30/11/2011

Direito de compreender



Devemos exigir ser informados com clareza, para compreender.
Devemos escrever de forma a sermos compreendidos pelos menos letrados, Devemos evitar linguagem hermética e demasiado elevada, como se estivéssemos a escrever para a avó, pouco erudita.

28/11/2011

Apelo Imaginativo



Forma apelativa de procurar o cão de estimação desaparecido. Quando há ideias, são encontradas as soluções originais e prometedoras. Vou contratá-la para a minha futura empresa de publicidade e marketing !!!

27/11/2011

Herança Imperial Portuguesa



Marcos da presença no Mundo de um povo pequeno que foi grande e foi precursor da actual «Globalização», estabelecendo laços de comunicação entre os diversos povos do Planeta.

24/11/2011

FILHOS QUEREM COLO !!!

Aos colegas, amigos e visitantes do "SEMPRE JOVENS",
uma mensagem EMOCIONANTE, que tem muito a ver com os tempos atuais. Publicada no (http://www.ccelle.blogspot.com/)
                                                 imagem do google
Na sexta feira,12 de maio, uma amiga do meu filho pulou do 8º andar do prédio onde morava na Rua Emiliano Perneta.
Tinha acabado de almoçar, estava com o uniforme do Bom Jesus, e a mochila nas costas, o que indicava que iria retornar ao colégio, pois nas quartas e sextas eles têm aula o dia todo.
Foi um choque para todos os colegas!
Aí vem a pergunta: Por quê?
Ela tinha apenas 15 anos. Que problemas uma menina de 15 anos pode ter?
Fiz esta pergunta ao meu filho, e a resposta me deixou chocada...
Ele me disse:
- Mãe, eu acho que era falta de colo.
Questionei: - Como assim?
E ele me disse:
- Hoje em dia, os pais trabalham praticamente o dia todo, sempre com a mesma desculpa de que querem dar aos filhos tudo aquilo que nunca tiveram e, na maioria das vezes, eles estão conseguindo. Eles estão dando um estudo no melhor colégio, cursos de idiomas, dinheiro para gastar no shopping, um computador de última geração pro filho ficar enfiado em casa durante o pouco tempo livre que sobra, roupas, tênis, celular, tudo muito caro, etc... E sempre cobrando da gente boas notas, pois estão investindo muito... Não era melhor então ter comprado ações, depositado na poupança, ou sei lá onde? Na maioria das vezes, os pais não têm mais tempo para os filhos, não conversam mais, não fazem um carinho... Quando a gente chega em casa, o que mais quer é o colo da mãe quando vai mal nas provas, ou quando acontece alguma coisa ruim.Por que você acha que hoje os adolescentes são quase todos revoltados? Na maioria das vezes, eles estão querendo chamar a atenção, ser notados, só que no lugar errado e de forma errada: na rua e com violência. Espero que a morte da Isa não tenha sido em vão, pois quem sabe desta forma muitos pais vão repensar suas atitudes para com seus filhos! Não somos máquinas, não somos todos iguais. Não é porque o filho da vizinha tira só dez que todos nós vamos tirar 10...Talvez, nem todos nós queiramos falar inglês!
Depois de me falar tudo isso em prantos, ele me abraçou e disse, olhando nos meus olhos:
- Mãe, obrigado por eu poder contar sempre com você nos maus momentos...
Obrigado, também, pelas broncas, pois sei que mereço.

O tempo e o amor são os melhores investimentos que se faz pelos  filhos, o resto é conseqüência...

  
Segundo João, "para trás fica o esforço, sacrifício da nossa vida e daqueles que nos cercam e chegamos ao fim sem fazermos render os talentos que nos foram concedidos".

 Perda de tempo, poucos frutos, o melhor seria curtir as dificuldades juntos, em família, com paciencia carinho, amor e reflexão, cujos resultados podemos até antecipar: mais união, melhor convivência, satisfação, felicidade...

Ponto de vista interessante


Carta de um escritor africano anónimo

Meu irmão branco,
Quando nasci, eu era negro.
Quando cresci, eu era negro.
Quando apanho sol, eu fico negro.
Quando estou com frio, eu fico negro.
Quando estou com medo, eu fico negro.
Quando estou doente, eu fico negro.
Quando eu perco a coragem, eu fico negro.
Quando morrer, eu ficarei negro.
E você, homem branco,
Quando nasceu, era rosa.
Quando cresceu, era branco.
Quando apanha sol, fica vermelho.
Quando tem frio, fica roxo.
Quando está com medo, fica branco.
Quando está doente, fica verde.
Quando perde a coragem, fica amarelo.
Quando morrer, ficará cinzento.
Depois de tudo isto, homem branco, você ainda tem a lata de me chamar homem de côr?

