (TVI), Consultório (TVI24) e Luz Verde (AXN). Atualmente tem uma rubrica regular sobre Família - "Labirintos Familiares" - no programa Mais Mulher da SIC Mulher. Tem ainda colaborado pontualmente em programas do Rádio Clube Português.

Helena Águeda Marujo é professora da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. Mais recentemente lecionou no Mestrado em Educação, área de Pedagogia Social, da Universidade Católica Portuguesa, e coordenou, durante dois anos, a pós-graduação em Estudos e Intervenções com Famílias da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Doutorada em Psicologia por esta mesma Faculdade, foi Visiting Researcher na Universidade de Massachusetts.

Foi colaboradora residente semanal durante 3 anos no programa da RTP2, Sociedade Civil, com uma rubrica de Bem-estar/Notícias Positivas, e colaboradora pontual da revista Inovar.te. Tem ainda colaborado com a Revista IMMagazine.

4 comentários:

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Tento a cada dia dar valor às pequeninas coisas, aos pequenos gestos; distribuir sorrisos, não julgar, perdoar, ser generoso. Nem sempre consigo, mas vou tentando; para fazer alguma coisa por mim e pelos outros vou começar na próxima quarta o meu voluntariado; andei muito tempo a preparar-me, pois sei que não é tarefa fácil, mas, a vida nunca foi fácil, por isso ganhei coragem e lá vou eu, começar uma nova etapa da minha caminhada. Sei que a maior beneficiada serei eu. Beijinhos e parabéns pelo post, tão útil neste ano Europeu do Voluntariado
Emília

A. João Soares disse...

Amiga Fê,

Parabéns por este seu passo positivo em benefício dos visitantes deste espaço. Os pequenos gestos em benefício dos outros e do Planeta, podem ser feitos em qualquer momento, a qualquer pretexto A Amiga Fê merece toda a consideração pela sua obra nos blogues em que trabalha para o bem das pessoas e, portanto, da humanidade. Procura sempre escolher temas de grande intenção de difundir conselhos de saúde, de saber útil, de cultura, de bom humor, condimentos de que ressalta a felicidade. Com tal procedimento sistemático, há-de melhorar o mundo, com a certeza igual à da água mole que tanto bate na pedra dura até que a fura. De vagar se vai ao longe. Assim de constrói um futuro melhor para a humanidade.

Beijos
João
Saúde e Alimentação

Fê-blue bird disse...

Amiga Emília e João:
Obrigada pelas vossas palavras de incentivo e apreço pelos temas que exponho. Dou sempre o melhor de mim em tudo o que faço, só lamento não poder fazer ainda mais e melhor, mas o dia infelizmente só tem 24 horas ;-))
Também aqui, e nos outros blogues que colaboro, tenho recebido muito mais do que tenho dado.
Bem hajam!

Beijinhos

Luis disse...

Minha Boa Amiga Fê,
Ser positivo é algo que é difícil de cultivar nos tempos que correm mas deverá ser importante lutar por isso para atenuar os maus momentos que vivemos. É uma filosofia de vida que devemos cultivar! Obrigado por ter trazido este post!
Um beijinho amigo.