08/03/2011

Amor sem barreiras

Amai os outros como a vós mesmos.
Faz bem e não olhes a quem.

12 comentários:

Bemsei disse...

Lindo: o coelhinho acarinhado junto com os gatinhos....O ser humano não é capaz de tamanhna granza, nem grandiosidade!

É peixes, hein? Eu Também ...e confesso...faço anos hoje...dia de entrudo...BUÁÁÁ.... ( é segredo...não diga a ninguém...)
Abraço
BS

Luís Coelho disse...

A lição da gata é clara e muito emotiva.
Amar com esta nobreza será apenas para alguns porque a maioria apenas olha o próprio umbigo.

A. João Soares disse...

Amiga conterrânea Bemsei,

Desejo-lhe um óptimo dia de aniversário, com muita alegria e com força para repetir este dia muitas vezes, com outras caras bonitas do Magistério.

Beijos
João
Do Miradouro

A. João Soares disse...

Caro Luís Coelho,

Estes exemplos de generosa nobreza, estão a ser mais vulgares nos animais do que naqueles que se dizem racionais. Temos muito a aprender com eles. Coisas que os humanos têm esquecido com o decorrer dos séculos. O vil metal isolou os sentimentos, concentrando-os no umbigo, como diz, e cercando-os de armadora que lhes permite defender os interesses materiais, egoístas obcecados pelo vil metal.
Sempre que me chega uma lição como esta não deixo de a difundir na esperança de que os corações duros se enterneçam. Dessa forma se contribui para uma humanidade mais humana!!!

Um abraço
João
Saúde e Alimentação

Anónimo disse...

E quando a pessoa vai com todo o carinho para socorrer alguém em dificuldade sem arrogância,anonimamente,sem pensar em mais nada senão ajudar,a pessoa em vez de recusar gentilmente vem orgulhosa e peste? Humilha quem quer fazer bem?.
Para mim quando vejo nos blogues "quase" um apelo ao socorro comovo-me,fiz tudo para poder ajudar,(queria ficar eu mesma anónima)a pessoa virou-se como o maior cão mordaz,mal educada,arrogante,ingrata que me deixou quase a chorar,podia recusar gentilmente,dizer qualquer coisa,enfim...já não é preciso,é pessoa que diz ser formada e educada mas a educação dessa pessoa ficou na barriga da mãe dela.
Nunca fiz o bem com arrogância,se faço,fiz, ou venha a fazer bem, é porque o meu coração me pede para o fazer,não para humilhar.

A. João Soares disse...

Realmente, há anormais que mordem a mão que lhes dá pão.
Mas nunca devemos deixar de fazer o bem. Mesmo com palavras de carinho ou de crítica ou de alerta para o perigo, nunca devemos deixar de ajudar. Se recebermos uma atitude hostil, isso não deve perturbar a nossa vontade de generosidade. O mal fica com quem o pratica. Cada um terá o resultado daquilo que faz. É bom recebermos o prémio que a nossa consciência nos dá.

Cumprimentos
João
Só imagens

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo vídeo, o amor, o carinho, o afeto, a generosidade tb poderia ser entre os humanos, mas não está sendo mais assim, infelizmente.

Estou de volta amigo!

beijooo.

Táxi Pluvioso disse...

Sem barreiras dá-nos muito jeito nos campeonatos de atletismo. boa semana

JP disse...

Os verdadeiros exemplos por vezes vem mais depressa dos animais do que dos seres humanos!
Abraço

Celle disse...

Amigo, João,é lindo e emocionante, assistir os cuidados e carinhos existentes entre os animais.Enquanto isso entre os humanos só sabemos das barbaridades existentes....
Mas, graças a Deus existem ainda pessoas sensíveis, tomei conhecimento que algumas vítimas da tragédia do Rio de Janeiro, ainda se preocupavam com o sofrimento de indefesos animais que assustados e traumatizados, perambulavam entre os encombros, latindo, mancando. Recolhiam e cuidavam deles alimentando-os e cuidando de seus ferimentos, procurando ainda, pelo seus donos ou oferecendo-os à adoção.
Vejo como solidariedade, alguns voluntários ajudando as vítimas "humanas" da tragédia, outros dos "animais", que sofriam também!
bjs, celle

Luis disse...

Caríssimo Amigo João,
Que pena que os "animais ditos racionais" não sigam estes exemplos... Especialmente aqueles que detêm o poder!
Um abraço amigo e solidário.

A. João Soares disse...

Caros Amigos,

Não é inocente esta preocupação em publicar estes exemplos que chegam. Nem foi por acaso que os seus autores gravaram estes casos. É que, a humanidade melhorará se houver grande divulgação destes exemplos.
Certamente muita gente começará a sentir vergonha de ser inferior aos animais em sentimentos e afectos.
Através dos blogs e de outros meios de divulgação, devemos contribuir para que o Mundo se torne mais humano, solidário, harmonioso pacífico.

Cumprimentos
João´
Do Miradouro