"EXEMPLO A SEGUIR!".


Atenção: Trata-se de uma empresa portuguesa que, perante esta fatalidade, teve o cuidado de comunicar que não despediria um único trabalhador, sendo que são os seus próprios colaboradores que têm trabalhado na recuperação e limpeza das suas instalações.

A Sicasal é uma empresa Portuguesa. As suas instalações fabris foram parcialmente destruídas por um enorme incêndio, pondo em causa o emprego de 150 dos seus mais de 500 trabalhadores. No meio da tragédia, a Administração veio assegurar que ninguém seria despedido e garantiu que, nem sequer haveria perdas salariais dos seus trabalhadores.

Estes disponibilizaram-se, de imediato, para trabalharem, se necessário, 24 horas seguidas para ajudarem à retoma da produção e organizaram-se em grupos de segurança e de limpezas para obviarem uma paragem demorada da laboração da fábrica.

Que dois belos exemplos!

Assim, surgiu a ideia de adquirirmos produtos da Sicasal e posteriormente os entregar ao Banco Alimentar.

Não só ajudaríamos quem bem o merece, como quem bem o necessita.

Compra produtos enlatados da marca Sicasal e entrega-os no Banco Alimentar

CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

Divulga e Participa

As empresas têm sucesso, quando Administrações e trabalhadores estão todos focalizados no mesmo objectivo. Apoiemos aqueles que merecem antes do mais a nossa consideração.

Banco Alimentar é este fim-de-semana.

23/11/2011

PERIGO LÂMPADAS ECONOMIZADORAS DE ENERGIA



CUIDADO! Aviso do Ministério da Saúde Britânico Isso é a mais pura Verdade... "Repassem sem parcimónia"!

É DE LAMENTAR NÃO SER O NOSSO MINISTÉRIO A FAZER O ALERTA, pois, isto tudo é absolutamente verdade!

MAIS AINDA: UM CORTE COM O VIDRO DE UMA DESSAS LÂMPADAS NÃO CICATRIZA !

Tem de haver atendimento médico especializado para que seja feita a devida RASPAGEM DO TECIDO CORTADO, em ambas as bordas, para que a cicatrização possa acontecer.

Atenção às lâmpadas de baixo consumo.

Se alguma se partir, devem seguir as instruções do Ministério da Saúde britânico para que sejam evitados os graves danos causados pelo mercúrio:

Estes tipos de lâmpadas, que são chamadas de poupadoras de energia ou lâmpadas de baixa energia, ao se partirem, causam sério perigo!
Se isto acontecer, o local deverá ser evacuado por, pelo menos, 15 minutos. Porque elas contém mercúrio (venenoso), que causa enxaqueca, desorientação, desequilíbrios e diferentes outros problemas de saúde, quando inalado.
Os resíduos devem ser limpos com vassoura ou escova, colocados num saco plástico que deve ser lacrado e jogado no lixo para materiais perigosos.
Além disso, o ministério alertou para não limpar os restos da lâmpada partida com o aspirador de pó, pois iria espalhar a contaminação para outros lugares da casa.
Também se deve usar luvas descartáveis de protecção que depois serão deitadas fora junto aos restos da lâmpada.

Aviso: O mercúrio é perigoso, até mais venenoso que o chumbo ou arsénio!

Direitos da Criança ???

Ontem, ao passar na Praça Sá Carneiro, em Cascais, com chuva forte, temperatura baixa e vento cortante, deparei com uma criança recém-nascida, no centro da relva, desabrigada, sem roupa adequada, que metia dó. Ninguém parecia sentir o desajuste em relação aos propalados direitos das crianças. Todos passavam indiferentes ou com um rápido desvio do olhar, para a criança.

Caras(os) leitoras(es), a criança, o menino, irá ficar mais de um mês. Já concluíram que não é de carne e osso, mas de porcelana insensível à baixa temperatura, a figura central do presépio.

Esta forma, pretensamente irónica de referir o facto faz pensar que muitos assuntos sérios e que pretendem ser credíveis e impressionar os destinatários das mensagens, perdem força por não se ajustarem às realidades. Quando era pequeno, ouvia dizer «conforme se toca, assim se dança».

E como estas palavras andam á volte do belo presépio de Cascais, aproveito para desejar aos amigos que visitam este espaço um Santo e Feliz Natal, apesar da austeridade a que somos obrigados.

O GATO E A CORUJA




Em atendimento a solicitação do amigo e colega A. João Soares.
Seu pedido amigo, não é uma ordem mas, constitui honra e prazer colaborar...
Pode solicitar quantas vezes quiser!
E...é bom que reaprendamos a conviver irmanamente.

