27/01/2011

O CLERO DANDO EXEMPLO NO BRASIL!


Em protesto contra o reajuste de 61,8% concedido a deputados e senadores, o bispo não quis receber comenda
Brasília - Uma solenidade de entrega de comenda no Senado terminou em constrangimento para os parlamentares que estavam em plenário. Em protesto contra o reajuste de 61,8% concedido a deputados e senadores na semana passada, o bispo de Limoeiro do Norte (CE), dom Manuel Edmilson Cruz, recusou-se a receber a Comenda dos Direitos Humanos Dom Hélder Câmara.
Em discurso, ele destacou a realidade da população mais carente, obrigada a enfrentar as filas dos hospitais da rede pública. "Não são raros os casos de pacientes que morreram de tanto esperar o tratamento de doença grave, por exemplo, de câncer, marcado para um e até para dois anos após a consulta".
Dom Manuel da Cruz lamentou que o Congresso tenha aprovado reajuste para seus próprios salários, da ordem de 61,8%, com efeito cascata nos vencimentos de outras autoridades, "enquanto os trabalhadores do transporte colectivo de Fortaleza mal conseguiram 6% de aumento em recente luta por elevação salarial", disse. O bispo mencionou também as aposentadorias reduzidas, o salário mínimo que cresce em "ritmo de lesmas".
Comenda
Ao recusar a comenda, o bispo foi taxativo: "A comenda hoje outorgada não representa a pessoa do cearense maior que foi dom Hélder Câmara. Desfigura-a, porém. De seguro, sem ressentimentos e agindo por amor e com respeito a todos os senhores e senhoras, pelos quais oro todos os dias, só me resta uma atitude: recusá-la".
Nesse momento, quando a sessão era presidida por Inácio Arruda (PCdoB-CE), autor da homenagem, o público aplaudiu a decisão.
Após a recusa formal, o bispo cearense acrescentou que "ela é um atentado, uma afronta ao povo brasileiro, ao cidadão contribuinte para o bem de todos com o suor de seu rosto e a dignidade de seu trabalho".
Ele acrescentou que o reajuste dos parlamentares deve guardar sempre "a mesma proporção que o aumento do salário mínimo e o da aposentadoria".
Dom Edmilson Cruz afirmou que assumia a postura com humildade, sem a pretensão de dar lições a pessoas tão competentes e tão boas".
Diante da situação criada, o senador José Nery (Psol-PA) cumprimentou o bispo pela atitude considerada "coerente" com o que pensa.
"Entendemos o gesto, o grito e a exigência de dom Edmilson Cruz que, em sua fala, diz que veio aqui, mas recusará a comenda Dom Helder Câmara. Também exige que o Congresso Nacional reavalie a decisão que tomou em relação ao salário de seus parlamentares", acrescentou o senador paraense.

6 comentários:

Luís Coelho disse...

Oi amigo

Precisávamos de muitos dignitários da Igreja Católica com estas posturas que os tornam diferentes dessa cambada de vampiros que vão para a política para se banquetearem com o sangue e o martírio do povo.

Peço a Deus que os Bispos Portugueses e do mundo inteiro entendam esta tão nobre lição e se proponham a segui-la em passos simples e despretenciosos.
Que sejam eles os primeiros da fila a dar bons e santos exemplos e que os políticos ganhem vergonha pela sua hegemonia e nula sensatez.

A. João Soares disse...

Caro Luís,

Concordo com o nosso amigo Luís Coelho, mas acrescento que o belo exemplo deste nobre Bispo deve ser seguido não apenas por bispos de todo o mundo mas por todas as pessoas. Há gente que se diz com ética mas que se vende por um rebuçado.
Em Portugal o primeiro 10 de Junho de Cavaco como Presidente foi de condecrações aos que o ajudaram como PM e na campanha eleitoral presidencial. Isso teria sido motivo para gente merecedora de comendas sem ser em pagamento de favores pessoais, a recusar, como o Bospo dom Manuel Edmilson Cruz. Mas a nobreza de carácter não é um dom muito frequente e há pessoas que até gostaram de ser premiadas em tal cerimónia com um simples robalo propriamente dito.

Quanto mais conheço o ser humano mais adoro os cães!!!

Abraços
João
Do Miradouro

orvalho do ceu disse...

OLÁ,
Que bom ter pessoa que divulgue o que é bom na nossa Igreja(a Justiça)!!!
Tem gente que só mostra o lado não tão bom... que todos temos...
Abraços fraternos

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Digna atitude a contrastar com as atitudes tão pomposas do ex presidente Lula que, agora, além das regalias que terá como ex vai cobrar 20 ooo reais por cada palestra; ele que se dizia amigo dos trabalhadores e dos desfavorecidos. Enfim....foi um pobre que subiu na vida à custa dos pobres e oprimidos que iludidos com a sua conversa votaram e votariam de novo nele. Ele é um excelente comunicador; consegue transmitir uma mensagem com tanta habilidade que até conseguiu enganar o mundo inteiro; é só ver a popularidade dele por esse mundo afor. Agora a Dilma...outra que com certeza lhe vai seguir os passos; tenho esperança de que ela, pelo menos não seja tão corrupta quanto ele. Adoro o Brasil, vivi lá 14 anos. O único louvor que posso dar a Lula foi o facto de ele ter seguido as linhas traçadas pelo Fernando Henrique; isso salvou o Brasil. Adorei os posts. Obrigada e ate´breve
Emília

Táxi Pluvioso disse...

Os deputados e outros cargos de liderança têm de receber bem, para isso é que Deus fez o povo, para os líderes viverem bem.

Luis disse...

Meus bons Amigos,
Exemplos destes devemos trazer aqui para envergonhar todos aqueles que sem princípios éticos que, por que nos dirigem, nos "comem" vivos!
Sempre que conheça casos destes postarei aqui nessa perspectiva, ainda que saiba que "eles" continuarão a fazer "ouvidos de mercador"!
Um abraço amigo e solidário.