01/11/2011

Aspirina no ataque cardíaco

Como usar a aspirina no ataque cardíaco, em caso de emergência
Uma Nota importante sobre os ataques cardíacos:

Fique sabendo que há outros sintomas de ataques cardíacos, para além da dor no braço esquerdo. Deve também prestar atenção a uma dor intensa no queixo, assim como às náuseas e aos suores abundantes, pois estes também não são sintomas vulgares.

Detalhe: Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam, já não se levantaram. Porém... a dor no peito, pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um pouco de água. Em seguida, ligue para o 112 e diga 'ataque cardíaco' e que tomou 2 Aspirinas.

Sente-se numa cadeira ou sofá e espere pela chegada dos atendentes da Emergência do 112 e ... ...NÃO SE DEITE!!!!

Um cardiologista afirmou que, se cada pessoa difundir esta mensagem para 10 outras pessoas, com certeza pelo menos uma vida poderá ser salva! Salve a sua vida e as dos outros seres humanos.

Imagem do Google

5 comentários:

Gisele Claudya disse...

João, sempre recebi e-mails falando sobre isso mas tb semrpe fiquei com uma dúvida: que tipo de Aspirina? Afinal, há aquela que tomamos para dor de cabeça e há os que os cardíacos tomam...para afinar ainda mais o sangue.
Confesso que tenho muito medo dessas indicações para tomar remédio. Ainda acho melhor ligar para o 112 primeiro. Mas valeu a dica.
Beijocasssssssssssssssss

A. João Soares disse...

Cara Amiga Gisele

Isto é um contra-ataque de emergência, para que o 112 quando chegar ainda nos encontre vivos. Creio ser a Aspirina 500, cinco vezes mais forte do que a que se toma diariamente para manter o sangue mais fluido. Esta operação provoca uma dilatação das artérias que contraria o estreitamento que produz o enfarte ou o AVC de forma a dar tempo a que o socorro chegue e transporte para o hospital. Um amigo meu, além de outras medidas telefonou para uma médica amiga que além de outras recomendações lhe disse para destrancar a porta da casa afim de ela entrar com a equipa de socorro.

Beijos
João

Gisele Claudya disse...

Eu, de novo:
Sabes, quando eu morei em Portugal, meu ex-marido foi nos visitar e aí, teve lá um enfarto. Como tinha visto na Internet, pedi que ficasse tossindo.......e enquanto isso, liguei para a emergencia . Ele ficou 10 dias no hospital do Porto e se salvou, graças a Deus. E soube que tossir fez bem pois ativou o envio de sangue. Enfim será que funcionou mesmo? Será que isso era mesmo indicado? Eu vi isso em dezenas de e-mails que recebi falando para a pessoa tossir quando tiver sintomas de enfarto......fiz a minha parte, né?
No entanto, se pesquisarmos no Google, lá diz que o e-mail falando sobre tossir é mentiroso. Mas acho que o ajudou.

Beijocasssssssssssss,

Gisele

A. João Soares disse...

Amiga Gisele,

A Internet tem boas sugestões e também tem demolidores de tudo o que é novo. Quem tem interesse na indústria farmacêutica ataca todo o uso de procedimentos simples e práticos com soluções naturais.
Tossir não pode fazer mal e pelo menos obriga a pessoa a estar viva, a reagir e não se deixar arrastar para o buraco, com a sua indiferença e lamentação.

Beijos
João

Edson Manfred disse...

Olá,

Cheguei até esse blog depois de fazer uma pesquisa após receber um email com o texto exato da sua postagem nessa página.

Eu dei uma pesquisada sobre essa informação e vi que realmente procede o uso do AAS (ou aspirina) em casos como esse.

Porém, como eu tenho uma alergia muito séria a AAS (e acredito que não sou o único que tem alergia a esse composto), pesquisei também sobre os riscos de uma pessoa tomar um comprimido desses sem saber que é alérgica, então eu recomendo a leitura desse artigo:

http://www.cfcp.com.br/a/index.asp?n=37146&lg=pt

Uma informação muito importante que tem no final do artigo:

"Tomar aspirina não é recomendado durante um AVC, porque nem todos são causados por coágulos sanguíneos. A maioria dos AVC são causados por coágulos, mas alguns são causados pela ruptura de vasos sanguíneos. Tomar aspirina poderia fazer estes traços de sangramento mais grave."

Espero que a informação seja útil.

Cordialmente.