Disse ele:
É um bom exemplo de boas relações entre animais diferentes. 
Não são xenófobos e brincam animadamente sem se magoarem, só para mútua felicidade...







Rir é o melhor remédio!


Afinal, os Avós não sabem tudo...

Paulinho tinha 7 anos e foi passar uns dias a casa do Avô.

Ele - que estava a brincar na rua com alguns amigos - entrou em casa, para fazer uma pergunta ao Avô:
- Avô, como se chama aquilo quando duas pessoas dormem no mesmo quarto e ficam uma em cima da outra?
O Avô, pensou e explicou:
- Bem, Paulinho, isso chama-se uma relação sexual, fazer Amor, como se diz agora...
Paulinho, satisfeito com a resposta, voltou para a rua.
Pouco tempo depois, entrou em casa todo esbaforido, e disse:
- Avô, aquilo que eu lhe perguntei chama-se BELICHE...e a mãe do Zezinho quer falar consigo!

21/11/2011

Semana Europeia da Prevenção de Resíduos

Esta é a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos
Foto © LIPOR - Utentes do Centro Social da Paróquia de Rio Tinto reaproveitam lixo, na edição de 2010
Esta notícia tem conteúdo multimédia, clique aqui para visualizar
Decorre por estes dias a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, que tem como mote a promoção a sensibilização da população para esta problemática. De 19 a 27 de Novembro vão decorrer várias actividades por todo o país, desde workshops, a animações, num total de 300 actividades.

Esta é a terceira edição da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, a última de um programa de três anos, promovido no âmbito do Programa Life+ da Comissão Europeia. As ações desenvolvidas durante estes dias decorrem um pouco por toda a Europa, sendo Portugal um dos países associados.

A missão não é fácil, já que os hábitos dos portugueses em relação ao lixo não são os melhores. É precisamente isso que se pretende inverter. O objetivo da semana é "dar a conhecer as estratégias de prevenção de resíduos e a política da União Europeia e dos seus Estados membros", assim como promover acções sustentáveis por toda a Europa, enquanto se incentiva a população para uma mudança de atitude em relação ao consumo e produção, no dia-a-dia, explica a organização.

A construir o roteiro das acções vão estar as autoridades públicas Europeias, administrações públicas, associações/ONG, empresas, escolas, entre muitos outros promotores. Uma das entidades mais relevantes neste processo, em Portugal, será a Lipor, que informa no seu site que serão promovidas 191 acções sob a sua alçada.

A nível nacional serão mais de 300 actividades destinadas a todo o público. A nível europeu estão envolvidos 20 países, num total de aproximadamente sete mil acções.

Algumas das acções que podem ser acompanhadas são: a troca de termómetros de mercúrio por digitais, nas Lojas do Cidadão; a "WEEE Parade", uma exposição com Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos; visitas às instalações da Valorsul; acções de sensibilização para o desperdício alimentar nas cantinas, entre muitas outras.

Para ver a lista completa, visita o site "Eu não faço lixo", clicando AQUI.

Veja o vídeo da campanha, clicando no link em cima.

Terra. Planeta Vivo

20/11/2011

O QUE REPRESENTAM OS "INDIGNADOS"!


Do blogue "Abrupto"

As caixas do correio electrónico estão cheias de centenas de mensagens reproduzindo um texto não assinado, mas de autoria no chamado movimento dos "indignados" que tem organizado manifestações enquadradas num movimento internacional com várias designações, mas nas quais a palavra "ocupação" é central. As mensagens electrónicas circulam com uma série de títulos de que são exemplo: "suspensão do pagamento da dívida já!", "ocupem as ruas, ocupem o mundo", "culpados responsabilizados e punidos", "democracia directa já". O texto original parece não ter título e passamos a identificá-lo como "a Situação", da primeira frase: "A situação que Portugal atravessa..."

O movimento dos "indignados" é apenas uma parte dos movimentos sociais de protesto que têm vindo a sair à rua nestes tempos de crise, e é claramente distinto dos protestos que sindicatos e partidos como o PCP têm vindo a promover. Embora haja uma franja comum, mais ligada ao Bloco de Esquerda, a unificação dos dois sectores do protesto social ainda não se deu e existem profundas diferenças de origem social, composição etária, escolaridade e "cultura" organizacional e política.

