19/10/2010

• O 13º Mês NUNCA Existiu - FAÇA CONTAS s/esta VERDADE OCULTA‏


• Os Ingleses recebem os ordenados semanalmente e claro, administrativamente, ñ deixa de ser uma seca!
• Mas ... há sempre uma razão para as coisas - e os "beefs" NÃO FAZEM NADA POR ACASO !!! Ora bem, cá está um exemplo aritmético simples que não exige altos conhecimentos de Matemática mas talvez necessite de conhecimentos médios de desmontagem de retórica enganosa. Que é esta que constroi mitos paternalistas e abençoados que a malta mais pobre, estupidamente atenta e obrigada, come sem pensar!
• Uma forma de desmascarar os brilhantes neo-liberais e os seus técnicos (lacaios) que recebem pensões de ouro para nos enganarem com as suas brilhantes teorias...
Fala-se que o governo pode vir a não pagar aos funcionários públicos o 13º mês. Se o fizerem, é uma roubalheira sobre outra roubalheira.

Perguntarão porquê.

Respondo: Porque o 13º mês não existe.
O 13º mês é uma das mais escandalosas de todas as mentiras do sistema capitalista e é, justamente, aquela que os trabalhadores mais acreditam.

Eis aqui uma modesta demonstração aritmética de como foi fácil enganar os trabalhadores.

Suponhamos que você ganha € 700,00 por mês. Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de € 8.400,00 por um ano de doze meses.
€ 700*12 = € 8.400,00
Em Dezembro, o generoso patrão cristão manda então pagar-lhe o conhecido 13º mês.
€ 8.400,00 + 13º mês = € 9.100,00
€ 8.400,00 (Salário anual) + € 700,00 (13º mês) = € 9.100 (Salário anual mais o 13º mês)
O trabalhador vai para casa todo feliz com o patrão.

Agora veja bem o que acontece quando o trabalhador se predispõe a fazer umas simples contas que aprendeu no 1º Ciclo:
Se o trabalhador recebe € 700,00 mês e o mês tem quatro semanas, significa que ganha por semana € 175,00.
€ 700,00 (Salário mensal) / 4 (semanas do mês) = € 175,00 (Salário semanal)
O ano tem 52 semanas. Se multiplicarmos € 175,00 (Salário semanal) por 52 (número de semanas anuais) o resultado será € 9.100,00.
€ 700,00 (Salário semanal) * 52 (número de semanas anuais) = € 9.100.00

O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual mais o 13º mês

Surpresa, surpresa ? Onde está portanto o 13º Mês?

A explicação é simples, embora os nossos conhecidos líderes nunca se tenham dado conta desse facto simples.
A resposta é que o patrão lhe rouba uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda assim, apesar de cinco semanas o patrão só paga quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.
No final do ano o generoso patrão presenteia o trabalhador com um 13º mês, cujo dinheiro saiu do próprio bolso do trabalhador.

Se o governo retirar o 13º mês aos trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.
Daí que, como palavra final para os trabalhadores inteligentes. Não existe nenhum 13º mês. O patrão apenas devolve o que sorrateiramente lhe surrupiou do salário anual.
• Conclusão: Os Trabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional.

Extraído do blog: http://qavalo.blogspot.com/2010/10/o-seu-13-mes-nao-existe-faca-as-contas.html

7 comentários:

Luís Coelho disse...

Gostei desta história. Nunca ouvi falar dela, mas em tempo de crise eles são bem capazes de tirar ainda mais do nosso salário e no fim dirá com aquele ar de convencido
«porreiro pá»

A. João Soares disse...

Caro Luís:
Se vires até ao fim o vídeo do post
Alta Finança Europeia, ficas a saber que o lema é: «Tudo para poucos, nada para o resto».
E tudo o que se passa na governança das sociedades se orienta pelo mesmo lema. Nós não passamos do «mexilhão» ou da «relva dos estádios». Eles usam da imunidade e da impunidade que o povo, com apatia e indiferença, lhes concede.
Apesar da crise que exige mudanças apregoam as vantagens da continuidade, da estabilidade, da ausência de crise política, da recusa à vinda do FMI, e outras mesinhas demasiado tóxicas que só servem para abreviar a morte.

Um abraço
João
Do Mirante

Abraço
João
Do Miradouro

Ana Maria disse...

Interessante a história!
Beijinhos e que Deus lhe abençoe!

Luis disse...

Meus Bons Amigos,
É verdade que os nossos governantes só pensam neles pois os outros só servem para lhes pagar os seus devaneios... Temo que estes tempos possam acabar em desgraça para todos...
Um abraço amigo.

Ana Martins disse...

Boa noite Luís,
Verdadeirmente escandaloso, vamos esperar para ver se a roubalheira chega a esse ponto. Eles têm sorte, é que os Portugueses são demasiados pacificos.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Táxi Pluvioso disse...

Visto desse prisma.

O 13º mês foi criado por Marcello Caetano para compensar os baixos salários e dinamizar o comércio de Natal.

Luis disse...

Querida Amiga Ana Martins e Caro Táxi Pluviosos,
Obrigado pelas Vossas simpáticas palavras. Realmente a maioria do nosso povo não passa de um rebanho tresmalhado e como cordeiros que são não reagem como deve ser a todas estas "malfeitorias" a que temos sido sujeitos. Precisamos de um pastor que leve o rebanho ao bom caminho...
Saudações amigas e solidárias.