26/06/2011

CUIDADOS DE PAI

PUBLICADO EM cCELLE ORNAMENTAL
COMO: COMEÇA O COMEÇO
PAI, COMEÇA O COMEÇO!

Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - "pai, começa o começo!". O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.

Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, "começar o começo" de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. Hoje, minhas "tangerinas" são outras. Preciso "descascar" as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios.

Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis......

Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para "começar o começo" era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado. Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:

"Pai, começa o começo!". Ele não só "começará o começo", mas resolverá toda a situação para você.

Não sei que tipo de dificuldade eu e você estamos enfrentando ou encontraremos pela frente neste ano. Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: "Pai, começa o começo!".


(DESCONHEÇO O AUTOR)

5 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Celle
Recebi um em-mail com essa mensagem e achei-a linda...
Vamos pedir sempre para que nosso Pai comece para nós...
Bjs de paz e uma ótima semana com amor e alegria.

Luís Coelho disse...

Bonito este texto que nos leva a ver a presença do pai, do amigo que esteve presente nas nossas vidas,

Ele deixou-nos para todos um amigo comum e esse anda muito esquecido.
Por vezes até somos nós que lhe dizemos para não interferir e não se meter nas nossas vidas.

Parece que muito lentamente as pessoas vão vendo e reconhecendo Deus o Grande Amigo, Ele que começa o começo e que apenas quer respeito amor e carinho.

Celle disse...

Caro Luis Coelho
Fui criada na doutrina crista, na linha dura, na obrigação de respeitar aos mais velhos, aos pais, aos professores. Mas, também tive pais amorosos. Que me punham no colo, descascavam minhas laranjas, me ensinaram a rezar a dividir meus brinquedos e meu pão. Naquela época parecia que todos os pais eram iguais,pensavam da mesma maneira pois, todos eles, os daqui e os daí do além mar, nos ensinavam os mesmos princípios e os mesmos valores. Os tempos mudaram...O mundo se globalisou e estamos perdendo nossos valores por que estamos deixando a familia se modificar, e a nossa fé.
Aceitamos o que o mundo nos impõe por ser prático, mais fácil, sem reação, sem questionamentos. Já não temos o pai que descasque nossa tangerina, nem temos a fé para invocarmos o socorro do Pai que muitos negam ou se envergonham dEle. Somos seres constituidos corpo e alma como diz a ciencia. Criados a semelhança de Deus Pai, se Ele é um espírito nós não o vemos mas, a fé nos faz crer que ele existe. Alguem vê o vento? Não, não me refiro à ventania, aquela que eleva o pó, o cisco, mas, a doce brisa? Ninguem a vê e todos sabem que ela existe!
E... é este Pai que nos dá forças para descascarmos os abacaxís da vida, assim como, nossos pais descascavam nossas tangerinas!
Obrigada pelo seu comentário, meu caro
Celle

Celle disse...

Olá orvalho do céu!
Agradeço seu comentário e vamos fazer da nossa parte para que os pais de nossos netos possam ajudá-los a descascarem suas tangerinas, e quando as cascas estiverem muito duras, invoquem a ajuda do outro Pai,banido do seu meio, para resolverem os abacaxís que a vida possa lhes oferecer...
Falta fé nas pessoas!
Celle

Luis disse...

Minha Querida Amiga Celle,
É verdade o que diz sobre a globalização... Ela veio para nos "ateízar" e passarmos a ser uns materialistas que só pensam nos bens materiais esquecendo os Valores e Princípios que nos Humanizavam! Somos objectos que servem os interesses de meia dúzia!
Perdemos DEUS mas Ele ainda vela por nós e tem nos ajudado a "descascar o começo" apesar de tudo!
Um beijinho muito amigo e solidário.