O movimento dos "indignados" (uma classificação que merecia mais precisão) resulta de uma amálgama de vários movimentos inorgânicos que têm expressão na Rede e no Facebook, com papel activo de remailers, muitos dos quais radicais de direita, mais o M12M, o Ferve, o Precários Inflexíveis, movimentos da "geração à rasca", na maioria ligados ao Bloco de Esquerda, e depois grupos politizados mais tradicionais da extrema-esquerda e da direita, incluindo os minoritários trotsquistas do BE, o colectivo da revista Rubra, a Ruptura/FER, o que resta do MRPP e do POUS, alguns grupos anarquistas e monárquicos, movimentos de género, feministas, LGBT, ecologistas, defensores dos direitos dos animais, e new age.


No seu conjunto eles são a mais genuína expressão pública do protesto da classe média "baixa", no jargão do marketing e das audiências, ou seja, aquilo que no jargão marxista é a pequena-burguesia. A origem de classe, a localização urbana e suburbana, a composição etária (mais jovens), a composição em termos de formação (maior escolaridade e educação formal, professores, "activistas" culturais, intelectuais, "artistas", ou melhor, "intermitentes do espectáculo"), a estética do protesto, tudo gera uma identidade própria, como já referi, muito distinta da que sai à rua nas manifestações da CGTP.O texto que estamos a comentar, a "Situação", é um típico exemplo de um escrito intelectual para intelectuais, que parte do pressuposto que é para ser lido na Internet, com ligações que funcionam como citações, por exemplo de Paul Krugman, e que implicam um conhecimento, pelo menos mediático e online, de alguns casos como o da Islândia. A referência a Paul Krugman funciona hoje como canónica para a esquerda e mistura-se com uma mescla de ideias muito superficial e de que não é difícil encontrar as fontes. O resultado é um texto muito pobre do ponto de vista analítico e político, mesclando exigências populistas, que têm a sua origem no Correio da Manhã e nos remailers, e um vocabulário esquerdista que em Portugal tem uma genealogia, entre outros, no "pintasilguismo", vivo no pensamento de Boaventura de Sousa Santos.

Comecemos pelo simples diagnóstico do texto: estamos numa crise internacional, cuja responsabilidade "exclusiva" é "da implantação de uma economia neoliberal, dependente exclusivamente da atitude corrupta de banqueiros privados irresponsáveis e de governantes que, consecutivamente, têm alimentado os seus bolsos". A crise não é, em nenhuma circunstância, responsabilidade do "povo" "porque gastou mais do que devia nos últimos anos ". O novo Orçamento dá continuidade à mesma política, com a agravante de "planear privatizar bens comuns tão necessários como a água", um dos "claros exemplos da corrupção da máquina política". Isto nada tem de original, é, em termos muito simplificados, o mesmo que o PCP, a ala esquerda do PS e o BE dizem.


Que soluções são propostas para esta crise? A "suspensão do pagamento da dívida pública já", uma auditoria "cidadã" para se "apurar que parte da dívida pública portuguesa é, de facto, da responsabilidade dos cidadãos" (...) e, "responsabilizar os verdadeiros culpados já". Esta linha da responsabilização (que pelos vistos influenciou a JSD...) exige "uma auditoria ao funcionamento das instituições públicas, com apuramento de ilegalidades e responsabilidades criminais e que conduzirão à suspensão do pagamento de dívida nos casos pertinentes, nomeadamente no caso das parcerias público-privadas e aquisições fraudulentas". O resultado antecipado é "que muitos dos cidadãos não são responsáveis pelo grosso da dívida e de que a acção irresponsável dos bancos privados teve consequências nefastas para os países". O vocabulário moralista é o do Bloco de Esquerda, a reivindicação da criminalização da política é do populismo de direita e de esquerda.


Para além dos múltiplos advérbios "já", uma das mais adolescentes das palavras, o modelo de resolução da crise que é apontado é o da Islândia: "Enquanto os demais resgataram os banqueiros e fizeram o povo pagar o preço, a Islândia deixou que os bancos quebrassem e expandiu sua rede de protecção social." Esta "solução", que "A Situação" pretende legitimar, é interessante em termos daquilo que os marxistas chamariam "interesses de classe". Não é a nacionalização da banca que é proposta (a solução do PCP do BE, partidos de tradição Marxista e Leninista), mas sim a sua falência, na expectativa de que essa falência traria apenas a insolvência dos banqueiros e dos capitais especulativos. Talvez fosse bom que os autores deste texto perguntassem aos seus pais se gostariam de ver desaparecer as suas magras economias e PPR depositados na Caixa Geral de Depósitos, evaporarem-se de um dia para o outro, quando os bancos "quebrassem".

