13/03/2011

A geografia também muda

Transcrição de artoígo:

PÚBLICO. 12-03-2011. Por Reuters

O enorme sismo de magnitude 8,9 no Japão fez deslocar o eixo da Terra 25 centímetros, enquanto a principal ilha do Japão se moveu 2,5 metros com a força da abalo.

Isto quer ainda dizer que a rotação da Terra acelerou 1,6 microsegundos, um pouco mais do que tinha acelerado com o terramoto do Chile no final de Fevereiro do ano passado, que com uma magnitude de 8,8, provocou uma mudança de 8 centímetros no eixo da Terra.

Nas primeiras 24 horas após o primeiro abalo no Japão, registaram-se mais de 160 réplicas, a maioria com magnitude superior a 5. O sismo provocou um tsunami, com uma onda de dez metros que atingiu a costa noroeste deixando um cenário devastador e mais de mil mortos.

O geofísico Shengzao Chen explicou que o terramoto de ontem no Japão ocorreu quando a crosta terrestre se rompeu numa área de cerca de 400 quilómetros de comprimento e de 160 de largura, e as placas tectónicas se moveram mais de 18 metros.

3 comentários:

Fê-blue bird disse...

Amigo João:
O mundo está mesmo a mudar, literalmente. É muito preocupante!
Bjos e bom resto de domingo

A. João Soares disse...

Amiga Fê,

Nada permanece imóvel, mas não estamos habituados a mudanças tão traumatizantes. Na actualidade, é natural que a vida humana moderna com um urbanismo concentrado em grandes edifícios e o consumo de petróleo, podem provocar a aceleração destes casos mais violentos. Deus Perdoa sempre, o homem perdoa às vezes e a Natureza nunca perdoa.
Um professor dizia que a Terra é como uma cafeteira com leite colocada sobre o bico do fogão. o magma é o leite prestes a entrar em ebulição, as finas camadas de nata são como as placas da crosta terrestre, que vão mexendo ligeiramente até que surgem os vulcões e os terramotos.
Mas nós esquecemos que tais placas são muito frágeis nas dimensões do globo feito na maior parte em material líquido viscoso a elevada temperatura. Um aumento de peso numa placa causa desequilíbrio. E esse aumento é causado por uma albufeira de barragem, edifícios altos e concentrados numa área pequena, etc. .

Esperemos que passe a haver mais cuidado com esta jóia rara que deve merecer muita estimação. Embora haja outros factores de risco que estão fora da mão do homem.

Beijos
João
Do Miradouro

Luis disse...

Caríssimo Amigo João,
Com tanta sabedoria o Homem julga-se superior a Deus, o Criador! Depois é o que se vê... Dizes que a geografia também se muda, e é verdade! Porque será que à nossa pobre política não acontece o mesmo?
Um abraço amigo e solidário.