28/05/2010

Temas para reflexão

Imagem da Net

Sentir o nosso coração ao mesmo tempo que o de alguém a quem damos um abraço é algo de maravilhoso.
Um abraço ajuda-nos a sentir as muitas dimensões do amor: a facilidade para receber e dar, a sensibilidade para o sofrimento, a disponibilidade para a alegria de se divertir e a profundidade da ternura.
Sintam-se abraçados e tenham um bom fim de semana.
Deixo-vos em boa companhia, com dois pequeninos textos para reflexão.

"Exercitai a vossa faculdade de observação. Quando saís de um lugar, deveríeis ser capazes de o descrever, não necessariamente porque ele tem interesse, mas porque é importante exercitardes-vos a observar.
Há imensas pessoas que não vêem nada, não reparam em nada.
Alguns homens não sabem qual é a cor dos olhos da sua mulher.
Beijaram-na milhares de vezes, mas não repararam na cor dos seus olhos! Sim, há energúmenos assim, homens mas também mulheres, é claro. Passam ao lado das coisas e das pessoas e não as vêem, chocam com elas física e psiquicamente. E quando têm de atravessar uma rua, será que olham? Não, nem sequer isso, e atravessam a existência com a mesma desatenção.
Nada é mais importante do que saber olhar, as pessoas, os objectos ou uma situação. Aprender a ver é um dos segredos do êxito."

Omraam Mikhaël Aïvanhov




"Não guardeis só para vós todos esses momentos de paz, de alegria, de encanto, que a vida espiritual vos traz. Dedicai pelo menos alguns minutos a enviar pelo pensamento algo desses estados privilegiados. Pensai em todos os seres do mundo que vivem angustiados, desesperados, concentrai-vos neles e dizei: «Queridos irmãos e irmãs do mundo inteiro, o que eu possuo é tão belo, tão luminoso, que eu quero partilhá-lo convosco. Tomai desta beleza, tomai desta luz!»
Uma vez que sabeis que os vossos estados interiores produzem ondas e se propagam, não guardeis a vossa felicidade para vós, partilhai-a; desse modo, não só fareis bem aos outros, como amplificareis esses estados em vós. Sim, é um fenómeno mágico: para preservardes a vossa alegria, deveis saber partilhá-la."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

15 comentários:

Beta disse...

Lindo demais!!!

bj

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Temas para reflexão, de elevada importância. Não é demais insistir na terapia do elogio, do abraço, da palavra de carinho, dar um pouco de afecto, transmitir o que sabemos e que seja bom para os outros, e interessarmo-nos por tudo o que está ao alcance da vista e do conhecimento.
Mais do que olhar, devemos procurar compreender o que se vê e descobrir o porquê, as razões de tal ser assim ou acontecer assim.
Viveremos mais tranquilos e confiantes se procurarmos conhecer tudo o que nos cerca. É impossível saber tudo e, por isso, devemos fazer tal esforço continuamente, sem distracções nem descuidos. Basta imitar a curiosidade da criança, que é um método de aprendizagem largamente experimentado e consagrado.

Um abraço
João
Do Miradouro

direitinho disse...

Muito oportuna esta mensagem nesta manhã de sábado.
Embora esteja sempre a correr para não me perder nem deixar de fazer outras coisas também importantes foi bom ter passado aqui e ter bebido esta mensagem.
Não trás nada de novo. Todos sabemos isto, mas é sempre bom recordar e reviver cada dia com um novo fôlego de esperança.
Repartir as nossas alegrias e caminhar vendo com os olhos bem abertos todas as maravilhas que recebemos de graça e pela graça de Deus.

Fernanda disse...

Olá Amiga Beta!

Bom dia! Tenho que ir ver o que há pelo Mix-Cultural.

Obrigada pela visita e comentário,
Beijo
Bfs,

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Nunca é mesmo demais, eu não me canso de ler e de interiorizar todas estas reflexões.
É salutar relembrar, sobretudo verificar se estamos a actuar de acordo com o que há de melhor em nós.

Beijinhos

Fernanda disse...

Amigo Luís,

Obrigada pela sua já habitual visita que muito nos honra.

É claro que sabemos,pelo menos devíamos todos saber, mas como diz, também é bom relembrar! Tão ou mais importante.

Abraço amigo

Carmo disse...

Amiga Ná estes temas nunca são demais. É preciso pensar e hoje em dia parece-me que se pensa tão pouco...

bjs e bom fds

Pelos caminhos da vida. disse...

Muito lindo amiga.

Sinta-se tb abraçada por mim.

Bom fim de semana.

beijooo.

Chica disse...

Lindas reflexões sempre tão pertinentes!beijos,chica

Luis disse...

Minha Querida Amiga NÁ,
Concordo com o autor do post, no primeiro caso realmente por vezes não damos a devida atenção ao que nos circunda e isso não deveria acontecer. No segundo caso para nos lastimarmos estamos sempre prontos para o fazer mas partilhar exitos e alegrias nem sempre o fazemos. Devemos corrigirmo-nos nos dois casos, daí ser bom trazermos ao Blogue este tipo de post's para refletirmos sobre os nossos próprios comportamentos!!!
Um beijinho amigo.

Saozita disse...

Assim é Ná, a vida de hoje é um contra-relógio de tal forma que nos tornamos seres "des-socializados", passam-nos ao lado a amizade, o carinho para com o outro, enfim tornamo-nos menos humanos e mais egoístas, com tendência a olharmos só para o nosso umbigo.
A propósito deste tema e da necessidade que temos do contacto humano, coloquei um vídeo sobre esta temática no meu blogue.

Bom fim de semana, para todos os colaboradores, amigos e leitores do sempre Jovens.

Bjs

Ana Martins disse...

Minha querida amiga,
saber partilhar e doar o que de melhor há em nós, só pode transformar-nos em Seres mais felizes.

Deixo em abraço e um beijinho a toda a equipa do Sempre Jovens,
Ana Martins

Fernanda disse...

Minhas queridas amigas e amigo Luís,

Obrigada pelos vossos comentários que muito apreciei.

Beijinhos a todos.

Irene Moreira disse...

Amiga Ná
Que reflexões, que verdades, é vamos observar mais.
Muito importante foi como finalizastes onde temos que ajudar ao próximo, dedicar um pouco da nosso vida, nossa felicidade com aos que precisam.
Na minha postagem de hoje comento um pouco sobre isso.
Beijos

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

O REPETIDO DESAPARECIMENTO DE IMAGENS NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVE-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João