Esta Vulgata sobre a crise não se distingue do que para aí circula, populista, demagógico e inconsequente. Porém onde "A Situação" e os "indignados" vão mais longe é na rejeição do "sistema que mina o verdadeiro modelo de democracia", ou seja, a democracia parlamentar. A defesa da "democracia directa" está no centro das ideias dos "indignados": "A actual democracia é baseada numa sociedade por acções de responsabilidade muito limitada: os políticos e banqueiros lucram, nós pagamos." No meio da confusão do texto expõe-se o que se pretende "alterar": "É preciso que o povo comece a ter mais voz, mais participação e mais consciência política - para que não continuemos a depender de um Parlamento que só em parte é eleito por nós e que continua a não defender os interesses comuns."

Os autores de "A Situação" não são revolucionários: não querem derrubar o capitalismo, apenas fazer falir a parte "corrupta" do sistema, e pelo caminho não terem que pagar nada; não querem uma ditadura do proletariado, nem na fórmula edulcorada que hoje o PCP e o Bloco usam, mas um vago governo em "assembleia permanente" em que os "acampados" falam muito a sério e votam ainda mais a sério, olhando para a Assembleia da República onde está "um Parlamento que só em parte é eleito por [eles]", presumo que o PCP, o Bloco e os Verdes, e outra parte representa a corrupção e o Mal. Eles que estão ali à frente, em muitos casos nem cem pessoas, consideram que a sua "Assembleia Popular" representa a "democracia directa", onde o povo tem mais voz, mais participação e mais consciência política".


Num certo sentido, eles são os filhos primitivos do Bloco de Esquerda, que tomam à letra as injunções de Louçã contra "economia injusta" e que não percebem que ele só diz isto assim porque não pode enunciar a sua real política no seu vocabulário canónico. Os mentores e dirigentes do Bloco são marxistas que não ousam chamar o nome verdadeiro ao que defendem, embora saibam muito bem qual é esse nome. A paráfrase moralista em que envolveram o seu marxismo comunica bem com o catolicismo esquerdista, com uma new wave vagamente religiosa e cósmica, ecologista e uma muito Zeitgeist recusa da ordem e do Estado. Enquanto os pais do Bloco de Esquerda conhecem muito bem as suas fronteiras com o radicalismo de direita, os seus filhos "indignados" comunicam sem dificuldades com todas as ideias antidemocráticas que para aí circulam: são contra os partidos, contra a "política", contra os "políticos", contra o parlamento, como são contra os bancos, os ricos e os polícias.

Sem rigor poder-se-ia dizer que são apenas "anarquistas", mas são outra coisa melhor expressa pela designação subjectivista de "indignados". Não são enragés, mas "indignados" com uma agenda em que a indignação é muito instrumental, uma agenda confusa, caótica, simplista até dizer chega, mas que representa hoje a verdadeira força da "classe média baixa": na crise que vivemos é uma força com futuro e, quando abandonar o folclore dos "indignados", e se juntar nas ruas às filas disciplinadas da CGTP, como fizeram os professores, então a coisa fia mais fino

(Versão do Público de 12 de Novembro de 2011.) © José Pacheco Pereira

19/11/2011

Música "We're Going To Be Friends" em Língua Gestual


Este vídeo é uma interpretação em língua gestual da música "We're Going to be Friends", dos White Stripes, produzido por D-PAN, Deaf Professional Arts Network ("Rede de Artistas Profissionais Surdos").
D-PAN é uma organização americana que tem como objectivo promover o desenvolvimento profissional e tornar as artes visuais e a música mais acessíveis para as pessoas com deficiência auditiva.
Saiba mais sobre os seus projectos ou veja mais vídeos em:

18/11/2011

Cão bailarino

O BEM MAIOR!


ASSISTA EM TELA CHEIA

AMIGOS
Não resistí a esta maravilha!
 Belíssimo texto com fundo musical e belas imagens que nos enlevam!
Recebí por email, é um PPS sem autoria, sem nenhuma forma de identificação o que o torna diferente e especial!
O texto diz: Há uma grande diferença entre dar e oferecer. Doar é estender a mão.
Oferecer, é o nosso coração que entregamos junto, e que vai caminhando na direção do outro, e o Bem que ele provoca retorna ao nosso interior.
Esta mensagem é uma "OFERTA"!
 Belíssimo gesto, meus amigos, de quem a criou!
Abram e confiram...

15/11/2011

Unicórnio de porcelana



Este é um exemplo daquilo que o ser humano devia ser.
Uma pessoa vale pelo respeito que tem aos outros, pelos seus afectos, a sua dignidade, por aquilo que realmente É. O seu valor não deve ser medido pelo que TEM, pelo preço do seu carro, a marca do vestuário ou o saldo da conta bancária.

COMUNICAR COM CLAREZA!



O vídeo trata da comunicação, da importância de se comunicar com clareza e do que podemos fazer para comunicar com clareza e sermos um pouco mais civilizados. Em meu entender vale bem a pena ver e ouvir este vídeo.

