21/01/2011

BRIGAS DE CASAIS

"Surfar entre canais de TV"
Uma pesquisa britânica, divulgada ontem, pelo Jornal Nacional, revela que a maioria das brigas entre casais são por motivos banais. De acordo com o levantamento, os bate-bocas ocorrem na maioria das vezes por volta das 20h, principalmente nas quinta-feiras, e duram cerca de 10 min. E estas brigas levam à separação de jovens casais, despreparados!

 A diferença comum entre os dois sexos é o fator mais apontado para as discussões. As brigas giram em torno de questões do dia a dia como a lavagem de louça, desorganização e manutenção da casa. Toalhas molhadas, no chão ou nas camas, e mudanças de canais na TV.
80% dos três mil entrevistados disseram ser obrigado a limpar a sujeira do parceiro constantemente...

A pesquisa também apontou que os homens são os que mais veem motivo para se separar devido coisas banais.
Para 20% dos homens entrevistados, estas pequenas dificuldades de convivência seriam razão para o divórcio.

Vejam:

Hábitos que mais irritam as mulheres

1. Deixar pelos na pia
2. Deixar a privada suja
3. 'Surfar' entre canais de TV
4. Não trocar o rolo de papel higiênico
5. Não abaixar a tampa da privada
6. Deixar as luzes acesas
7. Xícaras sujas pela casa
8. Toalhas molhadas no chão / na cama
9. Acumular pertences
10. Não dar descarga

Hábitos que mais irritam os homens

1. Demorar para ficar pronta
2. Reclamar que ele não faz nada
3. Deixar as luzes acesas
4. Entupir o ralo do chuveiro com cabelo
5. Acumular pertences
6. Encher a lata de lixo além da capacidade
7. Deixar lenços de papel pela casa
8. Xícaras sujas pela casa
9. 'Surfar' entre canais de TV
10. Assistir a novelas


A intolerância é a maior causa, infelizmente, dos divórcios e desquites, hoje em dia!

5 comentários:

A. João Soares disse...

Amiga Celle,

Mesmo que seja uma ficção e não um estudo sério, este artigo tem graça, porque salienta as dificuldades nos relacionamentos e como se perde tempo e energias com ninharias. A vida tem destas pequenas coisas. Quando era miúdo ouvia dizer «vida que não é ralhada não é governada», mas estes pretextos de discussão aqui apresentadas pouco têm a ver com o governo da vida, mais com egoísmo ou mania de mandar e de impor a própria opinião.

Beijos
João
Do Miradouro

Luís Coelho disse...

Parece-me que estes desaguisados se devem ao arrefecimento do verdadeiro amor que os levou a "juntar os trapinhos".

Até ao dia do casamento respeitaram-se colaboraram em tudo. Colaboraram em todas as tarefas da casa e souberam serem gentis um para o outro

Mantiveram apenas um relacionamento de aparência sem nada de fundo e na primeira luta já pensam em mandar o outro "às malvas".

Essas discussões só provam que eles humanamente não cresceram e neste campo a palavra e a postura da mulher tem muita influência.

Saber ouvir e dividir tarefas. Saber ensinar desde o primeiro dia a deixar tudo limpo como se encontrou.
Saber desculpar e não responder com palavras agressivas.

O amor conquista-se todos os dias.

Luis disse...

Minha Querida Amiga Celle,
A INTOLERÂNCIA é a maior causa, infelizmente, dos divórcios e desquites, hoje em dia!
Esta reflexão no final do post é realmente a RAZÃO pela qual, hoje em dia, os casais se divorciam!
Depois vem o EGOÍSMO a IMPREPARAÇÃO dos jóvens, a SEXUALIZAÇÃO permanente na vida das pessoas e com isso morre o sentimento mais belo que pode existir que é o AMOR!
Um beijinho amigo e solidário.

Carmo disse...

As pessoas têm tendência a chatearem-se por coisas tão pequenas, esquecendo o que verdadeiramente as une.

Um abraço

Boa semana

Magia da Inês disse...

Olá!
Passei para ver as novidades.
Beijinhos.
Brasil
✿ܓܓ ♫
°º
•*• ♫° ·.