Enviado por e-mail pelo Amigo Rui Faria

O colapso financeiro da Europa está garantido



E os políticos continuam com meias medidas, paninhos quentes, para iludir a dor.
Não querem perder votos nas próximas eleições mas fazem perder todos os cidadãos, e eles próprios não ficarão a rir. É lamentável que ninguém surja com propostas realistas, inovadoras, criativas.
Os economistas limitam-se a dizer mais do mesmo, apoiados em teorias antigas já desajustadas da realidade actual. Não mostram suficiente inteligência para adaptar os velhos manuais às necessidades do momento presente.
Não é neles que se irá basear a solução para esta crise.
Haja uma mente iluminada que nos defenda de tanta cupidez e ignorância.

Enviado por e-mail pelo Amigo João

14/11/2011

CONTRA FACTOS...


É imperioso e urgente que o número máximo possível de Portugueses tome conhecimento destas vergonhas! Verdadeiro crime social (entre muitos outros).

Folha salarial da Fundação Cidade de Guimarães

Folha salarial (da responsabilidade da Câmara Municipal) dos
administradores e de outros figurões, da Fundação Cidade de Guimarães, criada para a Capital da Cultura 2012:

- Jorge Sampaio - Presidente do Conselho de Administração:
14.300 € (2 860 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 500 € por reunião
- Carla Morais - Administradora Executiva
12.500 € (2 500 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- João B. Serra - Administrador Executivo
12.500 € mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- Manuel Alves Monteiro - Vogal Executivo
2.000 € mensais + 300 € por reunião

Todos os 15 componentes do Conselho Geral, de entre os quais se
destacam Jorge Sampaio, Adriano Moreira, Diogo Freitas do Amaral e Eduardo Lourenço, recebem 300 € por reunião, à excepção do Presidente (Jorge Sampaio) que recebe 500 €.

Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano (dinheiro injectado pelo Estado Português) em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros!

Reparem bem: Administradores ganhando mais do que o PR e o PM!

Esta obscenidade acontece numa região, como a do Vale do Ave, onde o desemprego ronda os 15 % !!!

Alguém acredita em leis anti-corrupção feita por corruptos?

NOTA:

Estas e outras mostram que o regime tem que mudar

Mais do que as pessoas, o regime precisa de mudar as suas normas de funcionamento. Mas, para isso, são necessárias pessoas honestas e inteiramente dedicadas ao serviço público, aos interesses nacionais, aos grandes desígnios de Portugal.

Há esperança de na Grécia e na Itália virem a ocorrer grandes melhoramentos no sentido de moralizar o regime e acabar com explorações, desequilíbrios e imoralidade administrativa.
Se assim for, os exemplos devem ser aproveitados, já que cá dentro não parece haver iniciativas honestas.


A crise não seria em vão se desse origem a mais justiça social, equidade e equilíbrio e acabasse com corrupção, enriquecimento ilegítimo, mordomias, «robalos» e outros favores que resultam em défice e dívida do património nacional em dinheiro e não só.

O passado tem sido uma vergonha horrorosa e será necessário que se mude muita coisa. E o OE 2012, ainda não mostra tal mudança de conceitos e continua a sacar aos pobres e deixar os ricos na senda da fortuna infinita, por qualquer forma.

João

Menino Jesus. Um belo presente de Natal



Poema de Fernando Pessoa na voz de Maria Bethania

Não dê Conselhos. Dê EXEMPLOS

13/11/2011

Canção para o Mundo



Hino de paz, Laço com que todo o mundo se devia amarrar, para gerar amor, compreensão e tolerância com que evitasse as guerras

12/11/2011

Mas que Reforma!



Assunção Esteves, a actual Presidente da Assembleia da República reformou-se aos 42 anos, com a pensão mensal (14 vezes ano) de € 2.315,51. Fica o Diário da República de 30/07/1998 para vossa informação. Para que saibam ainda, a Senhora Assunção Esteves recebe ainda de vencimento mensal (14 vezes anos) € 5.799,05 e de ajudas de custas mensal (14 vezes ano) € 2.370,07. Aufere, portanto, a quantia anual de € 146.784,82. Ou seja, recebe do erário público, a remuneração média mensal de € 12.232,07 (Doze mil, duzentos e trinta e dois euros, sete cêntimos). Relembramos que também tem direito a uma viatura oficial de BMW a tempo inteiro!
Se ela continua a trabalhar, está a receber reforma por quê? Expliquem-me porque eu sou loira... Ela também é loira, mas de burra não tem nada... E que se saiba não é caso único!
Sempre a pedirem-nos sacrifícios e eles a receberem reformas, salários, subvenções vitalícias. Como é que isto algum dia irá para a frente, se eles quando fazem as leis é só para zelarem pelos seus interesses.
O cidadão normal tem de trabalhar 40 anos (ou mais) e só tem direito a uma pequena reforma, porque é que eles ao fim de oito anos de serviço já têm direito a reformas por inteiro.
É aqui que o governo tem de começar a cortar as gorduras...mas, afinal, corta é nos nossos subsídios e eles continuam a fazer as suas "vidinhas de nababos".
Divulguem! Basta de nos tratarem como atrasados mentais... passem ao maior número de pessoas que possam.
Foi assim que conseguimos que três ministros abdicassem dos seus subsídios de deslocação, quando (vergonha das vergonhas) têm casa em Lisboa.

Conjugar o verbo POUPAR


Isto complementa o post anterior

11/11/2011

PT o albergue do sistema politico


Fazem parte dos QUADROS da PT os filhos/as de:

- Teixeira dos Santos.

- António Guterres.

- Jorge Sampaio.

- Marcelo Rebelo de Sousa.

- Edite Estrela.

- Jorge Jardim Gonçalves.

- Otelo Saraiva de Carvalho.

- Irmão de Pedro Santana Lopes.

Estão também nos quadros da empresa, ou da subsidiária TMN os filhos de :

- João de Deus Pinheiro.

- Briosa e Gala.

- Jaime Gama.

- José Lamego.

- Luis Todo Bom.

- Álvaro Amaro.

- Manuel Frexes.

- Isabel Damasceno.

Para efeitos de "pareceres jurídicos" a PT recorre habitualmente aos
serviços de:

- Freitas do Amaral.

- Vasco Vieira de Almeida.

- Galvão Telles.

Estas listas não estão esgotadas; há mais nomes familiares de político/partidários que não entraram pela porta normal mas caíram de cunha-para-quedas.


Assim não há lugar para os colegas da faculdade destes meninos, que terminaram os cursos com média superior e muitos estão ou a aguardar o primeiro emprego, ou no desemprego, ou a trabalhar numa área diferente da da sua licenciatura.

É ou não uma PERFEITA DEMONSTRAÇÃO DA SOCIEDADE DO "CUNHACIMENTO"!

N. Santos

{ quero viver algo assim }



Desejo a todos um excelente fim de semana.
Beijinhos
Fê Blue Bird

Aguardente de medronho do Algarve

Cristãos queimados vivos por muçulmanos sunitas da Nigéria.



Notícias como esta deveriam estampar a primeira página dos jornais, mas são solenemente ignoradas pela grande maioria da Comunicação Social.

Vamos divulgar!


Merece a atenção e divulgação de todo aquele que professa a fé em Jesus Cristo! Um verdadeiro absurdo! Triste demais, mas a pura realidade!


Divulguem. Espalhem esta notícia.


Vamos fazer a nossa parte!

10/11/2011

UM DIA EM LISBOA !


Tão simples divulgar Portugal... Vejam como um filme institucional de uma marca alemã o faz, com categoria e nível.
AUDI divulga Lisboa. Quem sabe, sabe...Veja o link abaixo!

http://tv.audi.com/video/1530#/07

07/11/2011

Aprender até morrer...



CARTILHA PARA INICIANTES EM PRENDAS DOMÉSTICAS

O papel mais popular que existe na cozinha tem mais utilidade do que apenas ir ao forno. Nós, do Arteblog vamos ensinar outras 10 utilizações para esse material.


Afiar tesoura e faca – O papel alumínio pode ajudar você a recuperar aquela tesoura ‘cega’ que há tempos está jogada de lado. Pegue um pedaço de papel, amasse e use a tesoura para cortar o papel. Repita o processo até 10 vezes, sua tesoura ou faca irá cortar tudo.


Adeus goteira – Apareceu uma goteira e não tem como arrumar no momento? Cubra o furo com papel alumínio. Como ele é impermeável e moldável, irá segurar se a chuva chegar.


Sem cheiro forte na geladeira – Ninguém gosta de abrir a geladeira e sentir aquele cheiro forte da cebola que não foi usada, não é? Então cubra a cebola com filme plástico e depois com uma folha de papel alumínio. Além do cheiro não sair, a cebola ficar manterá sua humidade como se tivesse sido cortada no ato que for usar.


Economize ferro – Quer economizar ferro de passar, energia e suas mãos? Cubra a mesa de passar roupa com papel alumínio deixando a parte brilhante para cima. Por cima do papel coloque um lençol ou tecido de algodão. O alumínio irá refletir o calor e só de passar um lado da roupa o outro já ficará liso também.


Sem veda-rosca – o parafuso ou a porca não estão bem encaixados? Enrole papel alumínio. Ele fará a pressão necessária para que fique tudo bem preso.


Achamos a resposta – Se você, como muitas pessoas, sempre se pergunta qual o lado do papel alumínio que se deve deixar em contacto com os alimentos que vão ao forno, não se preocupe mais! Nós achamos a resposta! O lado correto é o lado mais brilhante por ser também a parte mais lisa. Assim a carne não irá grudar e tudo ficará bem assado.


Na maior limpeza – Pouca gente usa mas o papel alumínio realmente serve como um óptimo protector de sujeira no forno e no fogão. Forre o forno e fogão com ele sempre que for assar, fritar ou fazer algo que possa suja-lo.


Fruta fora da geladeira durando muito tempo – O papel alumínio conserva a humidade natural das frutas, então se não quer mante-las dentro da geladeira você pode envolve-las em papel alumínio que sua duração será tanto quanto se elas estivessem na refrigeração.


Limpa sujeira difícil – Grudou no fundo da panela ou na assadeira e não sai? Amasse um pedaço de papel alumínio e esfregue. A sujeira irá se soltar com facilidade.


Cone multi-uso – Precisa de um funil ou mesmo de um saco para confeitar? Faça com o papel alumínio. Ele é moldável e impermeável, assim ganha qualquer formato e não suja suas mãos.

Colocar atrás os pneus melhores

video

Estamos a entrar na época invernosa e devemos dar muita atenção aos pneus. Este vídeo demonstra claramente que os pneus em melhor estado devem ser colocados atrás.

Os animais são nossos amigos

06/11/2011

Velhos camaradas


Velhos Camaradas

Composta na Prússia em 1889, essa marcha é tradicionalmente utilizada nas bandas das universidades americanas e europeias e também nas Academias Militares e Forças Armadas de todo o mundo.
No final do vídeo, o maestro André Rieu explica que convocou os músicos de sopro da cidade para participarem da peça, imaginando que apareceriam uns 50. No entanto, apresentaram-se 400.

EU QUERO SER FELIZ AGORA...



O VALOR DO AMIGO!

 amigo Luis, obrigada!

RECICLAGEM - FECHAR SAQUINHOS - GENIAL!




Ideia para reciclar tampas de garrafas de plástico.
Corte logo abaixo do gargalo usando tesoura, estilete ou outro cortador...

Passe o saco plástico por dentro do gargalo cortado...


Depois basta fechar com a tampa. E pode usar nas embalagens de mantimentos, pães etc.


Divulguem... nosso planeta agradece!

Enviado pela Amiga Celle

O Assassino Económico



O narrador do vídeo é John Perkins, autor do livro Confissões de um Assassino Económico (Confessions of an Economic Hit Man), publicado em 2004. Nesse livro, "ele descreve como, enquanto profissional altamente bem pago, ajudou os Estados Unidos a defraudar em triliões de dólares países pobres do globo inteiro, emprestando-lhes mais dinheiro do que aquilo que eles podiam alguma vez pagar para depois se apossar das suas economias" (fonte: Resistir).

Perkins sabe, pois, do que fala, e a animação sintetiza em 2 minutos os abomináveis crimes que se cometem neste mundo globalizado sem que os seus autores sequer sejam acusados, julgados ou condenados.

Do blogue “Sustentabilidade e Acção” da Amiga Manuela Araújo

01/11/2011

Aspirina no ataque cardíaco

Como usar a aspirina no ataque cardíaco, em caso de emergência
Uma Nota importante sobre os ataques cardíacos:

Fique sabendo que há outros sintomas de ataques cardíacos, para além da dor no braço esquerdo. Deve também prestar atenção a uma dor intensa no queixo, assim como às náuseas e aos suores abundantes, pois estes também não são sintomas vulgares.

Detalhe: Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam, já não se levantaram. Porém... a dor no peito, pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um pouco de água. Em seguida, ligue para o 112 e diga 'ataque cardíaco' e que tomou 2 Aspirinas.

Sente-se numa cadeira ou sofá e espere pela chegada dos atendentes da Emergência do 112 e ... ...NÃO SE DEITE!!!!

Um cardiologista afirmou que, se cada pessoa difundir esta mensagem para 10 outras pessoas, com certeza pelo menos uma vida poderá ser salva! Salve a sua vida e as dos outros seres humanos.

Imagem do Google

CUIDE DO SEU FALAR

BELAS IMAGENS, BONS ENSINAMENTOS!

PARA UMA BOA REFLEXÃO
"SEJAMOS MAIS PRUDENTES"

e-mail da MÁRCIA MOURA a quem agradeço!